Tópico 9 influência dos meios de comunicaçÃo em massa componente curricular, 3ª Série



Baixar 0.76 Mb.
Página2/9
Encontro30.06.2021
Tamanho0.76 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9

COMUNICAÇÃO, PODER E DEPENDÊNCIA 

  • O crescimento da difusão industrial da informação, a partir do século XIX, transformou os meios de comunicação de massa em empresas que buscam o lucro como as demais que atuam na iniciativa privada. O perigo da questão reside no luto de que a informação não pode - pelo menos não poderia - ser tratada como um mero produto de consumo, visto que pode influenciar decisivamente no modo de agir e pensar das pessoas, sobretudo em culturas incipientes e frágeis quanto às do Brasil.
  • Todavia, para fazer frente à ideia da informação como um mero bem de consumo, surgiram alternativas dentro de alguns segmentos organizados da sociedade na busca de reverter ou ao menos amenizar esta situação. Uma das saídas foi o vídeo popular; visto que procura tratar a informação, de maneira a torná-la livre e de interesse da coletividade, sem ser tendenciosa ou ficar submissa e dependente de verbas publicitárias, ou voltada para a busca de lucros, ou ainda com interesses particulares.
  • A Rede Globo consegue monopolizar a audiência televisiva em rede nacional, deixando claro que comunicação e poder andam de mãos dadas, enquanto cúmplices na manipulação da opinião pública nacional (2).
  • Com tamanha influência, podemos afirmar que quem detém os meios de produção e difusão da informação, detém o poder, pois a transmissão de ideias e valores se coadunam com seus interesses particulares. Mas não é só. Os que controlam a comunicação chegam até a rotular e definir os outros indivíduos e grupos sociais. Quem tem a palavra constrói identidades pessoais ou sociais.
  • Neste sentido, a sua aparente horizontalização enquanto mostra tudo o que acontece, para todo o mundo, disfarça a verticalização do processo de comunicação quando integra as pessoas em um espaço social definido e administrado a partir de modelos da grande organização tecno-burocrática.
  • A cultura de massa é o resultado da produção em grande escala de símbolos e mensagens, principalmente com o aperfeiçoamento dos sistemas de comunicação social, a partir do século XIX.
  • Os “meios de comunicação de massa” proporcionam novas formas de se chegar à população através da produção e distribuição de informações ou entretenimento em larga escala, nivelando grupos profissionais, étnicos, sociais, regionais, desrespeitam suas individualidades

“É verdade que a relação de comunicação não se reduz à comunicação massiva. Há também a comunicação de pequenos grupos, porém resumem-se cada vez mais à comunicação eletrônica dos meios de comunicação de massa, através dos quais as pessoas escutam e veem mais e falam menos. Os órgãos que mais se desenvolvem são a visão e a audição. A fala vai silenciando” (3).



Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal