Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf



Baixar 59.14 Mb.
Pdf preview
Página285/520
Encontro29.09.2021
Tamanho59.14 Mb.
1   ...   281   282   283   284   285   286   287   288   ...   520
2
  MIGRAÇÕES INTERNAS
Os movimentos migratórios internos foram expressivos no território brasileiro. 
No per’odo colonial, as migrações internas acompanharam os sucessivos ciclos 
de desenvolvimento da economia regional, relacionados à agricultura de expor-
tação, à criação bovina ou à extração mineral. A cana-de-açúcar, por exemplo, 
estimulou o desenvolvimento do Nordeste no início da colonização; a criação de 
gado contribuiu para a ocupação do Sul do país e de áreas mais afastadas do 
litoral, inclusive no interior do Nordeste; e a mineração atraiu migrantes para Minas 
Gerais e a região central do país.
Essas migrações também foram influenciadas pelo curto ciclo da borracha, na 
Amazônia (1870-1912); pelo cultivo do café – que marcou a economia brasileira 
entre o fim do século xIx e as primeiras décadas do século xx – e pelo crescimento 
industrial, no Sudeste (especialmente no estado de São Paulo), que se intensificou 
após a Segunda Guerra Mundial. A partir da década de 1970, devido à expansão da 
agropecuária no Centro-Oeste e à política de ocupação da Amazônia, essas regiões 
transformaram-se em novos polos de atração populacional.  Observe o mapa (figura 8).
figura 8. Brasil: fluxos migratórios – 1970-1980
EQUADOR

50° O
OCEANO
ATLÂNTICO


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   281   282   283   284   285   286   287   288   ...   520


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal