Um Guia de Estudo para a Doutrina Cristã a partir de Declarações Anglicanas e



Baixar 1.66 Mb.
Pdf preview
Página10/24
Encontro10.08.2021
Tamanho1.66 Mb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   24
De que maneiras você aprendeu a doutrina de outras igrejas? Como isso pode ser 

encorajado no futuro?

7. É necessário encontrar novas maneiras de expressar 

a doutrina?

Diferentes períodos da história, com suas diferentes culturas, exigem novas formas 

de entender e expressar a fé:

Comissão Internacional Reformada Anglicana, Reino de Deus e nossa unidade 

(1984):

40. A ortodoxia não é mantida simplesmente repetindo as mesmas palavras. Em 

seu avanço missionário, a Igreja sempre deve encontrar nas línguas daquelas/

es que são trazidas/os à fé de muitas culturas, palavras que direcionam suas 

mentes no ensino e na adoração ao único Deus verdadeiro. Da mesma forma, 

à medida que a Igreja continua a transmitir a fé em cada nova era, é necessário 

encontrar novas palavras que, na linguagem dessas novas gerações, expressem 

corretamente essa fé. Ambas as nossas comunhões, recebendo as Escrituras 

como o padrão oficial da fé, reconhecem a necessidade desse esforço contínuo 

de reformulação, tanto no ensino quanto no culto.

De fato, a igreja se engajou na reformulação e reordenação da doutrina ao longo de 

muitos séculos:




Em Que Os Anglicanos Acreditam?

18

Conselho Mundial de Igrejas, Noções de Hierarquia da Verdade - Uma Interpretação 



Ecumênica, Relatório do Grupo de Trabalho Conjunto Católico Romano - WCC 

(1990):


18. Algumas tradições cristãs, ao refletir, percebem duas dimensões de uma 

“hierarquia de verdades”. De um lado, a própria revelação de Deus exibe uma 

ordem, como a transição da Antiga Aliança para a Nova Aliança. Por outro lado, 

na resposta contínua da fé à revelação pelo povo peregrino de Deus, vê-se uma 

ordem da verdade que foi influenciada por contextos históricos e culturais 

de tempo e lugar. Essas respostas variadas na fé à revelação resultaram em 

diferentes ordens e ênfases nas expressões doutrinárias de várias igrejas em 

seus vários períodos históricos, e de grupos e até de indivíduos dentro das 

igrejas. O Concílio Vaticano Segundo reconhece que, na investigação da verdade 

revelada, Oriente e Ocidente usaram métodos e abordagens diferentes ao 

compreender e proclamar as coisas divinas e que algumas vezes uma tradição se 

aproximou mais que a outra de uma apreciação apropriada de certos aspectos 

de um mistério revelado, ou os expressou de maneira mais clara (Decreto sobre 

Ecumenismo, 17).

19. No diálogo ecumênico, as igrejas podem se tornar mais conscientes das 

hierarquias ou ordens de verdades existentes em sua tradição e vida. Por meio do 

diálogo, as mudanças podem resultar também na ordenação dos ensinamentos 

da própria igreja, e isso pode facilitar a aproximação. As igrejas da Reforma, por 

exemplo, reconhecem cada vez mais a importância do ministério episcopal em 

sua ordem de verdades; e a Igreja Católica Romana está encontrando uma nova 

apreciação da doutrina de justificação pela fé. Estes são sinais de convergência.

Q

Em sua experiência, os encontros com outras igrejas fizeram você mudar sua 

compreensão de certas doutrinas? Isso tem sido enriquecedor? Como isso poderia 

ser encorajado?



Em Que Os Anglicanos Acreditam?

19

II. O que é a Doutrina dos? Credos



Como devemos estudar as doutrinas 

fundamentais da fé cristã de maneira 

sistemática quando não temos acesso a 

uma boa biblioteca teológica ou o temos 

apenas por um período limitado de 

tempo? O texto ecumênico Confessando 



a Fé Única: Uma Explicação Ecumênica 

da Fé Apostólica como é confessada 

no Credo Niceno-Constantinopolitano 

(381), de 1991, oferece uma maneira 

de fazer isso. Tornou-se uma 

declaração fundamental para a igreja 

contemporânea, um dos textos mais 

importantes a sair do movimento Fé 

e Ordem no final do século XX. Foi 

escrito pelos principais teólogos, 

incluindo o teólogo protestante alemão 

Wolfhart Pannenberg e o teólogo 

católico romano francês Jean Tillard. 

Seu status levou a várias reimpressões 

e em 2010 foi republicado com um 

novo prefácio de Dame Mary Tanner. 

Agora está disponível gratuitamente 

on-line no Conselho Mundial de Igrejas. 

(Para detalhes, consulte a lista no final 

deste guia de estudo. Há também uma 

variedade de recursos associados do 

Movimento Fé e Ordem, que também 

estão listados.)

Este texto imprime e explica as palavras 

do Credo de Nicéia e Apóstolos, os mais 

antigos e mais usados atualmente, que 

são usadas pelas igrejas Ocidentais e 

Orientais em sua adoração e são uma 

expressões chave de sua unidade na 

fé cristã. O texto percorre o Credo de 

Nicéia seção por seção, desenhando 

e aplicando o significado de cada um 

deles. Ele faz três coisas em cada 

seção: fornece uma explicação clara e 

informativa do significado com base 

nos estudos históricos; apresenta a 

base bíblica de cada afirmação; e na 

seção “Explicação para Hoje”, mais 

longa, mostra como essa afirmação fala 

para a era moderna, especialmente 

em resposta a desafios impostos, por 

exemplo, por ateísmo, secularismo e 

outras religiões.

Existem recursos adicionais 

relacionados a este texto listados no 

final deste capítulo.

Mary Tanner, que esteve muito 

envolvida com a formação do texto 

desde 1982 até sua publicação em 1991, 

elogia-o da seguinte maneira:

Os desafios do mundo 

contemporâneo não são idênticos aos 

da década de 1980. Mas dificilmente 

poderia haver um momento na 

história em que o mundo precise 

mais ouvir uma voz confiante e 

unida proclamando as boas novas 

de Cristo para todas as pessoas. 

Quem caminhar por esse estudo 

descobrirá que ele as/os leva a 

novas avenidas de exploração da fé 

e à maneira como nossa fé comum 

desafia e é desafiada por eventos 

no mundo de hoje. Confessando a Fé 

Única é um instrumento maravilhoso 

para ajudar as igrejas ... aproveitar 

a oportunidade de fazer confissões 

comuns e viver juntas. (p.viii)




Em Que Os Anglicanos Acreditam?

20

A declaração é dividida em dez seções 



e elas fornecem boas subdivisões 

para um programa de estudo de dez 

sessões, cobrindo as principais doutrinas 

do credo:

1.  O Deus Único - páginas 16-27

2.  O Pai Todo-Poderoso - páginas 

27-34

3.  O Criador e sua criação - páginas 



34-42

4.  Jesus Cristo - encarnado para a 





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   24


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal