Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


Principais fluxos migratórios



Baixar 59.14 Mb.
Pdf preview
Página286/520
Encontro29.09.2021
Tamanho59.14 Mb.
1   ...   282   283   284   285   286   287   288   289   ...   520
Principais fluxos migratórios
500.000 habitantes
e mais
200.000 a 499.999
100.000 a 199.999
50.000 a 99.999
Principais áreas com
perda de população
Principais áreas com
ganho de população
Divisão político-
-administrativa atual
N
0
380 km
 
Fonte: IBGE. Censos demográficos, 1970 e 1980. Rio de Janeiro: IBGE, 2000.
A partir de 1930, os deslocamentos internos da população brasileira tornaram-
-se mais expressivos, promovendo uma ampla redistribuição de pessoas pelas 
regiões. A lei de Cotas, que restringiu a entrada de estrangeiros, a industrialização 
e o desenvolvimento urbano da atual Região Sudeste marcaram a estruturação 
de um intenso fluxo interno da população, principalmente procedentes do Nor-
deste do país. 
É fundamental que os estudantes 
compreendam a importância da eco-
nomia como fator da migração. O 
surgimento de novas atividades pro-
dutivas estabelece polos de atração e 
expulsão populacional em determina-
das regiões. Esse é um dos fatores que 
justificam a concentração da popula-
ção na Região Sudeste nos últimos 
dois séculos, desde a mineração até a 
concentração comercial e financeira
passando pelo ciclo do café e pela 
industrialização.
DACOST
A MAP
AS
leituRa
Vidas secas
De Graciliano Ramos. 
Record, 2003.
Clássico da literatura 
brasileira conta a história de 
uma família de retirantes do 
Sertão nordestino.
Migrantes
De Dora Martins e Sônia 
Vanalli. Contexto, 2007.
Com uma linguagem 
bastante acessível, o livro 
aborda os movimentos 
internos da população 
brasileira.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   282   283   284   285   286   287   288   289   ...   520


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal