Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


Conexão – Arte – Marchantes (p. 188)


Página473/519
Encontro29.09.2021
Tamanho
1   ...   469   470   471   472   473   474   475   476   ...   519
Conexão – Arte – Marchantes (p. 188)
 As figuras humanas apresentam-se repetidas e ali-
nhadas, caminhando juntas, em movimento simétrico 
e em fluxo contínuo, o que pode ser interpretado 
como a sociedade em busca de direções neste final 
de século e associado aos fluxos migratórios, abor-
dados neste capítulo.
Compreensão e análise 1 (p. 189)
1.  Os deslocamentos populacionais fazem parte da his-
tória da humanidade, tendo sido responsáveis pela 
formação dos diversos povos e dos elementos culturais 
que os caracterizam, por meio de um processo contínuo 
de choques e assimilações culturais. 
2.  A condição ilegal impede o imigrante de ter acesso às 
garantias trabalhistas e previdenciárias que cada país 
oferece aos trabalhadores regulares. Essa situação de 
ilegalidade os obriga a se sujeitar a trabalhos com baixa 
remuneração. 
3.  Essas pessoas geralmente não têm recursos para migrar 
para países desenvolvidos, limitando-se a se deslocar 
por curtas distâncias. A maioria dos que conseguem 
deixar seus países dirige-se para os vizinhos, que mui-
tas vezes também não oferecem condições de abrigá-
-los adequadamente. Portanto, a migração para essas 
populações poucas vezes significa a superação da 
situação de precariedade.
4.  Os migrantes comuns exercem uma escolha e se 
deslocam espontaneamente. Já os refugiados se 
veem obrigados a buscar outros países para viver por 
conta de perseguições (raciais, religiosas, políticas 
etc.) que colocam em risco a sua vida ou a sua 
integridade física.
5.  Nesta década de 2010, novos conflitos internos e 
guerras surgiram ou se intensificaram em diversas 
regiões do globo. No Oriente Médio houve a expansão 
do Estado Islâmico, que atingiu a Síria e o Iraque
países que já enfrentavam uma guerra civil, no caso 
da Síria, e disputas étnico-político-religiosas, no 
caso do Iraque. Dessa forma, houve um agravamento 
dos problemas socioeconômicos, com destruição de 
moradias, de infraestrutura, de sistemas de educação 
e saúde. Outros países que enfrentavam sérios con-
flitos, provocando a formação de levas com centenas 
de milhares de refugiados, são: Afeganistão, Somália, 
Sudão, Sudão do Sul, Congo, além de Mianmar, na 
Ásia Meridional, onde os refugiados são resultado 
de conflitos étnicos e religiosos, num contexto de 
democratização do país, iniciada em 2011, após mais 
de cinco décadas de regimes ditatoriais. Somente a 
guerra civil na Síria havia provocado a morte de mais 
de 220 mil pessoas e a fuga de aproximadamente 
quatro milhões de pessoas, até o final de 2015.
6.  a)   Do século XVI ao XIX, muitos europeus deixaram 
seu país de origem e migraram para a América 
e outros continentes. Grande parte provinha do 
campo e partia em busca de um pedaço de terra. 
Atualmente, a população de migrantes dos países 
em desenvolvimento se dirige para os países mais 
desenvolvidos.
b) A concentração da riqueza mundial nos países 
desenvolvidos; a crise dos países socialistas; o pro-
cesso de globalização da economia, com alto índice 
de desemprego nos países em desenvolvimento.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   469   470   471   472   473   474   475   476   ...   519


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal