Um Guia de Estudo para a Doutrina Cristã a partir de Declarações Anglicanas e



Baixar 1.66 Mb.
Pdf preview
Página7/24
Encontro10.08.2021
Tamanho1.66 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   24
Discipulado Intencional e Formação de Discípulos, página 3, 126-7:

A Temporada do Discipulado Intencional é sobre “pessoas crescendo no 

sentido de serem amadas e amando a Deus encontrado na pessoa de Jesus 

Cristo, e respondendo oferecendo-se a Deus e ao mundo de Deus através do 

conhecimento mais profundo de Jesus, e ordenando suas vidas em torno desse 

relacionamento, em comunidade com todas/os as/os discípulas/os de Jesus ... “

“O discipulado é a própria essência do anglicanismo. O anglicanismo, desde suas 

raízes na espiritualidade celta e agostiniana e moldado pela Reforma Europeia

sempre foi uma fé vivida (não puramente intelectual ou espiritualizada). Trata-

se de seguir e viver os caminhos de Jesus... O discipulado reflete a natureza 

católica-protestante da Comunhão Anglicana. Descobrimos o verdadeiro 

significado da natureza católica da Igreja ao seguirmos um Salvador que une 

todas as pessoas, todas as coisas, em si mesmo, e descobrimos a verdadeira 

vocação do protestantismo, pois nosso discipulado nos leva a um engajamento 

profético com tudo o que não é sagrado”.

Esta vida de discipulado, portanto, chama as pessoas cristãs a crescer no 

entendimento e propriedade de sua fé, e a poder comunicá-la de maneira inspiradora 

a outras pessoas. É aqui que a teologia dogmática entra em jogo (teologia vem das 

palavras gregas Theos/Deus e logos/palavras, ou seja, palavras/discursos sobre 

Deus). Através dos tempos, as pessoas cristãs têm refletido juntas sobre como 

falar sobre sua fé, à luz das Escrituras, encontrando uma linguagem apropriada 

para expressar o que acreditam de maneira que se comuniquem com as pessoas e 

os lugares em que se encontram. Pode-se dizer que o povo de Deus está fazendo 

teologia e refletindo doutrinariamente sempre que fala sobre a natureza de Deus, 




Em Que Os Anglicanos Acreditam?

12

sobre os atos da criação e redenção de Deus e conta aos outros sobre tudo isso de 



maneiras novas. Esse é o caso há muito tempo:

O Prefácio da DECLARAÇÃO de Consentimento, Canon C15 da Igreja da Inglaterra:

... a Igreja é chamada a proclamar novamente [sua fé] a cada geração.



Q

Até que ponto sua igreja “proclama novamente” a fé cristã? Como isso poderia ser 

melhor?

2. De onde vem a doutrina?

Os cristãos e cristãs fazem teologia juntas desde os primórdios. Elas/es permanecem 

juntas/os nisso, como testemunham as palavras de São Paulo: “Há um só corpo e um 

só Espírito, do mesmo modo que a vossa vocação vos chamou a uma só esperança; 

um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todas/os, que reina 

sobre todas/os, age por meio de todas/os e permanece em todas/os” (Ef 4.4-6). E, 

no entanto, como lemos nos relatos dos Atos dos Apóstolos, os cristãos formaram 

comunidades distintas, às vezes divididas por causa de doutrina ou cultura, além 

de separadas pela geografia. Portanto, sempre houve tensão sobre se há muita 

diversidade e se isso é saudável ou não.

As diferenças de entendimento teológico estavam entre as questões abordadas pelos 

“Concílios Ecumênicos” nos primeiros séculos da era cristã, reuniões que reuniram 

bispos e teólogos de todas as extensões das igrejas. Os Concílios eram chamados 

de “ecumênicos”, que significa “geral” ou “universal”, em um termo latino derivado da 

palavra grega oikoumenikos, que significa “de todo o mundo”. As conclusões dos quatro 

primeiros desses concílios - os “concílios católicos”

2

 - que incluem temas importantes 



como a natureza de Cristo como totalmente humano e divino, a Trindade e o Credo 

Niceno - são consideradas doutrina autorizada pela maioria das igrejas históricas.

2  Os Concílios de Nicéia (325), Constantinopla (381), Éfeso (431) e Calcedônia (451).



Em Que Os Anglicanos Acreditam?

13



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   24


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal