Universidade federal de alagoas ufal



Baixar 91.56 Kb.
Pdf preview
Página1/5
Encontro14.07.2022
Tamanho91.56 Kb.
#24258
  1   2   3   4   5
INSTRUÇÃO NORMATIVA PROGRAD N. 01 APROVEITAMENTO RP NO ESTÁGIO
Ser protagonista L ngua Portuguesa


................................................................................................................................ 
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL 
PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD 
COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO  
INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2018-PROGRAD 

Dispõe sobre os procedimentos administrativos 
relativos 
ao 
aproveitamento 
das 
atividades 
realizadas no Programa Residência Pedagógica 
para o aproveitamento de estágios curriculares 
obrigatórios para acadêmicos dos cursos de 
licenciatura desta universidade que participarem do 
Programa Institucional de Residência Pedagógica 
da CAPES. 
A PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE 
ALAGOAS (UFAL), no uso das atribuições que lhe confere o parágrafo 3º, do Artigo 
16, do Regimento Geral da UFAL, e de acordo com o artigo 12 da lei 9.394, de 20 de 
dezembro de 1996, estabelece que: 
CONSIDERANDO a necessidade de orientar os procedimentos administrativos 
relativos ao aproveitamento das atividades realizadas no âmbito do Programa 
Institucional de Residência Pedagógica (RP) na UFAL 
CONSIDERANDO o que dispõe a Lei nº 11.778, de 25 de setembro de 2008; 
 
CONSIDERANDO o que dispõe a Portaria nº 175/2018 da CAPES
CONSIDERANDO o que dispõe a Portaria nº 45/2018 da CAPES; 
CONSIDERANDO o que dispõe a Portaria nº 158/2017 da CAPES; 
CONSIDERANDO o que dispõe a Portaria nº 38/2018 da CAPES, que institui o 
Programa Residência Pedagógica; 
CONSIDERANDO o que dispõe a Resolução CNE n. 02/2015, de formação de 
professores. 
CONSIDERANDO o que dispõe a Resolução CONSUNI/UFAL nº 06/2018, de 
19/02/2018. 
CONSIDERANDO o que dispõe no acordo de Cooperação Técnica nº XXX/2018 – 
UFAL/CAPES; 


Art. 1º A Residência Pedagógica é uma atividade de formação realizada por um 
discente regularmente matriculado em curso de licenciatura da Ufal e desenvolvida em 
uma escola pública de educação básica, denominada escola-campo, sendo o discente 
denominado de residente, sob o acompanhamento de professor preceptor da escola-
campo, e orientado por um docente orientador, ligado à Ufal, bem como compõe um 
projeto institucional mais amplo, articulado por um coordenador institucional, também 
professor da Ufal. 

Baixar 91.56 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal