Vania Marta Figueiredo Yokomizo¹ Tania Maria Henneberg Benemond¹



Baixar 1.38 Mb.
Pdf preview
Página12/28
Encontro01.08.2021
Tamanho1.38 Mb.
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   28
F

IGURA

1:

PÓS peeling 

IMEDIATO FROSTING

RevSurgicalV5N1_RevistaSurgical&CosmeticDermatol  4/17/13  12:26 PM  Page 60




Surg Cosmet Dermatol 2013;5(1):58­68.

Peelings químicos

61

PEELINGS  QUÍMICOS UM A UM



Peeling de ácido retinoico

Utiliza-se em concentrações que variam de 5 a 12%.

Pode ser manipulado com neutracolor em veículo gel, loção,

creme ou propilenoglicol.

Seu mecanismo de ação se caracteriza por:

- afinamento e compressão do extrato córneo;

- reversão de atipias em células epidérmicas; 

- dispersão da melanina na epiderme;

- estimulação da deposição dérmica do colágeno;

- aumento da deposição de glicosaminoglicanos;

- aumento da neovascularização da derme.

9-10


É indicado nos casos de fotoenvelhecimento leve a

moderado, melasma, acne, cicatrizes superficiais e hiperpigmen-

tação pós-inflamatória

11-13


(Figura 3). Não deve ser recomenda-

do a gestantes. Para a aplicação, desengordura-se a pele com

álcool e aplica-se o peeling com a mão enluvada, gaze ou pincel,

na dependência do veículo utilizado. Resulta uma espécie de

máscara que deve permanecer na face de quatro a 24 horas. É

retirada com água e sabonete ou loções suaves de limpeza. As

aplicações podem ser seriadas, semanais ou mensais. As compli-

cações com esse procedimento são raras, sendo citadas erupção

acneiforme, telangiectasias e queratite superficial.

14



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   28


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal