Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


Página53/519
Encontro29.09.2021
Tamanho
1   ...   49   50   51   52   53   54   55   56   ...   519

partem numa missão 
desbravadora ao se alistar 
no programa de expansão 
na região do Brasil central
incentivados pelo governo. 
Essa expedição resultou 
na fundação, em 1961, do 
Parque Nacional do Xingu 
(atual Parque Indígena do 
Xingu), a primeira Terra 
Indígena do Brasil.
Figura 8.
 O Parque Indígena do 
Xingu, criado em 1961 (inicial-
mente como Parque Nacional 
do Xingu), foi a primeira Terra 
Indígena homologada no Brasil. 
Situado no sul da Amazônia, no 
Mato Grosso, ocupa atualmente 
30.000 km
2
 e abriga 16 etnias 
e mais de 5 mil habitantes. Na 
imagem, indígenas da aldeia 
Kamayurá, no Parque Indígena 
do Xingu (MT), 2014.
RICARDO TELES/PULSAR IMAGENS
SONIA V
AZ
23
Capítulo 1  –  Etnia e modernidade 
TS_V3_U1_CAP01_011_030.indd   23
23/05/16   19:03


AFRODESCENDENTES
Os africanos trazidos como escravos para o Brasil eram principalmente sudane-
ses (Iorubás, Jejes, Malês, Ibos, entre outros) e bantos (como Cabindas, Bengalas, 
Banquistas, Tongas) de Angola e Moçambique.
Calcula-se que, durante o período de escravidão (da primeira metade de 1500 
até 1888), foram capturados e trazidos para o Brasil cerca de 5 milhões de africa-
nos, que entravam no país principalmente pelos portos de Salvador, Recife e Rio de 
Janeiro. Aqui, trabalharam na lavoura de cana-de-açúcar, de algodão, de café e na 
mineração, além de realizar outras atividades, como trabalhos domésticos e de ofício 
(carpinteiros, pintores, pedreiros, ourives etc.).
O Brasil foi o último país ocidental a abolir a escravidão, o que ocorreu há pouco 
mais de um século, em 1888. Apesar de libertos, os ex-escravizados, deixados à 
própria sorte, continuaram em situação desfavorável. Nessa época, estimulava-se 
a imigração e os postos de trabalho eram ocupados principalmente por europeus, 
que em geral já desenvolviam em seus países de origem atividades na lavoura, no 
comércio e na indústria.
O Brasil é o país que abriga a maior população negra fora da África: dados do 
IBGE de 2014 indicam que a população que se declara preta e parda (53,6%) supera 
a população que se declara branca (45,5%) (reveja a figura 5). No entanto, os afro-
descendentes enfrentam inúmeras dificuldades, consequência das desigualdades 
sociais e do preconceito.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   49   50   51   52   53   54   55   56   ...   519


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal