South Park e o Cristianismo: relações inter e hipertextuais. Scarabelot, Leandro 1 Resumo



Baixar 43.39 Kb.
Página6/6
Encontro08.10.2019
Tamanho43.39 Kb.
1   2   3   4   5   6
BIBIOGRAFIA
ARISTÓFANES. As nuvens. Tradução e notas de Gilda Maria Reale Starzynski. São Paulo: Nova Cultural, 1987. Disponível em: << https://historiagam.files.wordpress.com/2012/08/as-nuvens-aristc3b3fanes1.pdf >> Último acesso em: 13 de maio 2017.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco ; Poética / Aristóteles ; seleção de textos de José Américo Motta Pessanha. — 4. ed. — São Paulo : Nova Cultural, 1991. — (Os pensadores ; v. 2)

ARP, Robert (org.). South Park e a Filosofia. Trad. Bianca Barsotti Cassina. São Paulo: Madras Editora, 2007. 256 p
ASSIS, Machado de. Esaú e Jacó. 5. ed. São Paulo: Martin Claret, 2012. 242 p. (Coleção obra-prima de cada autor ; 77).

BÍBLIA. Português. Bíblia de Jerusalém. Ed. rev. e ampl. 7. reimpressão. São Paulo: Paulus, 2011.

CAMÕES, Luís de. Os lusíadas. 2. ed. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1986. 427p.

CARVALHO, Wandercy de. A Sátira Menipéia no Contexto da Revolução de Abril: Alexandra Alpha, de José Cardoso Pires/ Wandercy de Carvalho. - Rio de Janeiro: UFRJ/ FL, 2008. Disponível em: << http://www.letras.ufrj.br/posverna/mestrado/CarvalhoW.pdf >> Último acesso em: 13 de maio 2017.

FRYE, Northrop. O código dos códigos: a bíblia e a literatura. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2006. 293p.

GENETTE, Gerard. Palismpsestos: La literatura en segundo grado. Traducción de Celia Fernández Prieto. Madrid: Taurus, 1989. 519p.

________________. Palimpsestes: la litterature au second degré. Paris: Edition Du Seuil, 1982. Textos Extratos traduzidos por: Cibele Braga; Erika Viviane Costa Vieira; Luciene Guimarães; Maria Antônia Ramos Coutinho; Mariane Mendes Arruda; Miriam Vieira. Belo Horizonte: Edições VIVA VOZ, 2010.

GRUDA, Mateus Pranzetti Paul. O discurso politicamente incorreto e do escracho em South Park. 2011. 127 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2011. Disponível em: << http://hdl.handle.net/11449/97548 >> Último acesso em: 13 de maio 2017.

HART, Melissa. South Park in the tradition of Chaucer and Shakespeare. Chronicle of Higher Education apud BAILEY, Aaron J. High Culture Work, Low Brow Humor: A bakhtinian analysis of the pedagogical potential of South Park in post-secondary english literature classes. A Project Presented to The Faculty of Humboldt State University in Partial Fulfillment of the Requirements of Degree Master of Arts in English: Literature. May, 2013. Disponível em: << http://humboldt-dspace.calstate.edu/bitstream/handle/2148/1463/Bailey_Aaron_J%20Sp2013%20final.pdf?sequence=1 >> Último acesso em: 13 de maio 2017.

HOMERO. Odisséia. Tradução de Manoel Odorico Mendes. Prefácio de Silveira Bueno. Fonte digital. Digitalização da 3ª ed. Biblioteca clássica sob a direção de G. D. Leoni e Paulo R. Teixeira. São Paulo: Atena Editora, 2009, 267p. Disponível em: << http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/odisseiap.pdf >> Último acesso em: 13 de maio 2017.

HUTCHEON, L. Ironía, sátira paródia: Una aproximación pragmática a la ironía. In: Poétique, Ed. du Seuil, Paris, febrero de 1981, nº 45. Traducción de Pilar Hernandez Cobos. Disponível em: << https://tallerletras.files.wordpress.com/2013/02/ironc3ada-sc3a1tira-y-parodia.pdf >> Último acesso em: 13 de maio 2017.

MINOIS, G. História do riso e do escárnio. George Minois; tradução Maria Elena O. Ortiz Assumpção. - São Paulo: Editora UNESP, 2003.

MUECKE, D. C. Ironia e irônico. Trad. Geraldo Gerson de Souza. São Paulo: Perspectiva, 1995. (Debates, n. 250)
OLIVEIRA, Salma Ferraz de Azevedo de. Paródias da santa ceia. In: OLIVEIRA, Salma Ferraz de Azevedo de (Org.). Pólen do Divino: textos de teologia e literatura. Blumenau: EDIFURB, 2011. 224 p.

PIERI, Leandro H. S. C. South Park e o Cristianismo: a paixão de Cristo vs. a paixão do judeu. In: MARANHÃO Fº, Eduardo Meinberg de Albuquerque; SÁEZ, Oscar C. (Orgs.). Anais do II Simpósio Sul da ABHR/ XV Simpósio Nacional da ABHR/ II Simpósio Internacional da ABHR. História, Gênero e Religião: Violências e Direitos Humanos. Florianópolis, ABHR, 2016. Disponível em: << http://www.simposio.abhr.org.br/resources/anais/6/1473867136_ARQUIVO_SouthParkeocristianismo(final).pdf >>. Último acesso em: 14 mai. 2017.

PROPP, V. IA. (Vladímir Iákovlevich). Comicidade e riso. São Paulo: Atica, 1992. 215p. (Fundamentos; 84)

SOUTH PARK. Roteiro do episódio. Disponível em: << http://southpark.wikia.com/wiki/Margaritaville/Script >> Último acesso: 13 de maio 2017.



VERGILIUS MARO, Publius. Eneida. Trad. de Carlos Alberto Nunes. Brasília, Editora Universidade de Brasília; São Paulo, A Montanha Edições, 1983. 280 p. Disponível em: << https://pt.scribd.com/doc/77189073/Eneida-Carlos-Alberto-Nunes-a#download >> Último acesso em: 13 de maio 2017.


1 Mestrando do Programa de Pós-graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e bacharel em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas Vernáculas pela UFSC.

2 Prêmio para os melhores da televisão.

3 Existem diversos episódios em que estas religiões são abordadas, mas apenas para mencionar alguns podemos apontar, respectivamente, os episódios Jewbilee (T.3 Ep. 9), All about Mormon (T. 7 Ep. 12), Trapped in a Closet (T. 9 Ep. 12), Super Best Friends (T. 5 Ep. 3).

4 Até porque, conforme mencionamos mais adiante, nem sempre a série se apropria da tradição cristã para satirizá-la, podendo também parodiá-la para ilustrar sua posição, satirizando não a religião e seus devotos, mas os fundamentalismos que podem ser ocasionados por alguns de seus adeptos. Neste sentido podemos mencionar o episódio The Passion of the Jew (A paixão do Judeu - T. 8 Ep. 3), o qual foi objeto de nossa análise em outra ocasião. A esse respeito cf. o texto denominado South Park e o Cristianismo: a paixão de Cristo vs. a paixão do judeu. publicado nos anais do II Simpósio Sul da ABHR/ XV Simpósio Nacional da ABHR/ II Simpósio Internacional da ABHR. Disponível em: << http://www.simposio.abhr.org.br/resources/anais/6/1473867136_ARQUIVO_SouthParkeocristianismo(final).pdf >>. Último acesso em: 14 mai. 2017.

5 CURTIS & ERION in ARP (org.), 2007, p. 115

6 Mencionamos este aspecto pois há um grande embate em torno daquilo que Adorno chamou de Indústria Cultural.

7 Entre aspas pois não nos referimos à teoria estética alguma, mas ao grau de “beleza” ou “feiúra” do desenho.

8 De acordo com seu Lattes.

9 GRUDA, 2011, p. 44 — grifo nosso.

10 GRUDA, 2011, p. 45.

11 PROPP, 1992, p. 46.

12 As várias aspas são utilizadas de maneira proposital.

13 MINOIS, 2003, p. 38.

14 MINOIS, 2003, p. 39 — grifo nosso.

15 É válido lembrar que existe um artigo escrito por Melissa Hart (2002) que vai nesse mesmo sentido, chamado “South Park” in the tradition of Chaucer and Shakespeare, no qual a autora diz mais ou menos assim: “Eu gostaria de lembrá-los que em 1387, Chaucer fez seus leitores rirem com sua representação de personagens flatulentos nos Cantos de Cantuária [Canterbury Tales]. E, 213 anos depois, Shakespeare deleitou plateias com Beatriz e Benedito [personagens de Muito Barulho por Nada] , parceiros de língua ácida [caustic-tongued partners] cujos insultos poderiam dar aos garotos de South Park um filão de ouro [a run for their money]. Desde o início da comédia, intelectuais tem dado um passo abaixo de suas altas classes para revelar um humor de ‘baixo calão’ [inculto - lowbrow humor].” (HART, 2002, apud BAILEY, 2013, p. 28 - tradução nossa - nossos acréscimos e expressões do original estão entre colchetes )

16 Talvez aqui seja possível pensar no conceito de enciclopédia trabalhado por Umberto Eco.

17 FRYE, 2006, p. 20 — grifo nosso.

18 MUECKE, 1995, p. 79.

19 MINOIS, 2003, p. 40.

20 CARVALHO, 2008, p. 46.

21 Trabalhamos com as versões tanto em espanhol (1989) quanto em português (2010), pois apenas a primeira possui a tradução do texto integral, embora tenhamos dado preferência ao uso da tradução em português.

22 GENETTE, 2010 [1982], p. 13.

23 Ibidem, p. 18.

24 Idem, ibidem.

25 Tradução nossa. Grifo nosso. Fonte: << http://southpark.wikia.com/wiki/Margaritaville/Script >> Último acesso: 13 de maio 2017.

26 Tradução nossa. Fonte: << http://southpark.wikia.com/wiki/Margaritaville/Script >> Último acesso: 13 de maio 2017.

27 Embora a semelhança com o Sermão da Montanha do evangelista Mateus não seja textual, ela é corroborada pelo plano visual.

28 Tradução nossa. Fonte: << http://southpark.wikia.com/wiki/Margaritaville/Script >> Último acesso: 13 de maio 2017.

Catálogo: files -> journals
journals -> Fabrizia Borges Duarte
journals -> Beleza pura: uma abordagem histórica e socioantropológica das representaçÕes do corpo e beleza no brasil
journals -> Clariane Ramos Lôbo- nutricionista pela Universidade Paulista (2012)
journals -> Ensinar e aprender na Educação a Distância: um estudo exploratório na perspectiva das práticas tutoriais Resumo
journals -> Rosa: as representações de Gênero na composição de Pixinguinha1
journals -> Cabral, Elisandra Barbosa.² Resumo
journals -> A construção da narrativa transmídia: Apropriação de contos de fadas na série televisiva Once Upon a Time
journals -> AvaliaçÃo do falso-açafrão na qualidade de sementes de milho zea Mays L
journals -> A caracterização do faraó em seus discursos diretos conforme Ex 17-18


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal