Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf



Baixar 59.14 Mb.
Pdf preview
Página344/520
Encontro29.09.2021
Tamanho59.14 Mb.
1   ...   340   341   342   343   344   345   346   347   ...   520
Amazônia em chamas
De John Frankenheimer. 
Estados Unidos, 1994. 
123 min.
Baseado em fatos reais, o 
filme aborda a vida do líder 
seringueiro Chico Mendes, 
que deu visibilidade à 
Amazônia ao empreender 
uma luta pacífica contra a 
exploração da região.
Fonte: Superintendência do 
Desenvolvimento da Amazônia 
(Sudam), 2015.
dACOST
A MAP
AS
263
capítulo 11  –  complexos regionais brasileiros 
TS_V3_U4_CAP11_242_271.indd   263
5/23/16   7:20 PM


durante a ditadura militar no Brasil (1964-1985), os governantes promoveram 
intensa campanha para ocupar a Amazônia. A ação, além de motivações econômi-
cas, visava também à proteção do território. Para tanto, incentivou-se a migração de 
pessoas de diferentes partes do país para a região.
Os projetos para a Amazônia contemplavam, sobretudo: a ampliação das vias de 
circulação, com base fundamentalmente na construção de rodovias; a retirada de 
recursos naturais, principalmente minérios; e o desenvolvimento da atividade industrial. 
O incentivo à ocupação da Amazônia é, portanto, fruto da combinação de fatores 
como a preocupação dos governos militares em ocupar a região, até por entende-
rem que se tratava de uma questão de segurança nacional; a descoberta de jazidas 
minerais importantes; a necessidade de expansão das áreas de fronteira agrícola e 
de desenvolvimento industrial da região.
Havia o desejo de integrar a Amazônia ao restante do país, visando facilitar o 
escoamento da produção regional e a entrada de pessoas e mercadorias. A Rodovia 
Transamazônica, que liga Cabedelo, próximo a João Pessoa, no litoral da Paraíba, 
a lábrea, no sul do Amazonas, é um dos exemplos do estímulo ao rodoviarismo na 
região (figura 28). O projeto dessa rodovia, idealizado no governo do presidente Emílio 
garrastazu Médici, fundamentava-se numa frase a ele atribuída: “Quero abrir uma 
estrada que leve os homens sem terra para a terra sem homens”. Atualmente, há 
obras para recuperação de trechos da Transamazônica “consumidos” pela floresta, 
uma vez que centenas de quilômetros da rodovia foram totalmente abandonados.
O crescimento econômico da região apoiou-se na exploração de riquezas natu-
rais, que, por sua vez, também possibilitariam abastecer outros setores industriais 
nacionais e fomentar a industrialização da região.
Figura 28. 
Obras em trecho da 
Rodovia Transamazônica em 
Altamira (PA), 2011. O projeto da 
rodovia, ao possibilitar a ligação 
entre o Nordeste e a Amazônia, 
tinha como objetivo facilitar o 
processo migratório, com saída 
de trabalhadores nordestinos, 
a fim de minimizar as pressões 
por reforma agrária na Região 
Nordeste.
Figura 27.
 Trecho da Estrada de 
Ferro Madeira-Mamoré em Ron-
dônia, construída para escoar 
principalmente a produção de 
borracha. Fotografia de cerca 
de 1910.
SÉRgIO CASTRO/EST
AdãO CONTEÚdO
leitura


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   340   341   342   343   344   345   346   347   ...   520


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal