Universidade católica de moçambique centro de Ensino à Distância Manual do Curso de Licenciatura em Ensino da Língua Portuguesa Literaturas Africanas em Língua Portuguesa I código: P0208 Módulo único 22 Unidades



Baixar 11.83 Mb.
Pdf preview
Página28/81
Encontro09.07.2022
Tamanho11.83 Mb.
#24191
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   81
Literatura Africana Em Língua Portuguesa I
 
Centro de Ensino à Distância 32 
padrinho. 
Assoberbado por esta nova situação, tenta aconselhar-se junto de 
sua mãe. Personificação da sabedoria e resignação, Ngã Joja, já 
ferida de morte pela partida dos outros dois filhos, mas consciente 
da "estreiteza" daquele espaço, acredita que Deus determinará os 
"destinos das coisas". 
O protagonista tenta pesar na balança o convite de Nhô Joquinha e 
as palavras de Nhô Vital e as de Nhô Lourencinho que lhe dizia 
que deixar a Terra era perder a Alma. 
De forma muito viva, o narrador vai prendendo a atenção do leitor, 
sempre à espera de conhecer o desenlace da intriga. Partirá ou não, 
perderá ou não a Alma Mané Quim? 
Como que propositadamente, a decisão vai sendo adiada por 
sucessivos acontecimentos de que se destaca a destruição, pela 
calada da noite, da sua propriedade. 
Resistindo à voz que lhe vinha do interior e que o convidava a 
ficar, Mané Quim foi abrindo a sua alma à possibilidade de partir, 
como solução para combater a miséria em que vivia. Contudo, 
acaba por não resistir ao chamamento da Terra, enquanto entidade 
que contém em si não apenas a componente física da geografia
mas fundamentalmente a componente espiritual e humana 
enformada pelas pessoas, pelos costumes, pelas tradições, em 
suma, pelas raízes, que definitivamente o impedem de partir. 
Chuva Braba faz parte de um conjunto de obras de Manuel Lopes, 
nomeadamente Os Flagelados do Vento Leste, que apresentam 
como núcleo temático a luta do homem cabo-verdiano para vencer 
a natureza adversa. 
Juntamente com o seu conterrâneo cabo-verdiano Baltasar Lopes 
da Silva (1907-1989), autor do aclamado romance Chiquinho, 
Manuel Lopes foi um dos fundadores da revista Claridade, em 
1936. Revista de inspiração insular, mas também veículo de 
autonomização cultural e singular afirmação literária, foi um 
marco essencial da literatura cabo-verdiana da primeira metade do 
século XX. 
Manuel Lopes celebrizou-se, ainda, pela publicação desta novela 
(de acordo com a designação que ele próprio incluíu no volume) e 
pelos dois livros que se lhe seguiram - O Galo que Cantou na Baía 
(1959, contos) e Os Flagelados do Vento Leste (1960, romance), 
este último adaptado para o cinema em 1988.
Uma 
certa 
semelhança 
com 

discurso 
neo-realista, 
nomeadamente o de Manuel da Fonseca (1911-1993) sobre as 
paisagens do Alentejo, evolui para uma descrição bem distinta e 



Baixar 11.83 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   81




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal