Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


Partido Bharatiya Janata (BJP), que


Página83/519
Encontro29.09.2021
Tamanho
1   ...   79   80   81   82   83   84   85   86   ...   519

Partido Bharatiya Janata (BJP), que 
defendem a supremacia hindu, têm 
promovido massacres de muçulma-
nos e cristãos em outras regiões do 
país. Vários missionários cristãos 
foram alvos de atentados, principal-
mente em Goa (cidade colonizada 
pelos portugueses).
Figura 20.
 Parentes de vítimas do massacre contra os 
sikhs em 1984 protestam em 
Nova Délhi (Índia), 2012.
SONIA V
AZ
AL
T
AF QADRI/AP PHOTO/GLOW IMAGES
47
Capítulo 2  –  Confl itos étnico-nacionalistas e separatismo 
TS_V3_U1_CAP02_031_059.indd   47
23/05/16   19:03


ORIENTE MÉDIO
O domínio do Império Turco-Otomano sobre boa parte do Oriente Médio, que 
prevaleceu até a Primeira Guerra Mundial, foi praticamente substituído pela ocupação 
inglesa e francesa até a década de 1940. Ao final deste último período, consolidou-se 
o processo de independência de vários países e foi criado o Estado de Israel, em 1948.
A independência não significou o fim dos conflitos na região. Ao contrário, após 
a Segunda Guerra Mundial, o Oriente Médio transformou-se no principal foco de 
tensão mundial em função da criação do Estado de Israel; dos interesses econômi-
cos e estratégicos das grandes potências pelo controle das jazidas de petróleo; das 
disputas internas pelo poder numa região marcada por regimes autoritários; dos 
conflitos religiosos; da proliferação de grupos fundamentalistas (veja o Cap’tulo 3) e 
das más condições de vida da maioria da população.
A herança da Guerra Fria é outro importante fator de instabilidade e de inten-
sificação dos conflitos, período em que os Estados Unidos e a ex-União Soviética 
armaram exércitos e grupos de oposição, fortaleceram ditaduras e grupos terroristas. 
Atualmente, parcela significativa das vendas de armamentos dos Estados Unidos 
destina-se a países do Oriente Médio.
•  Confl ito árabe-israelense
A região da Palestina é o território histórico de dois povos: judeus e palestinos. Os 
judeus ocuparam a região há mais de 4 mil anos, mas se espalharam pelo mundo devido à 
repressão sofrida durante o Império Romano. Os palestinos são formados por uma mistura 
de povos, como filisteus (que ocupavam a faixa de Gaza), cananeus (que habitavam a 
Cisjordânia) e árabes, os quais impuseram sua cultura, tradição e a religião islâmica. Os 
palestinos habitaram a região por um período contínuo de cerca de 2 mil anos.
A partir do final do século XIX, com a criação da Organização Sionista Mundial 
(1897) na Suíça, o movimento sionista começou a 
organizar a migração de judeus à Palestina, visando à 
formação de uma pátria judaica. Na primeira metade do 
século XX, o aumento da população judaica na região, 
estimulado pela compra de terras e pelo estabelecimento 
de diversas colônias, foi contínuo.
A perseguição e o massacre impostos aos judeus 
pelos nazistas, na Segunda Guerra Mundial, funda-
mentou o apoio internacional à formação do Estado de 
Israel, em 1948. Aprovado pela ONU em 1947, o plano 
de partilha da Palestina destinou 57% do território aos 
israelenses (figura 21).
A formação de um Estado judaico provocou a reação 
contrária dos países árabes. Ainda em 1948, Egito, 
Jordânia, Líbano e Síria invadiram Israel, dando início à 
Primeira Guerra Árabe-Israelense (1948-1949).
Em 1949, foi estabelecido um armistício, que retirou 
totalmente dos palestinos as decisões sobre os seus 
tradicionais territórios, inclusive dos que tinham sido 
delimitados pela ONU, em 1947. O acordo de paz esta-
beleceu que o Estado Árabe da Palestina fosse dividido 
entre Israel (que conquistara a Galileia e outras partes 
do território palestino); Transjordânia, que incorporaria 
a Cisjordânia (a oeste do Rio Jordão); e Egito, que ocu-
paria a faixa de Gaza. Após o armistício, os conflitos não 
cessaram (figura 22, na próxima página). 
Movimento sionista 
Movimento nacionalista que 
objetivava a fundação de 
um Estado judaico – Israel 
– num território considerado 
sagrado para esse povo: a 
“Terra Prometida”.
Armistício 
Convenção pela qual os que 
estão em confl ito suspendem 
as hostilidades sem pôr fi m ao 
estado de guerra.
Transjordânia 
O Reino Hashimita de 
Transjordânia foi criado em 
1946, quando os britânicos, 
que ocupavam essa região 
desde o fi nal da Primeira 
Guerra Mundial, retiraram 
defi nitivamente suas 
tropas. Após 1949, passou a 
chamar-se Jordânia.
Figura 21. A partilha da Palestina – 1947


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   79   80   81   82   83   84   85   86   ...   519


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal