Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf



Baixar 59.14 Mb.
Pdf preview
Página79/520
Encontro29.09.2021
Tamanho59.14 Mb.
1   ...   75   76   77   78   79   80   81   82   ...   520
África: terra, 
sociedades e conflitos
Nelson Basic Olic e Betariz 
Canepa. Moderna, 2012. 
(Coleção Polêmica)
Analisa a multiplicidade 
cultural africana e os 
principais conflitos étnicos, 
religiosos e econômicos.
FILME
Hotel Ruanda
De Terry George. Itália/
África dos Sul/EUA, 2004. 
121 min.
Aborda o acirramento 
do conflito entre tutsis e 
hutus em 1994, com base 
na história real de Paul 
Rusesabagina, gerente 
do Hotel Milles Collines, 
que, no auge do massacre, 
abrigou e evitou a morte de 
mais de 1.200 tutsis.
Figura 15.
 Refugiados hutus, em 1997. Ainda hoje, 
hutus e tutsis estão espalhados entre Burundi, Tan-
zânia, Uganda e República Democrática do Congo.
HOW
ARD DA
VIES/CORBIS/FOTOARENA
43
Capítulo 2  –  Confl itos étnico-nacionalistas e separatismo 
TS_V3_U1_CAP02_031_059.indd   43
23/05/16   19:03


SUDÃO E SUDÃO DO SUL
Como no restante da África, as fronteiras estabelecidas no Sudão reuniram reali-
dades étnicas e religiosas distintas: o centro-norte abriga população majoritariamente 
muçulmana e que se expressa em língua árabe; o noroeste – região de Darfur – reúne, 
além de muçulmanos, grupos de origem centro-africana; o sul tem maioria cristã, 
mas há também grupos animistas de diversas etnias. 
O controle do Estado sudanês pela população muçulmana e o descaso aos demais 
grupos gerou conflitos permanentes entre o governo, sediado no centro-norte, e as 
regiões de Darfur e do sul. Na região de Darfur, o conflito é travado entre grupos étnicos 
diferentes e grupos muçulmanos que têm como braço armado a milícia da Janjaweed. 
Em 2011, o Sudão foi dividido em Sudão e Sudão do Sul, com o objetivo de colocar 
fim a quase três décadas de guerra. No entanto, os dois países são dependentes da sua 
produção de petróleo e o acordo de independência estabelece que as vendas de petróleo 
sejam divididas igualmente entre ambos os países. 
As maiores reservas estão no Sudão do Sul, mas 
os únicos oleodutos existentes correm em direção ao 
norte (Sudão), passam por refinarias e atingem o Porto 
do Sudão, no Mar Vermelho, o único caminho existente 
para a exportação do petróleo do Sudão do Sul. Tal fato 
coloca o mais novo país do mundo numa situação de 
total dependência do Sudão para realizar a exportação 
do produto que representa mais de 90% da sua eco-
nomia. Observe o mapa (figura 16).
Dois anos após a conquista da independência, o 
Sudão do Sul mergulhou em uma guerra civil que se 
estende aos dias atuais que deixou dezenas de milhares 
de mortos e milhões de refugiados. Leia a seção Leitura 
e discuss‹o, na página seguinte.
•  Confl ito de Darfur
Em Darfur 1/3 da população é composta por muçul-
manos de língua árabe e se dedica principalmente 
ao pastoreio nômade. Os não muçulmanos, como os 
grupos Massalit, os Zaghawa e os Fur, são sobretudo 
agricultores. O fato de esses povos terem a terra como 
base de suas economias provocou vários conflitos pelo  
direito ao uso do solo.
No entanto, os problemas são mais amplos. Há 
décadas, o governo sudanês não aplica investimentos 
sociais e econômicos essenciais nessa região semiárida. 
As poucas intervenções positivas do Estado em Darfur 
privilegiaram os muçulmanos em detrimento dos outros 
grupos, contribuindo para agravar a hostilidade étnica 
já existente. A população não muçulmana de Darfur tem 
um forte sentimento de oposição ao governo, o que esti-
mula a luta pela autonomia e pelo fim da discriminação.
Em 2002, rebeldes do grupo Fur, em aliança com os Zaghawa, formaram o Exér-
cito Popular de Libertação do Sudão (SPLA). Armados e supostamente apoiados 
pelo vizinho Chade, eles atacaram instalações do governo em 2003. A retaliação foi 
imediata e brutal. O governo, apoiado pela milícia Janjaweed, promoveu uma guerra 
genocida cujo saldo até 2015 custou a vida de cerca de 400 mil mortes e a existência 
de aproximadamente 2 milhões de refugiados (figura 17, na página seguinte).
Animismo 
Religiões que atribuem alma 
(espírito) aos fenômenos naturais.
Janjaweed 
Milícia formada por antigos 
grupos tribais árabes de 
Darfur, tolerada e apoiada pelo 
governo sudanês.
SONIA V
AZ
Fonte: Drilling Info International. Disponível 
em: 

Acesso em: fev. 2016.
Abyei, uma área rica em recursos 
petrolíferos, é contestada pelo Sudão 
e o Sudão do Sul. Em 2015, estava sob 
o mandato das forças de paz da ONU, 
com a finalidade de desmilitarizar o 
território disputado, manter a paz e a 
proteção da população civil.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   75   76   77   78   79   80   81   82   ...   520


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal