Secretaria de estado de defesa civil corpo de bombeiros militar do estado do rio de janeiro



Baixar 0.9 Mb.
Pdf preview
Página53/112
Encontro04.08.2021
Tamanho0.9 Mb.
1   ...   49   50   51   52   53   54   55   56   ...   112
1º Ten. BM Temp. Médico Fisiatra

Anatomia funcional. O membro superior: escápula alada. Patologia do

manguito rotador. Luxação acrômio clavicular. Luxação glenoumeral.

Lesão do nervo interósseo anterior. Dor no cotovelo em atleta de ar-

remesso. Neuropatia ulnar. Síndrome do túnel do carpo. Dor no pu-

nho. O membro inferior: impacto femoroacetabular, dor lateral do qua-

dril e na nádega, síndrome patelofemoral, lesão no joelho interno, le-

sões aos isquiotibiais, entorse de tornozelo. Doenças vasculares: fe-

ridas diabéticas, doença arterial periférica, doença de Buerger, linfe-

dema, tromboflebite superficial, trombovenosa profunda, insuficiência

venosa crônica, síndrome de Raynaud. Cinesiologia: Bases da cine-

siologia. Mecanismo funcional. Cinesiologia das articulações: do om-

bro, do cotovelo, do punho e da mão, do quadril, do joelho. Imobi-

lidade e inatividade. Consequências: musculoesqueléticas, cardiovas-

culares, gastrointestinais, renais e genito-urinárias, pulmonares, úlce-

ras de pressão, ossificação heterotópica. Espasticidade. Intestino e

bexiga neurogênicos. Modalidades terapêuticas: terapia de calor pro-

fundo, eletroterapia, fonoforese, laser de baixa intensidade, tração,

massagem. Exercícios terapêuticos. Farmacoterapia da espasticidade,

lesão cerebral traumática, dor. Análise da marcha. Lesão na medula

espinhal. Trauma crânio encefálico. Reabilitação de AVC. Esclerose

múltipla. Eletromiografgia. Neupatias. Miopatias. Neurorreabilitação.

Reabilitação pediátrica: paralisia cerebral, espinha bífida, distrofias

musculares, paralisia obstétrica do plexo braquial, torcicolo muscular

congênito, lesão cerebral. Manejo intervencionista de dor. Reabilitação

de distúrbios reumatológicos. Reabilitação cardíaca, pulmonar, de

queimaduras. Amputação de membros superiores e inferiores, reabi-

litação e protetização. Orteses. Reabilitação nos esportes. Reabilitação

de condições musculoesqueléticas comuns. Reabilitação da coluna.

Reabilitação do politrauma. Prótese total: do quadril, do joelho, do om-

bro, de punho, de tornozelo. Medicina do trabalho: lesões por movi-

mentos repetitivos. Avaliação da deficiência. Funcionalidade: deficiên-

cia, incapacidade e impedimento. Reabilitação de câncer. Emergências

médicas em medicina de reabilitação. Reabilitação cognitiva, da fala,

da linguagem e de distúrbios de deglutição. Infiltrações e procedimen-

tos articulares. Cadeiras de rodas e dispositivos de assistência. Ben-

galas. Muletas. Andadores. Reabilitação clínica.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   49   50   51   52   53   54   55   56   ...   112


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal