Universidade católica de moçambique centro de Ensino à Distância Manual do Curso de Licenciatura em Ensino da Língua Portuguesa Literaturas Africanas em Língua Portuguesa I código: P0208 Módulo único 22 Unidades



Baixar 11.83 Mb.
Pdf preview
Página76/81
Encontro09.07.2022
Tamanho11.83 Mb.
#24191
1   ...   73   74   75   76   77   78   79   80   81
Literatura Africana Em Língua Portuguesa I
 
Centro de Ensino à Distância 95 
bilingue português-crioulo de poemas de Odete Semedo
publicada também pelo INEP em 1996 « Noites de insónia em 
terra adormecida », um outro livro de poemas de Tony Tcheka 
publicado também em 1996 e « Um Cabaz de Amores - Une 
corbeille d’amours”, recolha bilingue português-francês de 
poemas de Carlos Edmilson Vieira, publiacada em 1998 pelas 
Editions Nouvelles du Sud em Paris. 
As 
primeiras 
bandas 
desenhadas 
de 
Fernando 
Júlio, 
exclusivamente em crioulo, apareceram na década de oitenta. 
Trata-se essencialmente de sátiras sociais que tiveram um grande 
sucesso. A música, onde a poesia crioula tem quase a 
exclusividade, foi também marcada pela exultação da reconstrução 
nacional. 
FINALMENTE A PROSA! 
Foi apenas em 1993 que a prosa aparece na literatura 
contemporânea bissau-guineense. Foi Domingas Sami que 
inaugurou este estilo com uma recolha de contos « A escola » 
sobre a condição feminina na sociedade nacional. 
Em 1994, surge o primeiro romance de Abdulai Silá, « Eterna 
Paixão , que publicou outros dois romances: « A última tragédia », 
traduzido para francês e « Mistida » em 1997. Na sua obra Silá 
põe em destaque a coabitação na sociedade colonial das duas 
comunidades presentes, a colonizadora e a colonizada. A transição 
para uma sociedade pós-colonial onde uma nova elite saída da luta 
de libertação se instala no poder, fazendo contrastar o seu discurso 
revolucionário com uma prática desastrosa na governação do país, 
é visitada pela pluma atenta do escritor. O seu romance “Mistida” 
publicado um ano antes do início da guerra civil de 1998/1999 é 
considerada pelos críticos literários como uma obra profética. 
Em 1997, Carlos Lopes, autor de numerosas obras de caracter 
histórico, sociológico e político, inaugura a sua incursão na 
literatura nacional com a publicação de “Corte Geral”, uma 
recolha de crónicas, na qual, com muito humor, descreve situações 
reveladoras do surrealismo que caracteriza a sociedade guineense 
de todos os tempos. 
Um outro escritor se impõe em 1998 na cena literária : Filinto 
Barros, com o seu primeiro romance “Kikia Matcho », que 
mergulha o leitor no mundo mágico e místico africano, abordando 
a vida decadente da capital nos anos 1990 e o sonho falhado que 
representa a emigração. 
Em 1999, Filomena Embaló publicou também o seu primeiro 
romance, “Tiara”, que levanta o véu do delicado tema da 
integração familiar e social no seio da própria sociedade africana. 
Carlos Edmilson Vieira, em 2000, editou « Contos de N’Nori », 
uma recolha de contos que evocam lendas e costumes populares, 



Baixar 11.83 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   73   74   75   76   77   78   79   80   81




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal