Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


N 60º O i. Geórgia do Sul (RUN) is. Bermudas is. Falkland (RUN) Havaí (EUA)


Página354/519
Encontro29.09.2021
Tamanho
1   ...   350   351   352   353   354   355   356   357   ...   519
N
60º O
i. Geórgia
do Sul (RUN)
is. Bermudas
is. Falkland
(RUN)
Havaí (EUA)
is. Pitcairn
(RUN)
O
CEAN
O
O
CEAN
O
O
CEAN
O
O
CEAN
O
ÍND
IC
O
O
CEAN
O
 
 
 
  
  
  
 
    
 
 
A
T

NTIC
O
PACÍ
FI
CO
O
CEAN
O
PACÍ
F
ICO
G
LACIAL
G
LACIAL
ANTÁRTICO
ÁRTICO
CÍRCULO POLAR ANTÁRTICO
 
 
EQUADOR
MERIDIANO DE GREENWICH
 
 
 
 
 
0° 

AFEGANISTÃO
ANGOLA
A  N  T  Á  R  T  I  D  A
ARÁBIA
SAUDITA
ARGÉLIA
ARGENTINA
AUSTRÁLIA
BAHAMAS 
ISLÂNDIA
BANGLADESH
BELIZE
CUBA
HAITI
BENIN
BOLÍVIA
BOTSUANA
BRASIL
BRUNEI
BURKINA
FASO
BURUNDI
BUTÃO
CABO
VERDE
CAMBOJA
CANADÁ
CAZAQUISTÃO
CHADE
CHILE
CHINA
CINGAPURA
COLÔMBIA
COMORES
COREIA DO NORTE
COREIA DO SUL
COSTA DO MARFIM
COSTA RICA
DJIBUTI
EGITO
EL SALVADOR
EQUADOR
ERITREIA
ESTADOS
UNIDOS
ETIÓPIA
FIJI
TONGA
KIRIBATI
FILIPINAS
FINLÂNDIA
SUÉCIA
NORUEGA
GABÃO
GÂMBIA
GANA
MARROCOS
GUATEMALA
GUIANA
GUINÉ
GUINÉ
   EQUAT.
GUINÉ-BISSAU
HONDURAS
IÊMEN
ÍNDIA
I   N   D   O   N   É   S   I   A
IRÃ
IRAQUE
SÍRIA
JORDÂNIA
JAPÃO
LAOS
LESOTO
LIBÉRIA
LÍBIA
MADAGASCAR
MALÁSIA
MALAWI
MALDIVAS
MALI
MAURÍCIO
MAURITÂNIA
MÉXICO
MIANMAR
MOÇAMBIQUE
MONGÓLIA
NAMÍBIA
NEPAL
NICARÁGUA
NÍGER
NIGÉRIA
NOVA
ZELÂNDIA
OMÃ
KUWAIT
CATAR
EM. AR. UNIDOS
FEDERAÇÃO DOS
ESTADOS DA MICRONÉSIA
PANAMÁ
PAPUA NOVA GUINÉ
PAQUISTÃO
PARAGUAI
PERU
QUÊNIA
QUIRGUISTÃO
  REP. CENTRO
AFRICANA
REP. DA
ÁFRICA
DO SUL
REP.
DEM.
CONGO
RUANDA
R   Ú   S   S   I   A
SAARA
OCIDENTAL
SALOMÃO
IS. MARSHALL
SAMOA
SENEGAL
SERRA LEOA
SEYCHELLES
SOMÁLIA
SRI LANKA
SUAZILÂNDIA
SUDÃO
TAILÂNDIA
TAIWAN
TANZÂNIA
TIMOR LESTE
TOGO
TUNÍSIA
TURCOMENISTÃO
UZBEQUISTÃO
TURQUIA
TUVALU
UCRÂNIA
UGANDA
URUGUAI
VANUATU
VENEZUELA
VIETNÃ
ZÂMBIA
ZIMBÁBUE
Alasca (EUA)
Groenlândia
(DIN)
Guiana Francesa (FRA)
  
 
  
SURINAME
TADJIQUISTÃO
CONGO
JAMAICA
SUDÃO 
  DO SUL
SÃO TOMÉ
E PRÍNCIPE
PALAU
Polinésia Francesa
(FRA)
NAURU
CAMARÕES
i. Aruba
(PBS)
i. Guadalupe
(FRA)
i. Margarita
(VEN)
i. Blanquilla
(VEN)
i. Orchila
(VEN)
Porto Rico
(EUA)
i. La Tortuga
(VEN)
is. Los
Roques
(VEN)
i. Martinica
(FRA)
i. Bonaire
(PBS)
i. Curaçao
(PBS)
i. Montserrat (RUN)
OCEANO 
  ATL
ÂNT
ICO 
ANTÍGUA
E BARBUDA
BARBADOS
DOMINICA
GRANADA
REP.
DOMINICANA
S. CRISTÓVÃO
E NÉVIS
S. VICENTE E GRANADINAS
STA. LÚCIA
TRINIDAD E TOBAGO
VE
NE
ZUE
LA
i. Anguilla (RUN)
is. S. Martim
is. Virgens
(FRA/PBS)
(RUN)
(EUA)
15° N

50° N
 
ALBÂNIA
ALEMANHA
DINAMAR
CA
BÉLGICA
PAÍSES
BAI
X
OS
Á
US
TRIA
BELARUS
RÚSSIA
RÚSSIA
BÓSNIA
-
-HERZ.
BULGÁRIA
CR
O
Á
CIA
ESL
O
V
Á
QUIA
MOLD
Á
VIA
ESL
O
VÊNIA
ESP
ANHA
AR
GÉLIA
MARR
OCOS
TUNÍSIA
E
S
T
ÔNIA
FRANÇA
ANDORRA
LUXEMBUR
GO
MÔNA
CO
SAN
MARINO
GRÉCIA
HUNGRIA
IRLAND
A
SUÉCIA
FINLÂNDIA
IT
ÁLIA
V
A
TICANO
LET
ÔNIA
LIT
U
ÂNIA
MAL
TA
NORUEGA
POL
ÔNIA
POR
TUGAL
REINO
UNIDO
REP
. TCHECA
R
OMÊNIA
SÉRVIA
SUÍÇA
TURQUIA 
UCRÂNIA
LIECHTENS
TEIN
MA
CEDÔNIA
MONTENEGR
O
KOSO
VO
 
 
ISRAEL
LÍBANO
CHIPRE
GEÓRGIA
ARMÊNIA
AZERBAIJÃO
CÍRCUL

POLAR ÁR
TICO
TRÓPICO DE CÂNCER
TRÓPICO DE CAPRICÓRNIO
MERIDIANO DE
GREENWICH
N
0
1.840 km
N
0
530 km
N
0
190 km
SONIA VAz
Font
e: 
Atlas geogr
áfic
o esc
olar
. Rio de Janeir
o: IBGE, 2012. p. 32.
271
Capítulo 11  –  Complexos regionais brasileiros 
TS_V3_U4_CAP11_242_271.indd   271
5/23/16   7:20 PM


UNIDADE
1
Capítulo 1
(p. 19)
1.   Resposta:  b. A pintura de Modesto Brocos mostra o bran-
queamento, através de três gerações, de uma família: a 
avó (negra), a mãe (mulata) e a criança (fenotipicamente 
branca). Portanto, a tendência demográfica apontada é o 
branqueamento da população. 
   A redenção de Cam é uma referência à interpretação 
bíblica sobre a maldição de Noé a um dos seus filhos 
(Cam) e a seus descendentes, todos negros e condena-
dos à escravidão. A redenção (cujo significado aqui é o 
rompimento com a escravidão) é representada na tela 
pelo branqueamento da família. A avó olha para o céu 
e agradece o nascimento de um neto de pele branca. 
O quadro foi utilizado pelo cientista brasileiro João 
Baptista de Lacerda no I Congresso Mundial das Raças, 
para argumentar, nesse encontro, que a imigração 
branquearia a população do país e que a mistura de 
raças levaria à extinção da “raça negra” em um futuro 
não muito distante.
2.   Resposta:  c. A alternativa está incorreta, pois o etno-
centrismo é um julgamento de uma outra cultura pelos 
valores e padrões de sua própria cultura, sendo uma mani-
festação de intolerância e preconceito.
(p. 30)
•   Resposta:  a. Nas últimas décadas, o governo federal 
adotou políticas destinadas à promoção de maior 
inclusão das minorias étnicas. A diretriz apontada 
pelo Conselho Nacional de Educação, no enunciado 
da questão,  assinala que a educação deve resgatar a 
história e a cultura afro-brasileira e africana (conside-
rada desvalorizada no currículo escolar), para que os 
afrodescendentes possam resgatar e se orgulhar da 
sua identidade. Nesse sentido, de acordo com a alter-
nativa a, a inclusão social está associada a práticas de 
valorização identitária.
Capítulo 2
(p. 42)
•   Resposta:  a. Com a morte de Tito, em 1980 e as transfor-
mações ocorridas no Leste europeu, com o fim da Guerra 
Fria, reacenderam os nacionalismos e foram exacerbadas 
as diferenças culturais entre as repúblicas da Iugoslávia, 
levando à sua desintegração.
(p. 59)
•   Resposta:  e. A partilha do continente africano no final 
do século XIX pelos colonizadores europeus criou fron-
teiras artificiais, aglutinando num mesmo território 
grupos étnicos tradicionalmente rivais e separando 
etnias de convivência pacífica. Após a independência, 
tal situação gerou inúmeros confrontos étnicos pela 
disputa de poder no interior dos novos Estados afri-
canos. A única afirmação errada é a I por restringir a 
questão ao interesse de uma única potência. A desco-
lonização ocorreu durante o período da Guerra Fria, 
que envolvia as duas maiores potências mundiais. Os 
Estados Unidos e a ex-União Soviética foram responsá-
veis pelo apoio financeiro a grupos étnicos rivais dentro 
de um mesmo país.
Capítulo 3
(p. 70)
•    Resposta:  d. O Boko Haram é o mais notório grupo 
muçulmano extremista da África da atualidade. É um 
grupo nigeriano que atua também em Chade, Níger e 
Camarões. Formou-se e cresceu nas áreas pobres, mais 
vulneráveis, situadas no norte da Nigéria.
(p. 81)
1.   Resposta:  d. As Comissões da Verdade foram criadas para 
investigar graves violações de direitos humanos cometi-
das em regimes ditatoriais ou totalitários. Empregadas 
em nações diferentes, apresentam diferentes formas de 
punição. Têm em comum a função de investigar os crimes 
cometidos pelo Estado contra seus próprios cidadãos, num 
determinado período. 
2.   Resposta:  b. O regime do apartheid foi introduzido na 
África do Sul em 1948 e vigorou até 1994. Foi derrubado 
frente à reação internacional negativa, às sanções eco-
nômicas e à luta dos negros contra o segregacionismo.
UNIDADE
2
Capítulo 4
(p. 98)
•   Resposta:  d. A complexidade crescente da economia 
mundial foi impulsionada pela rápida evolução da 
informática e dos meios de comunicação e transporte, 
que possibilitou uma verdadeira revolução nos padrões 
de relação econômica e financeira com impactos sobre 
o preço da produção industrial e o dos produtos de con-
sumo. Forma-se uma rede de cidades mundiais inter-
conectadas por processos financeiros. Trata-se de uma 
rede de cidades fortemente hierarquizada de acordo 
com seus níveis de produção, projeção, integração e 
fluxos comerciais, resultante do processo de globali-
zação. Todo o processo repercute na organização das 
populações dessas cidades.
272
Respostas de Enem e vestibulares
TS_V3_U4_FINAIS_272_280.indd   272
5/23/16   7:23 PM


(p. 106)
•   Resposta  c. No conjunto dos países em desenvolvimento, 
a urbanização foi um processo tardio. Embora com carac-
terísticas particulares em cada país, esse grupo de países 
teve em comum um intenso e desordenado êxodo rural 
que resultou num rápido processo de metropolização.  
Capítulo 5
(p. 115)
1.   Resposta  a. A atividade industrial consagrou a metrópole 
de São Paulo, que, por ser concentradora de riquezas, 
marginalizou grande parte da população, criando um 
espaço de forte segregação.
2.   Resposta  d. De um lado, houve uma deterioração de bair-
ros centrais históricos das cidades brasileiras ao longo do 
tempo. De outro, existem muitos prédios e casarões sem 
uso à espera de valorização, ou seja, são usados para 
especulação imobiliária. A dificuldade de acesso à mora-
dia nas áreas centrais devido ao maior valor dos aluguéis 
e à  falta de programas de habitação popular afastam as 
famílias mais pobres. Assim, em várias cidades, houve 
redução da população no centro e crescimento da popu-
lação na periferia.
(p. 127)
1.   Resposta:  e. A imagem indica uma ocupação irregular em 
área de risco sujeita a diversos problemas, entre eles os 
deslizamentos de terra. 
2.   Resposta:  e. O texto evidencia a infraestrutura associada 
às vias de rolamento do transporte rodoviário fortemente 
privilegiado pela industrialização e pelas multinacionais de 
automotores do governo JK.  
UNIDADE
3
Capítulo 6
(p. 143)
1.   Resposta:  a. O texto indica que as taxas de fecundidade 
na Europa estão abaixo do índice de reposição, que é de 
2,1 filhos por mulher. A sociedade europeia apresenta 
novas estruturas familiares, com menor número de 
filhos, resultante do fortalecimento do papel da mulher 
no mercado de trabalho e do investimento na carreira 
profissional. Valorização de projetos e o retardamento do 
casamento entre os mais jovens também são importan-
tes fatores desse momento da demografia europeia.
2.   Resposta:  a. A última afirmativa está incorreta, já que a 
teoria malthusiana defende que as doenças e as guerras 
agiriam como formas naturais de controle da população. 
Todas as demais são verdadeiras.
(p. 156)
•   Resposta:  e. A queda expressiva da fecundidade no 
Brasil ocorreu a partir da década de 1960. O fenômeno 
está relacionado à rápida urbanização e aos efeitos pro-
vocados por ela no modo de vida da sociedade brasileira, 
entre eles o maior acesso à informação e às práticas 
contraconceptivas e a maior inserção da mulher no 
mercado de trabalho.
Capítulo 7
(p. 164)
•   Resposta:  c. O fato de os motivos para viver na rua supe-
rarem 100% indica que foi declarado mais de um motivo 
que levou as pessoas a tal situação.
(p. 178)
•   Resposta:  c. O primeiro texto trata da escravidão por 
dívida, que deve ser coibida pela fiscalização do Estado. 
O segundo texto indica a necessidade de uma atuação 
forte do poder público para ampliar os investimentos e 
melhorar a qualidade do ensino no Brasil.
Capítulo 8
(p. 189)
•   Resposta:  a. As migrações intensificaram-se nas últimas 
décadas, sobretudo no contexto da globalização, por conta 
da saída de pessoas dos países em desenvolvimento em 
busca de empregos, com rendimentos maiores nos paí-
ses desenvolvidos. Mais recentemente, diversos países 
emergentes também têm recebido grandes quantidades 
de imigrantes. Os países desenvolvidos têm, por sua vez, 
ampliado as barreiras para impedir o fluxo imigratório.
(p. 199)
•   Resposta:  d. Diversos países do leste e do sul da Europa 
são a principal porta de entrada de imigrantes e tam-
bém de refugiados vindos da África e do Oriente Médio. 
A Grécia, em 2015, foi o país europeu que mais recebeu 
refugiados.
Capítulo 9
(p. 208)
1.   Resposta:  c. O tema do fragmento é justamente a neces-
sidade de ajuda do governo ao fazendeiro, necessitado de 
mão de obra para a sua propriedade.
2.   Resposta:  a. Ao ingressarem no território brasileiro, os 
bolivianos passam a ser imigrantes.
(p. 217)
•   Resposta:  F-V-V-V-F. 0-0) está errada, pois, apesar da 
melhoria nas condições de vida das populações do Agreste 
273
Respostas de Enem e vestibulares
TS_V3_U4_FINAIS_272_280.indd   273
5/23/16   7:23 PM


e do Sertão, não há um fluxo migratório intenso para essas 
sub-regiões. 4-4) é incorreta, uma vez que não há migra-
ção de retorno para o Sudeste.
UNIDADE
4
Capítulo 10
(p. 230)
1.   Resposta:  c. É possível constatar pela legenda do mapa que 
foi em Mato Grosso o maior número de municípios criados 
nesse período, e isso se deve à expansão da agropecuária no 
estado, com processo migratório de outras regiões/estados.
2.  A Constituição brasileira determina o número de sena-
dores a que tem direito cada unidade federativa. Dadas 
as diferenças no contingente populacional de cada 
estado, o número de eleitores por senador é desigual, 
de um estado para outro. Se a disposição sugerida pelo 
mapa fosse adotada, a proporção de eleitores por sena-
dor também passaria a ser equivalente.
(p. 241)
•   Resposta:  b. A Zona Franca de Manaus buscou atingir 
justamente os objetivos apontados no texto introdutório da 
questão, a partir da criação de uma superintendência: a 
Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus).
Capítulo 11
(p. 255)
•   Resposta:  b. De acordo com o gráfico, os estados do Nor-
deste têm índices acima da média brasileira.
(p. 270)
•   Resposta:  c. A ocupação mais efetiva da região, com estru-
turação da atividade agropecuária, obras de hidrelétricas 
e atividade mineradora, estimulou o processo migratório e 
provocou o aumento dos casos de malária na região.
274
Respostas de Enem e vestibulares
TS_V3_U4_FINAIS_272_280.indd   274
5/23/16   7:23 PM


A
Abecásia ................................................ 38 
Abu Bakr al-Baghdadi ...................... 67, 69
Abu Musab al-Zarqawi ........................... 67
Ação  afirmativa ...................................... 26
Acordo de Camp David .......................... 49
Acordo de Oslo ...................................... 50
Afrodescendente .... 20, 24, 25, 26, 27, 214
Agência de Proteção de Fronteiras 
(Frontex) .............................................. 195
Aglomerado  subnormal ........................ 118
Agreste ................................................ 251
Alto Comissariado das Nações Unidas para 
Refugiados (ACNUR) ........... 181, 185, 186
Amazônia ...... 23, 209, 235, 236, 238, 262, 
263, 264, 265, 266, 267, 269
Amazônia Continental .......................... 263
Amazônia  Legal .................................... 263
Apartheid ............................. 26, 75, 76, 77
Autoridade Nacional Palestina (ANP) ..... 50
B
Banco Nacional de Desenvolvimento Econô-
mico e Social (BNDES) ......................... 222
Bantustões ....................................... 76,  77
Biodiversidade ..... 260, 263, 265, 266, 267
Boko Haram .......................................... 69
Bolsa família ............... 165, 168, 172, 204, 
228, 247
Brasiguaios .................................. 206,  227
C
Caatinga ...................................... 229, 253
Capitalismo  comercial ............................ 16
Caxemira ......................................... 46, 47
Celso  Furtado ....................................... 247
Centro Industrial de Aratu .................... 249
Centro-Oeste ........................ 209, 234, 237
Centro-Sul ................... 235, 244, 256, 257, 
258, 259, 260
Cerrado  ............................... 229, 260, 261
Chechênia ........................... 37, 38, 66, 79
Cidadania .................... 84, 85, 86, 96, 151
Cidades globais .................. 95, 96, 97, 257
Ciência e Tecnologia (C&T)........... 224, 257
Cisjordânia ..................... 48, 49, 50, 51, 52
Cisterna ............................................... 253
Civilização ocidental ....... 15, 16, 17, 18, 21
Comissão Nacional da Verdade .............. 73
Complexo Intermodal Porto Sul ............ 246
Conflitos étnico-nacionalistas ..... 31, 32, 33,
 39, 46
Congresso Nacional Africano (CNA) ....... 76
Conselho de Segurança da ONU ........... 36, 
55, 226
Consumismo .................................. 17,  139
Crescimento demográfico .... 132, 133, 134, 
135, 137, 144, 153
Crise de refugiados .............. 185, 195, 196
Crise econômica de 2007/2008 ............ 181
D
Daguestão ........................................ 37,  38
Darwinismo  Social .................................. 14
Decasséguis ......................................... 206
Déficit habitacional ....................... 117, 125
Déficit  público ...................................... 173
Descolonização ........................ 43, 65, 202
Desigualdades regionais ............... 233, 234
Dinâmica  migratória ............................. 180
Diretriz de Dublin ................................. 196
Ditadura  Militar .................................... 264
Divisão Internacional do Trabalho 
(DIT) ............................................ 223,  224
E
Economia informal ....................... 159, 163
Empresa  multinacional ......................... 224
Energia eólica ...................................... 246
Escravidão .................... 20, 24, 25, 26, 28, 
56, 188
Escravidão contemporânea .................. 166
Estabilização demográfica .... 138, 141, 144
Estado Islâmico ............. 38, 53, 63, 66, 67, 
68, 69
Etnocentrismo ........................................ 13
Euskadi Ta Azkatasuna (ETA) ................. 39
Evolucionismo  Cultural ........................... 14
Exclusão  racial ....................................... 26
Exército de Libertação de Kosovo 
(ELK) ..................................................... 36
Exército Republicano Irlandês (IRA) ....... 40
Êxodo rural .......................... 101, 108, 210
Explosão demográfica .................. 136, 137
F
Faixa de Gaza ...................... 48, 49, 50, 51
Fernando Collor ................................... 222
Ferrovia  Oeste-Leste ............................. 246
Ferrovia  Transnordestina ...................... 246
Fluxos migratórios .................. 94, 180, 184
Fundamentalismo  Islâmico ..................... 62
G
Guerra da Bósnia ................................... 34
Guerra de Kosovo ................................... 36
Guerra de Suez ...................................... 49
Guerra do Yom Kippur ............................ 49
Guerra dos Seis Dias ........................ 49, 50
Guerra fiscal ........................................ 211
H
Hierarquia  urbana .................................. 95
Hutus ..................................................... 43
I
Iluminismo ............................................. 16
Imigração  ilegal .................................... 203
Impeachment ....................................... 222
Implosão  demográfica .......................... 141
Incentivos fiscais .................. 224, 233, 244
Incubadora .................................. 250,  258
Índice de Desenvolvimento Humano 
(IDH) ........................................... 175,  176
Indústria cultural ........................ 18, 32, 74
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia 
(Inpa) .................................................. 266
Intolerância ............... 11, 26, 66, 151, 214, 
218, 219
Itamar  Franco ...................................... 222
Iugoslávia ................... 33, 34, 36, 192, 194
J
Josef Stálin ............................................ 71
Josif Bros Tito ........................................ 33
Juscelino Kubitschek ............. 90, 233, 234
275
Índice Remissivo
TS_V3_U4_FINAIS_272_280.indd   275
5/23/16   7:23 PM


L
Lei de Cotas ................................. 201, 209
Leste Europeu .......... 32, 34, 191, 192, 194
Linha de pobreza ................................. 171
Lugar ..................................................... 84
M
Macrometrópole ........................... 113,  257
Macrorregiões .............................. 232,  233
Magreb ................................................ 192
Mapitoba ............................................. 251
Massacre de Soweto .............................. 76
Mata Atlântica .............................. 229, 260
Megacidades ............................. 92, 93, 94
Megalópoles ........................................... 99
Meio  técnico-científico-informacional ... 236, 
243, 256
Meio-Norte ................................... 251,  252
Metrópoles ................ 95, 96, 99, 102, 110, 
112, 113, 114
Metropolização ............................. 102,  108
Migração de retorno ..................... 203, 212
Migrações  econômicas ......................... 192
Migrações  políticas ............................... 192
Mobilidade populacional ...................... 214
Modernidade ....................... 15, 17, 18, 32
Movimentos separatistas ........... 32, 34, 37, 
40, 224
Mudanças climáticas ................... 187, 263
N
Nação .................................................... 20
Nacionalismo ........................... 31, 32, 194
Neonazista ........................................... 214
Nordeste  .... 209, 210, 212, 231, 233, 235,
 237, 243, 244, 246, 247, 248, 251, 254
Norte ........................... 212, 213, 233, 248
Nova  economia .................................... 160
O
Operação Lava Jato ...... 222, 226, 227, 228
Operação Mare Nostrum ...................... 195
Operação Triton ................................... 195
Organização Internacional do Trabalho 
(OIT) .................................................... 162
Organização para a Libertação da Palestina 
(OLP) ..................................................... 49
Osama Bin Laden ................ 63, 64, 66, 67
Ossétia do Sul ........................................ 38
P

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   350   351   352   353   354   355   356   357   ...   519


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal