Unidade 8 dor abdominal indd



Baixar 39.08 Kb.
Pdf preview
Página4/7
Encontro20.02.2021
Tamanho39.08 Kb.
1   2   3   4   5   6   7
11

1 INTRODUÇÃO

A  dor  abdominal  é  uma  condição  comum  e  desafi adora  na 

atenção domiciliar. Cerca de 2,5% das pessoas necessitam de 

consultas anualmente devido à queixa de dor abdominal. Com 

uma boa anamnese e exame físico, aliados à habilidade de 

comunicação, o médico pode ser resolutivo em até 80% dos casos 

de dor abdominal. Os 20% restantes poderão permanecer sem um 

diagnóstico preciso (TRINDADE, 2012).



2 DOR ABDOMINAL: como pode ser classifi cada?

A dor abdominal pode ser classifi cada em aguda e crônica. 

Existe  um  limite  teórico  para  separar  a  dor  aguda  da  crônica: 

duração maior ou igual a 12 semanas. Porém, utilizando-se de 

uma  escuta  qualifi cada,  deve-se  considerar  o  julgamento  clínico 

em relação  ao episódio  apresentado  para  melhor  classifi cação e 

abordagem. 

Do ponto de vista prático, podem-se utilizar as seguintes 

características:

•  Dor de alguns dias de duração, com piora progressiva até o 

dia da apresentação, atingindo dor aguda;

•  Dor  que  não  altera  suas  características  durante  meses  ou 

anos pode seguramente ser considerada crônica;

•  Uma dor que não se enquadra claramente em nenhum dos 

dois critérios mencionados pode ser chamada de subaguda e 

deve considerar o diagnóstico diferencial das duas condições 

(TRINDADE, 2012).


1   2   3   4   5   6   7


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal