Universidade federal da bahia faculdade de medicina da bahia



Baixar 423.99 Kb.
Pdf preview
Página6/37
Encontro17.03.2020
Tamanho423.99 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   37
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

13

Lista de Figuras 

 

 

Figura 1: Ganho de comida. Século XIX. Foto: Cristhiano Junior. 



Figura 2: Baianas de acarajé comercializando em seus pontos de venda – 

Terreiro de Jesus, Pelourinho. Salvador (BA), 2001. Foto: Elizabete de Castro. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

14

RESUMO 



 

baiana de acarajé é parte integrante do cenário turístico, social, econômico e 

cultural do estado da Bahia, principalmente na cidade do Salvador. Trata-se de 

um estudo de abordagem etnográfica, realizado no período de setembro a 

dezembro de 2009. O objetivo deste estudo é analisar as acepções sobre o 

fenômeno do corpo obeso das baianas de acarajé e suas condições de 

trabalho considerando o livre curso de suas narrativas a respeito de sua 

alimentação, seu corpo, suas condições de vida, saúde e meio ambiente no 

trabalho. O trabalho da baiana  é desgastante e requer muita dedicação. Ao 

mesmo tempo em que é a forma de subsistência destas trabalhadoras, este 

tipo de atividade pode trazer prejuízos à saúde destas mulheres. O fogo e a  

fumaça e os movimentos repetitivos são apontados como possíveis riscos para 

a aquisição de enfermidades. Foi identificado que as baianas elegem um duplo 

corpo em relação ao modo de viver no mundo: obeso para o seu trabalho de 



baiana e magro para sua vida cotidiana. Neste sentido percebe-se também que 

a falta de tempo para a vida social possibilita a baiana a não cuidar do seu 

corpo e da sua alimentação. 



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   37


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal