Vania Marta Figueiredo Yokomizo¹ Tania Maria Henneberg Benemond¹



Baixar 1.38 Mb.
Pdf preview
Página19/28
Encontro01.08.2021
Tamanho1.38 Mb.
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   28
Peeling de ácido tioglicólico

Também chamado ácido mercapto acético, é composto

que inclui enxofre, com peso molecular de 92,12 (intermediá-

rio entre os ácidos tricloroacético e glicólico, 163,4 e 76,05, res-

pectivamente). Trata-se de substância altamente solúvel em água,

álcool e éter, sendo facilmente oxidável.

23

Topicamente, na abordagem de hipercromias hemosside-



róticas, é utilizado em concentrações de 5% a 12%. Sua afinida-

de com o ferro é semelhante à da apoferritina, tendo a capaci-

dade de quelar o ferro da hemossiderina, por apresentar o grupo

tiólico.


23

Trata-se de ácido orgânico. Como agente para peelings

químicos pode ser usado na abordagem da hipercromia consti-

tucional periocular

23

e em depósitos de hemossiderina como a



dermatite ocre das pernas, mostrando-se excelente adjuvante

terapêutico para a abordagem dessas dermatoses.  

Os  peelings seriados e progressivos de ácido tioglicólico

apresentam-se como ferramenta terapêutica segura, eficiente e

de baixo custo no tratamento da hipercromia periorbicular

constitucional

24

(Figura 5).



Modo de aplicação: Após o desengorduramento da

região periocular com álcool 70o, com o auxílio de cotonetes,

aplica-se o ácido tioglicólico a 10% em gel na pálpebra inferior,

respeitando-se o limite da unidade cosmética. Na primeira

sessão, após dois minutos de contato do agente com a pele, o

produto é retirado com gaze, completando-se a remoção com

água em abundância. Pode causar leve desconforto, associado a

discreto eritema. Se houver contato com a conjuntiva ocular,

esta deve ser simplesmente lavada vigorosamente, já que o pro-

duto tem baixa toxicidade ocular.Decorridos dois ou três dias,

espera-se que a pele se apresente eritematosa, algumas vezes com

crostas finas e acastanhadas, e discreto edema palpebral. Esse

processo pode levar até sete dias e está diretamente relacionado

ao tempo de exposição da pele ao produto. Indicam-se cinco

sessões com intervalo quinzenal. Em cada sessão acrescentam-se

três minutos, sendo que na última, o contato do agente com a

pele dura 15 minutos.

Para tratamento da dermatite ocre pode-se fazer sessões

quinzenais de ácido tioglicólico a 15% em toda a área pigmen-

tada. 




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   28


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal