Tema: insufinciência renal


TEMA: INSUFINCIÊNCIA RENAL



Baixar 282.75 Kb.
Pdf preview
Página5/8
Encontro11.02.2022
Tamanho282.75 Kb.
#21577
1   2   3   4   5   6   7   8
O que é insuficiência renal - Estudo Completo
TEMA: INSUFINCIÊNCIA RENAL 

 

ml/minuto (valores normais: homens > 90 ml/minuto; mulheres > 80 ml/minuto). 



Também se podem utilizar fórmulas para calcular a depuração de creatinina 

evitando a recolha de urina de 24 horas que frequentemente não é efetuada de 

forma correta ou não é exequível; 

 



Os sinais e sintomas de doença renal crónica devem conduzir a uma avaliação da 

função renal (creatinina e ureia séricas, bem como a depuração de creatinina com 

recurso a fórmulas matemáticas ou com recolha da urina de 24 horas como já se 

descreveu); 

 

Valores elevados de potássio sérico não são indispensáveis ao diagnóstico; 



 

Outras alterações analíticas comuns da doença renal crónica em estádios 



avançados (3 a 5) são a anemia, acidose metabólica, baixa do cálcio sérico e 

elevação da paratormona; 

 

A análise sumária de urina pode revelar albuminúria e o sedimento urinário pode 



apresentar alterações como hematúria e cilindros eritrocitários; 

 



A ecografia renal é o exame indicado para avaliação imagiológica inicial na 

suspeita de doença renal crónica. Pode revelar diminuição de tamanho dos rins

embora na diabetes mellitus essa alteração possa não existir mesmo em estádios 

avançados de IRC. Outra alteração ecográfica típica da doença renal crónica é a 

diminuição de diferenciação entre o córtex e a medula renal. Surgindo múltiplos 

quistos renais bilaterais podemos estar em presença de uma doença poliquística. 

A referenciação precoce do paciente com insuficiência renal crónica às consultas de 

nefrologia tem-se repercutido numa melhoria do seu seguimento, com implicações no 

atraso da sua progressão bem como na terapêutica adequada das diversas complicações 

da insuficiência renal crónica. 

Complicações da insuficiência renal 

As complicações da insuficiência renal são variadas, desde alterações hídricas e 

electrolíticas como a elevação do potássio sérico, acidose metabólica, hiper-hidratação 

(edemas, hipertensão arterial, congestão pulmonar), hipocalcemia e hiperfosfatemia. 

Outros sinais e sintomas da insuficiência renal já foram previamente descritos, como 

sejam: anorexia, náuseas, vómitos e astenia. Estas alterações têm como consequência a 

desnutrição do doente insuficiente renal, com frequência. 

A doença óssea metabólica associada a insuficiência renal crónica é frequente e 

manifesta-se por alterações do metabolismo do fósforo e do cálcio mas também por 

alterações estruturais dos ossos e das artérias, com destaque para a osteodistrofia e a 

calcificação das artérias coronárias, respetivamente. 




Baixar 282.75 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal