Vídeo Estudantil ou vídeo Escolar Josias Pereira



Baixar 17.91 Kb.
Página1/5
Encontro14.12.2019
Tamanho17.91 Kb.
  1   2   3   4   5

Vídeo Estudantil ou vídeo Escolar

Josias Pereira

Professor do curso de Cinema e Audiovisual/

Pós Graduação de Educação Matemática da UFPel
Neste texto vou apontar algumas indagações sobre vídeo estudantil e vídeo escolar e a principio pode parecer apenas um jogo de palavras, mas sabemos que as palavras tem um signo lingüístico, como ensinou Ferdinand de Saussure ou como diria Foucault que vai dizer que a palavra tem poder, se entrarmos na área da semiótica prefiro citar Greimas que vai aprofundar essa questão e dizer que a palavra tem um significado. Dito isso analisamos que esse significado que é subjetivo nasce de uma representação social (Moscovici, 1961) e saindo deste pensamento essa representação usada pela população é algo comum a um grupo de pessoas que a representam mentalmente. Essa representação é política. Como assim? Se é socialmente utilizada por um grupo o grupo aceitou ou por imposição ou por uso. Volto a Greimas que informa que essa palavra tem o significado que é gerado na significação, ou seja, quando o grupo internaliza aquele signo. Exemplo simples. Década de 1970 fazer vídeo na escola era algo para denunciar o golpe de 19641 assim ficou no dito popular que fazer vídeo na escola era denunciar algo sobre a escola. Hoje 2017 percebo que ainda existe em algumas escolas esse pensamento. Outro exemplo simples de como incorporamos essa representação social funciona e como a palavra tem poder é tomar leite com manga. Se perguntar para 10 pessoas aposto que 8 vão apresentar que não pode tomar. Será que não? Segundo a engenheira agrônoma Elizabeth Ferraz da Silva Torres, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e autora do livro Alimentos em Questão a manga contém altos teores de ótimos nutrientes, como o caroteno e a pró-vitamina A – além de ser fonte de vitamina C, fósforo, ferro, cálcio, lipídios e proteína”. Essa confusão se deu, pois na época do Brasil escravagista o leite era um produto caro e a manga um produto barato que dava em abundância. Assim foi criado o mito que leite com manga matava, assim impedindo que os escravos, por medo, consumissem leite. Sim é algo que perpetua ate hoje. Como? Em função da significação que une a representação social que é criado pelo grupo a uma imagem mental que é justamente o significado. O mesmo ocorre com as palavras vídeo escolar e vídeo estudantil. A principio parece que os termos significam a mesma coisa, ou seja, vídeo feito por estudantes, será? Vamos analisar o histórico das palavras...



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal