Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf



Baixar 59.14 Mb.
Pdf preview
Página287/520
Encontro29.09.2021
Tamanho59.14 Mb.
1   ...   283   284   285   286   287   288   289   290   ...   520
Migrações: da perda da 
terra à exclusão social
De Ana Valim. Atual, 1996.
A obra oferece uma 
compreensão das causas 
e das consequências do 
contrastante fluxo humano 
que cruza o Brasil; os 
diversos aspectos das 
migrações de nordestinos
gaúchos, paulistas e de 
outros povos brasileiros, 
movidos pela esperança de 
uma vida melhor.
209
capítulo 9  –  Migrações no Brasil 
TS_V3_U3_CAP09_200_219.indd   209
5/23/16   7:10 PM


MigRação noRdestina e êxodo RuRal
Após a década de 1950, milhões de nordestinos migraram preferencialmente para 
o eixo Rio-São Paulo. Secas prolongadas, alto índice de pobreza e miséria, falta de 
emprego e más condições de vida, associados ao grande desenvolvimento desses 
estados, eram os principais fatores que motivaram esse fluxo de migrantes.
Essa mão de obra foi absorvida por diversos setores (metalurgia, indústria de peças 
e automóveis, construção civil, empregos domésticos) e desempenhou papel importante 
no crescimento econômico e na urbanização da Região Sudeste.
A migração da Região Nordeste para a Sudeste (inter-regional) foi acompanhada da 
migração do campo para a cidade. Foi no meio da década de 1960 que a população 
urbana superou a população rural no Brasil (veja tabela a seguir). 
Brasil: evolução da população urbana – 1940 a 2010
ano
População 
total  
(em milhares)
taxa de 
crescimento 
população 
total (%)
População 
urbana  
(em milhares)
Índice  
de urbanização 
(%)
1940
 
41.326

 
10.891
26,35
1950
 
51.944
2,3
 
18.789
36,16
1960
 
70.191
3,1
 
31.956
45,52
1970
 
93.139
2,9
 
52.905
56,80
1980
 119.099
2,5
 
82.013
68,86
1991
150.400
2,1
115.700
77,13
2000
169.555
1,6
137.700
82,00
2010
190.732
1,1
160.879
84,35
A concentração fundiária, a mecanização do campo, o desenvolvimento industrial, 
a maior facilidade de acesso aos serviços sociais nas cidades e as maiores opor-
tunidades de emprego e de melhoria das condições de vida explicam o acelerado 
movimento populacional em direção às principais cidades do país (figura 9).
Fontes: IBGE. Estatísticas do século XX
Censo Demográfico 2010; Sinopse do 
Censo e Resultados Preliminares do Uni-
verso
. Disponível em: 
Acesso em: fev. 2016.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   283   284   285   286   287   288   289   290   ...   520


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal