Tecnologias digitais no processo de ensino-aprendizagem



Baixar 1.1 Mb.
Página1/3
Encontro24.06.2021
Tamanho1.1 Mb.
  1   2   3

TECNOLOGIAS DIGITAIS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM

As sequências didáticas (SDs) propostas neste trabalho foram desenvolvidas durante o Curso de Especialização em Tecnologias Digitais e Educação 3.0, ofertado pelo Centro Pedagógico da Universidade Federal de Minas Gerais, em que foram apresentadas inovações metodológicas, como ferramentas e aplicativos para que o processo de ensino-aprendizagem contemple a atual geração digital.

Durante o curso, os conteúdos foram estudados no ambiente virtual de aprendizagem, Moodle, e algumas atividades eram realizadas nos encontros presenciais. A introdução do conceito de Educação 3.0 aliada ao aprendizado do termo Netiqueta, do trabalho colaborativo no espaço Wiki, do aplicativo TimeToast que auxilia na produção de uma linha do tempo, dos aplicativos para construção de histórias em quadrinhos, Toondoo, Pixton e HagáQuê, e de infográficos como o Canva e o Venngage, ampliaram o conhecimento dos profissionais da educação integrantes da pós-graduação. Compreendeu-se que os aplicativos Prezi e Powtoon juntamente com as redes sociais como Twitter, Facebook, Instagram e Whatsapp, também são recursos digitais com possibilidades pedagógicas para o processo de ensino-aprendizagem.

A SD “Crônicas em Quadrinhos” disponibiliza atividades para o 8º ano do ensino fundamental, produzidas a partir do gênero textual crônica e que propõe a adaptação do texto para o gênero textual história em quadrinhos (HQ), utilizando a ferramenta Toondoo.

Ao aplicar essa SD nas turmas do 9º ano, percebi a necessidade de reformular o conteúdo, o objetivo e o número de aulas propostos pelo trabalho. Durante a aplicação, diversos alunos externaram algumas dificuldades: criação de email,

manipulação do computador e da ferramenta e a aplicação das regras básicas da Língua Portuguesa nos textos dos quadrinhos (início de frase com letra maiúscula, pontuação, uso do vocativo, coerência textual, ortografia e acentuação gráfica). Também houve alguns contratempos como o uso da sala de informática dificultado pela falta de horário disponível para o ensino regular e ferramenta digital fora do ar, ocasionando a substituição pela ferramenta Pixton.

O “Jogo Ortográfico” é uma SD que utiliza o objeto de aprendizagem Forca para desenvolver a ortografia dos alunos que cursam o 6º ano do ensino fundamental. A atividade consiste em uma competição entre grupos de alunos, cujo objetivo é ampliar o vocabulário e escrever de maneira correta palavras que, na grafia, apresentam as letras S, SS, C e Ç, além de fortalecer a interação dos discentes em sala de aula.

A SD intitulada “Contos de terror em sala de aula: apresentação no Prezi” aposta no tema terror para alunos do 9º ano do ensino fundamental. A temática desperta o fascínio do público devido à miscelânea de emoções: pavor, medo, susto, surpresa, tensão e suspense, que são afloradas ao longo da narrativa visual, que

aliadas aos efeitos especiais e às músicas adequadas entretém o aluno durante a sua exibição. O gênero textual escolhido é o conto de terror, escrito por autores consagrados da literatura universal, cujo papel é inspirar a criação de novas histórias de terror que serão apresentadas pelo aplicativo Prezi.

“Alimento, nutrição e leitura de rótulos” é a SD que contempla alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e que utiliza vídeos retirados da rede social YouTube como recurso para o processo de ensino-aprendizagem. A intenção é levar o aluno a compreender as informações presentes nos rótulos dos alimentos






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal