Um legado de liberdade assim como eu não seria escravo, tampouco seria



Baixar 0.54 Mb.
Pdf preview
Página25/46
Encontro17.03.2020
Tamanho0.54 Mb.
1   ...   21   22   23   24   25   26   27   28   ...   46



42

 

 

ABRAHAM LINCOLN: UM LEGADO DE LIBERDADE



um bufão. Mas quando Seward 

precipitadamente propôs unir o 

Norte e o Sul instigando uma 

guerra com potências estrangeiras, 

Lincoln, sem alarde, rejeitou a ideia, 

estabeleceu sua autoridade e logo 

ganhou o respeito e a admiração de 

seu secretário.



Uma guerra de duas frentes 

evitada

A deflagração da guerra em abril 

de 1861 trouxe ao novo presidente 

sua primeira crise de relações 

exteriores. Da perspectiva da União 

(o Norte), o conflito não era uma 

guerra entre nações, mas sim uma 

rebelião interna a ser contida sem a 

interferência de outras nações. Mas, 

para a Grã-Bretanha e a França, que 

esperavam continuar o comércio 

com a Confederação (o Sul), a 

decisão de Lincoln de bloquear os 

portos sulistas fez com que, sob a 

lei internacional, constatassem a 

existência de um estado de guerra, 

proclamassem sua neutralidade 

e reconhecessem a Confederação 

como beligerante. Juntas, essas ações 

outorgaram legitimidade ao Sul, 

que estava a um passo de seu pleno 

reconhecimento como nação.

Assim, a diplomacia de Lincoln 

teve como foco evitar que potências 

estrangeiras reconhecessem 

a independência sulina. Ele 

continuou a se opor a qualquer 

envolvimento externo, fosse uma 

nação se prontificando a promover 

conversações de paz ou propondo 

uma mediação, uma arbitragem ou 

um armistício. Contudo, Lincoln 

também amenizou (mas nunca 

rejeitou) os alertas de Seward de que 

os Estados Unidos iriam à guerra 

com qualquer nação que interferisse. 

O presidente também moderou os 

despachos do secretário e contou 

com o seu tranquilo, embora austero, 

ministro para a Inglaterra, Charles 

Francis Adams, para resolver outros 

problemas.

A questão do reconhecimento 

surgiu repetidamente durante 

o curso da Guerra Civil. A 

humilhação da União na Batalha 

de Bull Run em julho de 1861 

convenceu alguns europeus de que a 

independência da Confederação era 

um fato consumado. Como poderia 

a União forçar uma reconciliação 

entre 11 estados e milhões de 

pessoas? Em novembro do mesmo 

ano, um navio da Marinha 

americana apreendeu o RMS 

Trent, navio-correio britânico, e 

retirou ilegalmente dois comissários 

sulistas, James Mason e John Slidell

que organizaram o bloqueio contra 

a União e estavam a caminho da 

Inglaterra. Lincoln sensatamente 

libertou os prisioneiros e autorizou a 

admissão de erro em vagas palavras, 

o que salvou a posição americana 

e conseguiu por pouco evitar uma 

guerra de duas frentes que colocaria 

os Estados Unidos ao mesmo tempo 

contra a Grã Bretanha e o Sul.

A Câmara dos Deputados dos EUA, 

1861, durante a crise da secessão



ABRAHAM LINCOLN

: UM LEGADO DE LIBERDADE

 

 

43



O USS San Jacinto examina o navio-correio 

britânico Trent. Dois comissários confederados 

foram retirados do RMS Trent, dando início a 

uma crise diplomática entre os Estados Unidos 

e a Grã-Bretanha


1   ...   21   22   23   24   25   26   27   28   ...   46


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal