Universidade federal de alagoas ufal


§ 1º. O aproveitamento de carga horária da Residência Pedagógica para fins de



Baixar 91.56 Kb.
Pdf preview
Página3/5
Encontro14.07.2022
Tamanho91.56 Kb.
#24258
1   2   3   4   5
INSTRUÇÃO NORMATIVA PROGRAD N. 01 APROVEITAMENTO RP NO ESTÁGIO
Ser protagonista L ngua Portuguesa

§ 1º. O aproveitamento de carga horária da Residência Pedagógica para fins de 
integralização de estágio como componente curricular poderá ser parcial ou integral, de 
acordo com os critérios contidos em regulamentação de estágios do curso. 
§ 2º. Para os acadêmicos do Programa Institucional de Residência Pedagógica, que 
estão cursando o último semestre letivo, o aproveitamento parcial ocorrerá somente se a 
carga horária cumprida no Programa for igual e/ou superior à carga horária do estágio 
ao qual está solicitando aproveitamento e se os critérios da regulamentação de estágios 
do curso forem atendidos.
§ 3º. Os discentes que cumprirem a carga horária menor que 100h não terão direito à 
conversão das atividades realizadas no âmbito desse Programa para o estágio curricular 
supervisionado obrigatório, mas poderão solicitar à coordenação de curso para serem 
computadas como atividades complementares. 
§ 4º. Caberá à Coordenação de cada curso, em comum acordo com a Coordenação de 
Estágio e com o(s) Docente(s) Orientador(es) do subprojeto de Residência Pedagógica, 
informar aos residentes quais estágios curriculares supervisionados obrigatórios terão 
equivalência com as atividades do programa.
§ 5º Nos casos em que coincidirem o professor orientador do estágio curricular 
supervisionado obrigatório com a função de docente orientador da Residência 
Pedagógica, recomenda-se que o discente/ residente seja matriculado no respectivo 
componente curricular de estágio obrigatório, desde que haja compatibilidade em ambas 
as atividades e atenda aos critérios da regulamentação de estágios do curso. Nessa 
ocorrência, caberá aos professores orientadores inserirem as notas no sistema 
acadêmico, integralizando o componente curricular do semestre em questão. 
Art. 6º. São requisitos para a conversão de que trata o art. 4º:
I) 
Estar matriculado no estágio curricular supervisionado obrigatório, para o qual 
pretende solicitar a conversão da carga horária do Programa Residência 
Pedagógica, no momento do pedido de equivalência; 
II) 
Apresentar o Plano de Atividades do Residente compatível com as ementas dos 
estágios curriculares supervisionados obrigatórios que integram o Projeto 
Pedagógico do Curso de origem do discente/residente; 
III) Apresentar o relatório das atividades desenvolvidas, bem como ficha de 
frequência e de avaliação assinadas pelo(a) Preceptor(a) e Docente Orientador(a). 


IV) Apresentar outros documentos previstos na regulamentação de Estágios do Curso. 
Art. 7º É de responsabilidade do discente/residente a apresentação do TERMO 
ADITIVO DE CONVERSÃO DO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA EM 
ESTÁGIO OBRIGATÓRIO (anexo 1) à Coordenação Curso, juntamente com a ficha de 
frequência e de avaliação assinadas pelo Preceptor e Docente Orientador. 

Baixar 91.56 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal