Transcrição de Vídeo Coram Deo



Baixar 13.51 Kb.
Encontro08.10.2019
Tamanho13.51 Kb.

Transcrição de Vídeo Coram Deo
Esta obra é disponibilizada sob os termos da Atribuição de Uso Não-Comercial 4.0 Creative Commons. Você é autorizado a usar este curso como currículo ou recurso no contexto de sua própria sala de aula e treinamento de acordo com as seguintes condições:


  1. Você deve predicar a obra incluindo a seguinte declaração: “Retirado do Curso Básico Coram Deo © 2014 por Disciple Nations Alliance. Publicado por Disciple Nations Alliance (www.disciplenations.org) sob os termos da Atribuição Não-Comercial 4.0 Internacional. Para mais informações, acesse www.creativecommons.org.

  2. Você não deve usar esta obra com propósitos comerciais.

Lição 4: O Poder da História – A Perda de uma Cosmovisão Bíblica


Vídeo 2 de 3: De uma Cosmovisão Bíblica ao Deísmo ao Secularismo
Apresentador: Darrow Miller

Por que não estamos contando a história completa? Por que a igreja é a igreja do domingo, mas não da segunda-feira? Por que perdemos o conceito da Comissão Cultural, pelo qual fomos colocados aqui? Porque não temos mais uma cosmovisão bíblica. Muitas pessoas me perguntam: "Qual você acha que é o problema, Darrow?" Eu digo: "O problema é que não mais temos uma cosmovisão bíblica." O que isso significa? Esta é a cosmovisão da Bíblia: É a cosmovisão do Velho Testamento e do Novo. É a cosmovisão da maior parte da igreja até por volta de 100 ou 120 anos atrás. E é a cosmovisão do mundo Ocidental até por volta de 250 anos atrás.

Nesta cosmovisão, Deus e a criação existem. Observe as linhas. Elas significam que Deus tem um relacionamento com sua criação. Ele não é apenas Criador, mas também Senhor e Soberano. Nesta cosmovisão, vemos que Deus é transcendente. Ele existia antes do Universo ser criado. Ele não depende do Universo. Ele não precisava ter criado o Universo. Ele está fora dela, Ele transcende a criação. Mas Ele também está presente na criação, e se apresenta de quatro maneiras.

Primeiro, Ele está presente nesta sala. Ele está presente na sala onde você está sentado vendo este vídeo. E, se você sair da sala, Ele irá te acompanhar. Deus está em todo lugar. Segundo, Ele está presente na História. Ele é o Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Ele é o Deus que trabalha na História. Na história do Velho Testamento e do Novo. Mas não somente na história antiga, Ele é o Deus que trabalha na História nos dias de hoje. Se Ele não o fizesse, você não estaria aqui. Ele trabalha e trabalhou na história de sua vida.

Terceiro. Ele está presente na encarnação. Existe este pensamento audacioso de que o verbo se fez carne e habitou entre nós. Quem teria pensado em tal coisa? O Deus Criador tomando forma humana e vivendo no meio de seu povo. Então, Deus está presente na encarnação. E quarto, Ele está presente na morada do Espírito Santo. Então, Deus é tanto transcendente, Ele está fora da criação, quanto é presente na criação. Nossos antepassados entediam isso melhor do que nós. Eles tinham uma frase em Latim: "Coram Deo". “Coram Deo" significa: "Perante a face de Deus". Devemos viver nossas vidas perante a face de Deus.

Quando temos uma cosmovisão bíblica, entendemos que Deus é o Senhor de todos os aspectos da vida, e não apenas os aspectos espirituais e religiosos. Ele é o Senhor da fé e o Senhor da razão. Ele é o Senhor da ciência e o Senhor da teologia. Ele é o Senhor do cinema. Ele é o Senhor das artes. Ele é o Senhor do evangelismo. Ele é o Senhor de toda a vida.

Durante aquela era quando os cristãos entendiam isso, uma mulher tinha um quadro na parede da cozinha. E no quadro estava escrito: "Cultos de adoração feitos aqui três vezes ao dia". O que ela entendeu? Ela entendeu que ela era cristã quando cozinhava para sua família e para os convidados. Ela entendeu que era cristã na cozinha, e não apenas no Santuário.

Ela era cristã ao servir os convidados em sua casa, e não apenas em uma reunião de oração. Ela era cristã sete dias por semana, 24 horas por dia. Quando seu marido ia para sua carpintaria na segunda-feira de manhã, ele era cristão. Não era apenas um cristão de domingo, ele era um cristão de segunda-feira. E ele ia para sua carpintaria, abria as portas, olhava para o céu e dizia: "Deus, eu vim te adorar hoje." Você consegue imaginar a qualidade dos móveis produzidos por ele? E por que ele teria essa qualidade de excelência? Porque ele estava adorando a Deus em seu trabalho.

A maioria de nós hoje não pensa mais nesses termos. Nosso trabalho e nossa adoração são separados. Nosso domingo e nossa segunda-feira são separados. Veremos em alguns instantes como isso passou a ser assim. Esta é a cosmovisão da Bíblia. Deus é Senhor de toda a vida, e de todas as áreas de nossas vidas.

Durante a época da Revolução Francesa, os franceses queriam liberdade. Ou, podemos dizer de maneira um pouco diferente... Eles queriam viver como libertinos. Queriam viver da maneira que queriam sem as restrições de um Universo moral. Podemos ver nesta figura que Deus e a criação existem, mas as linhas desapareceram. Deus é o Criador, mas não é Senhor e nem Salvador. Isto é o Deísmo. Foi parte do Iluminismo. Onde a terra não tem mais vínculos com o céu. Esta cosmovisão não durou muito, mas deu lugar à cosmovisão moderna. Você pode chamá-la de Secularismo, Naturalismo, Ateísmo, Materialismo e de várias outras maneiras. Mas essa cosmovisão diz que Deus não existe. A única coisa que existe é a Natureza.

E essa cosmovisão não seria tão popular, não fosse um homem chamado Charles Darwin. Porque, se não há Deus, temos esta gigante pergunta: "Como chegamos aqui?" E foi Darwin quem nos deu uma teoria para tentar responder a essa pergunta. É a Teoria da Evolução. E esta teoria não é mais ensinada como teoria, mas como fato em escolas e universidades no mundo todo. Por que as pessoas estão tão fixadas em serem ateístas? Não por não existirem evidências de Deus. Como Paulo diz em Romanos 1, a criação revela que Deus existe e revela elementos de seu caráter. Para onde quer que olhemos na criação podemos ver a mão de Deus.

Então, não é por faltarem evidências. As pessoas são ateístas por motivos morais. Eles querem poder fazer o que quiserem sem restrições. E a única maneira de conseguir isso é tirando Deus do universo. E é por isso que o ateísmo moderno vem lutando tão ferozmente. Eu chamo o ateísta moderno de fundamentalista ateísta. Eles não querem jogar limpo, querem destruir a oposição.



Quando essa cosmovisão chegou na Europa, invadiu as universidades e penetrou nos cursos de teologia em universidades e seminários. E veremos em nossa próxima seção o que a igreja fez. Porque é neste ponto que começamos a entender o motivo de sermos cristãos de domingo e não de segunda-feira.

É neste ponto que começamos a entender por que os cristãos não têm mais contado a história completa. E eu gostaria que você pensasse; em certo sentido, que pensasse antecipadamente: Por que você acha que não estamos mais contando a história completa?


Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal