Universidade católica de moçambique centro de Ensino à Distância Manual do Curso de Licenciatura em Ensino da Língua Portuguesa Literaturas Africanas em Língua Portuguesa I código: P0208 Módulo único 22 Unidades



Baixar 4.82 Kb.
Pdf preview
Página26/81
Encontro09.07.2022
Tamanho4.82 Kb.
#24191
1   ...   22   23   24   25   26   27   28   29   ...   81
Literatura Africana Em Língua Portuguesa I
 
Centro de Ensino à Distância 29 
E um escaler veio para terra com homens loiros vestidos de branco, 
trazendo, entre outras coisas, 
uma bandeira para a primeira afirmação imperial, 
um chicote para o primeiro castigo, 
um barril de pólvora para o primeiro massacre 
e um outro de álcool para o primeiro comércio!
 
Praia, Cabo Verde 
(in jornal O Diabo, Lisboa, 23 de Março de 1940, p. 3 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


 
Centro de Ensino à Distância 30 
Unidade 06. A Temática da insularidade, Seca, Fome e Emigração 
Obra chuva braba (Manuel Lopes
Introdução
 
A temática da insularidade estende-se em todos os escritores cabo-
verdianos, Manuel Lopes não escapa à regra. Nesta unidade 
temática falaremos, particularmente, da Chuva Braba e um pouco 
dos Flagelados do Veste Leste, obras que muito contribuiram para 
a afirmação da cabo-verdaianidade. 
Ao completar esta unidade / lição, você será capaz de: 
Objectivos 
 Identificar a temática presente na obra de Manuel 
Lopes; 
 Caracterizar a simbologia das presentes em Chuva 
Braba e em Os Flagelados do Vento Leste. 
Manuel António de Sousa Lopes (Mindelo, 23 de Dezembro de 
1907 — Lisboa, 25 de Janeiro de 2005) foi um ficcionista, poeta e 
ensaísta, um dos fundadores da moderna literatura cabo-verdiana e 
que, com Baltasar Lopes da Silva e Jorge Barbosa, foi responsável 
pela criação da revista Claridade. 
Manuel Lopes escrevia os seus textos em português, embora 
utilizasse nas suas obras expressões em crioulo cabo-verdiano. Foi 
um dos responsáveis por dar a conhecer ao mundo as calamidades, 
as secas e as mortes em São Vicente e, sobretudo, em Santo 
Antão. 
Emigrou quanto ainda jovem tendo a sua família se fixado em 
1919 em Coimbra (Portugal), onde fez os estudos liceais. Quatro 
anos depois, voltou a Cabo Verde como funcionário de uma 
companhia inglesa. Em 1936, fundou com Baltasar Lopes a revista 
Claridade, de que sairiam nove números. Em 1944 foi transferido 
para a ilha do Faial, nos Açores, onde viveu até se fixar em 
Lisboa, em 1959, onde passou a viver até a sua morte. Regressou 
apenas por duas vezes ao seu arquipélago. 
Entre as suas obras mais conhecidas contam-se: Chuva Braba 
(romance, 1956, Prémio Fernão Mendes Pinto), O Galo que 
Cantou na Baía (contos, 1959, de novo Prémio Fernão Mendes 
Pinto) e Os Flagelados do Vento Leste (romance, 1959, Prémio 
Meio Milénio do Achamento de Cabo Verde). Os Flagelados do 



Baixar 4.82 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   22   23   24   25   26   27   28   29   ...   81




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal