Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


  CONSIDERAÇÕES INICIAIS


Página372/519
Encontro29.09.2021
Tamanho
1   ...   368   369   370   371   372   373   374   375   ...   519
1
  CONSIDERAÇÕES INICIAIS 
Tendo esses pressupostos em mente, tomamos 
como norte a ideia de que a Geografia, por sua pró-
pria dinamicidade, exige um processo contínuo de 
reaprendizagem do mundo construído, na medida 
em que o espaço geográfico, seu objeto central de 
estudo, resulta da vida em sociedade, dos seres 
humanos em busca da sobrevivência e satisfação 
de suas necessidades, dos intensos avanços tecno-
lógicos, dos conflitos sociais e geopolíticos, em uma 
realidade em permanente mudança e marcada por 
fortes desigualdades sociais e espaciais. 
As rápidas e profundas mudanças ocorridas entre 
o final do século XX e o início do atual geraram uma 
nova e complexa configuração socioespacial, em 
que se alteraram as noções de tempo e espaço e se 
intensificou o ritmo de transformação das paisagens, 
exigindo a construção de uma relação diferenciada 
do ser humano com os meios natural e social. 
Se, durante algum tempo, acreditava-se que o 
desenvolvimento científico e tecnológico seria o cami-
nho para gerar bem-estar geral, o que se tem hoje 
são problemas ambientais desafiadores num mundo 
em que se aprofundam cada vez mais as desigual-
dades socioeconômicas, tanto entre as camadas de 
uma população quanto entre países ou continentes. 
A globalização tem sido responsável pela perda da 
importância das fronteiras econômicas e culturais e 
pela perda de identidade dos povos e mesmo das 
pessoas, cujas vidas passaram a ser afetadas por 
decisões e fatos ocorridos no mundo todo. As rela-
ções, seja entre o ser humano e a natureza ou entre 
Estados-nação, tornam-se cada vez mais complexas. 
Ao professor de Geografia cabe, portanto, orientar 
os estudantes na compreensão dessas relações e, 
sobretudo por meio do entendimento da sua reali-
dade, desenvolver sua consciência crítica e compe-
tência intelectual, habilitando-os para apreender as 
características desse mundo complexo e dinâmico 
e para agir em prol das melhorias exigidas em seus 
contextos local e global.
É com essa preocupação, e entendendo que a 
função do professor é mediar a apropriação do conhe-
cimento pelos estudantes, que procuramos trabalhar 
metodologicamente esta Coleção, desenvolvendo-a de 
forma a estimular a compreensão dos temas aborda-
dos, por meio de recursos visuais, seções e ativida-
des variadas e contextualizadas. Buscamos também 
direcionar o trabalho com os conteúdos para uma 
formação social crítica e solidária, em que se propicia 
a aplicação do aprendizado pelos estudantes às espe-
cificidades de seu meio físico, político, econômico, 
social e cultural. Nessa perspectiva, proporciona-
mos situações em que eles terão oportunidades de 
aplicar os conteúdos visando a uma aprendizagem 
não apenas em termos conceituais, mas também 
procedimentais (saber fazer) e atitudinais (saber ser). 
A organização dos conteúdos e a sequência em 
que as unidades estão apresentadas nos três livros 
desta Coleção buscam atender a um encadeamento 
em que os diversos temas e conceitos não sejam 
fragmentados, mas estabeleçam relações que per-
mitam uma análise mais abrangente da realidade. 
Importante, porém, destacar que a Coleção deve ser 
entendida como um facilitador para o trabalho do 
professor com os estudantes, respeitando-se suas 
especificidades, e não como um guia a ser seguido 
rigidamente (veja no item Estrutura da Coleção, bem 
como nas Orientações específicas deste manual, 
sugestões de caminhos possíveis de uso dos livros 
e suas seções). 
As abordagens partem de duas concepções prin-
cipais sobre a Geografia: do espaço geográfico como 
processo de produção social em permanente trans-
formação e da análise do espaço como um sistema 
de relações em suas diversas escalas: local, regional, 
nacional e global. 
São as atividades dos diferentes grupos sociais 
que definem a organização da produção e do con-
sumo, as formas de apropriação dos bens produzidos, 
as relações de trabalho, as redes de circulação de 
mercadorias, pessoas e informações e dão vida aos 
elementos presentes na paisagem. A produção do 
espaço geográfico envolve natureza e sociedade de 
forma integrada, em um mesmo processo, e é dessa 
forma que buscamos desenvolver os conteúdos da 
Coleção. Temas e conceitos relacionados a natureza, 
inovação tecnológica, organização do trabalho, rela-
ções de poder, questão ambiental são recorrentes 
no desenvolvimento dos capítulos e dão coerência 
às unidades que formam a Coleção.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   368   369   370   371   372   373   374   375   ...   519


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal