Territorio e Sociedade3 pnld18 pr pontualOK. pdf


Página245/519
Encontro29.09.2021
Tamanho
1   ...   241   242   243   244   245   246   247   248   ...   519
CIDADE DO MÉXICO 
CIDADE DA GUATEMALA 
SAN SALVADOR 
Rio de Janeiro
São Paulo
Porto Alegre
BUENOS AIRES 
BUDAPESTE
Kavarna
Fez
RABAT 
Casablanca
ARGEL 
CIDADE DO CABO 
MOSCOU
Mardin
Alepo
CAIRO 
HARARE
Johanesburgo
NOVA
DÉLHI
Mumbai 
Calcutá
Guangzhou
BANGCOC 
KUALA LUMPUR 
SEUL 
TÓQUIO 
Shangai
Shenzhen
Hong Kong
Ho Chi Minh
CINGAPURA 
N
0
3.350 km
ACNUR
A Assembleia Geral da ONU criou, em 1950, o Alto Comissariado 
das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR). No ano seguinte, 1951, 
a Convenção de Genebra estabeleceu um acordo internacional sobre 
os refugiados, sob controle e supervisão do ACNUR: a Convenção 
Relativa ao Estatuto dos Refugiados. Ficou estabelecido que “são 
refugiados as pessoas que se encontram fora de seu país por causa 
de fundado temor de perseguição por motivos de raça, religião, 
nacionalidade, opinião política ou participação em grupos sociais, e 
que não possam (ou não queiram) voltar para casa”. Esse estatuto foi 
ampliado posteriormente e atualmente inclui, também, pessoas que 
fogem do seu país de origem em razão de conflitos armados, 
violência e violação massiva dos direitos humanos.
Fonte: Organização Internacional para 
as Migrações (OIM). Informe sobre las 
migraciones en el mundo Ð 2015. p. 43. 
Disponível em: .  
Acesso em: fev. 2016. 
S
On
IA
 v
Az
181
Capítulo 8  –  Povos em movimento 
TS_V3_U3_CAP08_179_199.indd   181
5/23/16   7:06 PM


MIgraçÕes InternacIonaIs
Os deslocamentos populacionais fazem parte da história da humanidade, tendo 
sido responsáveis pela formação dos diversos povos e dos próprios elementos culturais 
que os caracterizam. Os grupos étnicos existentes só podem ser entendidos a partir 
da análise desses deslocamentos, considerando-se os choques e as assimilações 
culturais dos povos ao longo da história. Com os deslocamentos populacionais, exten-
sas regiões da Terra foram sendo ocupadas e colonizadas. O continente americano 
é um bom exemplo desse processo. 
Atualmente, a migração está crescendo em abrangência, complexidade e impacto. 
Os migrantes internacionais e refugiados cruzam fronteiras entre os países em busca 
de oportunidades de estudo e ascensão profissional e por questões políticas e reli-
giosas. Observe a tabela a seguir.
Países com maior número de migrantes internacionais – 2015
País
número de imigrantes 
(em milhões)*
Percentual da população 
imigrante em relação ao 
total da população do país
EUA
46,6
14
Alemanha
12,0 
15
Federação Russa
11,6
8
Arábia Saudita
10,2
32
Emirados Árabes Unidos
8,1
88
Reino Unido
8,5
13
França
7,8
12
Canadá
7,8
22
Austrália
6,8
28
Espanha
5,8
13
* valores arredondados.
Fonte: ONU. International Migration Report, 2015. Disponível em: . Acesso em: mar. 2016.
Quase todas as grandes cidades do mundo têm comunidades de imigrantes, 
algumas numericamente significativas. São exemplos a grande concentração de 
turcos em Frankfurt e Berlim (Alemanha); de chineses em vancouver (Canadá); de 
argelinos em Paris (França); de indianos e paquistaneses em Londres (Inglaterra); e de 
hispânicos e povos de quase toda parte do mundo em diversas cidades dos Estados 
Unidos. Em termos proporcionais, dubai (Emirados Árabes Unidos) se destaca, em 
razão da grande demanda por mão de obra, oriunda de diversos países asiáticos, mas 
há também grandes percentuais em Bruxelas (Bélgica), Toronto (Canadá), Auckland 
(nova zelândia), Sydney (Austrália), Los Angeles (Estados Unidos), Cingapura (Cin-
gapura) e em outras cidades na Oceania, na América Anglo-Saxônica e na Europa. 
veja o gráfico (figura 3, na página seguinte).
Apesar de buscarem a melhoria de suas condições sociais nos países de des-
tino, a maioria desses imigrantes acaba recebendo baixa remuneração, e os que 
vivem em condição ilegal sofrem com a falta de assistência social, de acesso aos 
sistemas públicos de seguridade social, como saúde e previdência, de educação, 
de habitação, de transporte, entre outros. Isso leva à precarização de suas condi-
ções de vida e de trabalho, principalmente nas grandes cidades do mundo. Ainda 
assim, de maneira geral, têm melhores perspectivas em outros países do que em 
seus países de origem.
Hispânico
Refere-se a imigrante oriundo 
de país da América de língua 
espanhola.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   241   242   243   244   245   246   247   248   ...   519


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal