Secretaria de estado de defesa civil corpo de bombeiros militar do estado do rio de janeiro


Á    



Baixar 0.9 Mb.
Pdf preview
Página20/112
Encontro04.08.2021
Tamanho0.9 Mb.
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   112
Á

  





         

    



     





         

automaticamente, única e exclusivamente nesta situação, em grau de

recurso, a uma segunda e última tentativa, no período informado no

Cronograma Previsto, disponível em Publicações.

13.11.1.1.1 - O candidato impedido de realizar o TAF segundo os cri-

térios estabelecidos no subitem 13.10.1 e 13.22 deste Edital, assim

como aquele que não comparecer para a realização do TAF, não terá

direito a uma segunda e última tentativa, sendo considerado eliminado

do certame.

13.11.1.1.2 - Na segunda e última tentativa o candidato deverá rea-

lizar apenas os testes nos quais foi considerado INAPTO.

13.12 - O candidato será considerado APTO no TAF caso seja con-

siderado APTO em todos os testes.

13.13 - Não será permitido o auxílio mútuo entre os candidatos du-

rante a realização dos testes, sendo considerados eliminados do con-

curso aqueles que o fizerem.

13.14 - As candidatas que estiverem grávidas na data do TAF deve-

rão estar munidas de atestado médico que permita a realização do

teste, devidamente assinado e carimbado com CRM do Médico da es-

pecialidade correspondente ao seu estado.

13.14.1 - À candidata que, no dia da realização do Exame, comprove

seu estado de gravidez, será facultada nova data para a realização

do teste, após 120 dias a contar da data do parto ou do fim do pe-

ríodo gestacional, de acordo com a conveniência da Administração.

Para tanto, a candidata deverá comparecer na data, no local e no ho-

rário de realização do Exame munida de atestado médico no qual de-

verá constar, expressamente, o estado de gravidez e o período ges-

tacional em que se encontra, bem como a data, a assinatura, o ca-

rimbo e o CRM do profissional que o emitiu.

13.15 - A critério da FUNRIO, o TAF será realizado independentemen-

te das condições meteorológicas.

13.16 - Os casos de alteração psicológica ou fisiológica temporária

(estados menstruais, indisposições, cãibras, contusões, luxações, fra-

turas etc.), que impossibilitem a realização do teste ou diminuam a

capacidade física dos candidatos, não serão levados em considera-

ção, não sendo permitido nenhum tratamento privilegiado.

13.17 - O resultado de cada teste será registrado pelo examinador na

Ficha de Avaliação do candidato.

13.18 - Todos os testes serão filmados e gravados.

13.19 - Não caberá à FUNRIO ou ao CBMERJ responsabilidade por

eventuais enfermidades e/ou lesões que possam acometer o candida-

to no decorrer dos testes, sob qualquer circunstância.

13.20 - Testes do TAF

13.20.1 - Prova de corrida de Meio Fundo (2.400m) - para todos os

candidatos

13.20.1.1 - O teste será realizado em uma pista de atletismo (400m)

eu em um local plano e sem obstáculos previamente demarcados.

13.20.1.2 - O teste será filmado (largada, percurso e chegada), du-

rante o período estipulado para a prova.

13.20.1.3 - O candidato deverá percorrer a distância de 2.400 (dois

mil e quatrocentos) metros dentro do tempo de 12 (doze) minutos.

13.20.1.4 - Em nenhum momento o candidato poderá se ausentar do

local da corrida, a não ser que seja autorizado pelo fiscal de voltas.

13.20.1.5 - Durante o teste físico, o candidato estará autorizado a cor-

rer, caminhar e parar.

13.20.1.6 - O candidato, durante toda a prova, deverá manter em lo-

cal visível a sua placa de identificação, que será fornecida pela FUN-

RIO, no início do TAF.

13.20.1.7 - O candidato receberá um chip de monitoramento, o qual

deverá ser fixado no tênis, para que seja cronometrado o tempo real

de cada candidato na prova.

13.20.1.8 - O candidato, durante a realização do teste físico, não po-

derá sentar-se, deitar-se, rolar, engatinhar, ou realizar qualquer movi-

mento corporal que descaracterize o objetivo do teste físico (avaliar a

capacidade cardiorrespiratória).

13.20.1.9 - Para o início do teste físico, os candidatos deverão estar

posicionados atrás da linha de partida, quando então haverá as pa-

lavras de ordem “atenção, candidatos” e “prepara”, seguidas de um

sinal sonoro, quando todos deverão iniciar seu teste.

13.20.1.10 - O término do teste ocorrerá quando o candidato ultra-

passar o tronco na linha de chegada, após ter percorrida a distância

de 2.400 (dois mil e quatrocentos) metros, ou excedido o tempo limite

para a prova.

13.20.1.11 - O candidato não poderá receber qualquer tipo de ajuda

durante o teste físico.

13.20.1.12 - O candidato deverá se apresentar trajando short (ou

qualquer outro tipo de vestimenta que lhe permita realizar a prova),

camiseta, meia e tênis, não sendo autorizada a utilização de sapatilha

com pregas.

13.20.1.13 - O candidato poderá ainda utilizar boné e dilatador nasal,

assim como transportar garrafa com líquido de sua preferência, desde

que não a jogue no local de realização do teste físico.

13.20.1.14 - O candidato não está autorizado a utilizar fone de ouvido

durante a realização da prova.

13.20.1.15 - Será considerado INAPTO na Prova de corrida de Meio

Fundo (2.400m) o candidato que não completar o percurso em até 12

(doze) minutos.

13.20.2 - Prova de Flexão e Extensão de membros superiores com

apoio de frente sobre o solo - para os candidatos às vagas de Ofi-

ciais Temporários Voluntários (OTV), todas as vagas iniciadas com “1º

Ten. BM Temp.”

13.20.2.1 - O candidato, durante toda a prova, deverá manter em lo-

cal visível a sua placa de identificação, que será fornecida pela FUN-

RIO, no início do TAF.

13.20.2.2 - O teste será filmado durante o período em que o can-

didato estiver realizando a prova.

13.20.2.3 - Será exigido que cada candidato realize 30 (trinta) repe-

tições, no tempo de 2 (dois) minutos.

13.20.2.4 - Execução do exercício para candidatas sexo feminino:

a) A prova será feita em 6 apoios (mãos, joelhos e pés), os braços

na largura dos ombros e estendidos, palmas das mãos voltadas para

a frente.

b) O início do teste se dará com os braços estendidos.

c) A finalização se dará quando os braços atingirem um ângulo de

90º com os antebraços voltando à posição inicial.

13.20.2.5 - Execução do exercício para candidatos do sexo mascu-

lino:


a) A prova será feita em 4 apoios (mãos e pés), o corpo na hori-

zontal, os braços na largura dos ombros, palmas das mãos voltadas

para a frente ou punhos fechados apoiados no solo.

b) O início do teste se dará com os braços estendidos.

c) A finalização se dará quando os braços atingirem um ângulo de

90º com os antebraços voltando à posição inicial.

13.20.2.6 - O candidato poderá ficar em posição estática durante a

execução, com os braços estendidos.

13.20.2.7 - Não será permitida ao candidato a utilização de qualquer

material nas mãos, bem como auxílio do corpo, que não sejam os

braços, para promover o exercício, sendo vedado ao candidato exe-

cutar qualquer outro tipo de movimento durante a realização da pro-

va.

13.20.2.8 - Estará considerado INAPTO na Prova de Flexão e Exten-



são de membros superiores com apoio de frente sobre o soloo can-

didato que:

a) não executar o exercício conforme especificado acima.

b) por qualquer motivo vier efetuar qualquer outro movimento, que

não sejam os especificados acima.

13.20.3 - Prova Barra Fixa (Flexão e Extensão MMSS) - Para os can-

didatos às vagas de Praças Temporárias Voluntárias (PTV), todos as

vagas iniciadas com “Soldado BM Tempor. ........”.

13.20.3.1 - Especificações: barra fixa, cilíndrica, com diâmetro mínimo

de 3 (três) centímetros e máximo de 3,5 (três virgula cinco) centíme-

tros, com distância mínima entre os postes de fixação da barra de-

verá ser de 1,10 (um virgula dez) metro.

13.20.3.2 - O candidato, durante toda a prova, deverá manter em lo-

cal visível a sua placa de identificação, que será fornecida pela FUN-

RIO, no início do TAF.

13.20.3.3 - O teste será filmado durante o período em que o can-

didato estiver realizando a prova.

13.20.3.4 - Execução do exercício: na posição inicial, a barra deve ser

segura com as mãos em pronação (palma das mãos para frente).

Partindo da posição com os braços esticados e posicionados na lar-

gura dos ombros. Promover a tração, flexionando os braços, fazendo

com que o queixo ultrapasse a barra, retornado à posição inicial, re-

petindo o movimento por 3 (três) vezes consecutivas para homens e

2 (duas) vezes consecutivas para mulheres, podendo encostar os pés

no solo apenas após a finalização completa de todas as repetições do

exercício.

13.20.3.5 - Não será permitida ao candidato a utilização de qualquer

material nas mãos, bem como auxílio do corpo, que não sejam os

braços, para promover a tração, sendo vedado ao candidato executar

flexão de quadril durante a realização da prova.

13.20.3.6 - Caso o candidato, após efetuar a pegada na barra fixa,

encoste os pés no chão, deverá flexionar as articulações do joelho,

de modo que os pés não toquem no solo.

13.20.3.7 - Será considerado INAPTO na Prova Barra Fixa (Flexão e

Extensão MMSS)o candidato que:

a) não executar a completa extensão dos membros superiores, após a

contração, durante a execução de exercício.

b) não ultrapassar o queixo, transpassando a linha da barra fixa, du-

rante a realização das fases de contração.

c) por qualquer motivo vier a soltar uma ou ambas as mãos da barra

fixa, antes de ter terminado toda a execução da prova.

d) por qualquer motivo tocar um dos pés ou ambos no solo

e) não tenha atingido o índice mínimo solicitado.

13.20.3.8 - Tempo da prova: não há tempo estipulado para execução

da prova.

13.20.4 - Prova de abdominal (30 repetições) - para todos os can-

didatos

13.20.4.1 - O candidato, durante toda a prova, deverá manter em lo-

cal visível a sua placa de identificação, que será fornecida pela FUN-

RIO, no início do TAF.

13.20.4.2 - O teste será filmado durante o período em que o can-

didato estiver realizando a prova.

13.20.4.3 - Posição inicial: o candidato deverá estar deitado na po-

sição decúbito dorsal (costas em contato com o colchonete), as per-

nas deverão estar flexionadas e apoiadas por um fiscal, e os pés

apoiados no solo. As pontas dos dedos (indicador, médio e anular)

das mãos deverão estar fixas às têmporas.

13.20.4.4 - O início do teste: haverá as palavras de ordem “atenção,

candidatos” e “prepara”, seguidas de um sinal sonoro, quando todos

poderão iniciar o teste.

13.20.4.5 - Execução do teste: o candidato deverá manter durante to-

do o teste as pontas dos dedos (indicador, médio e anular) das mãos

fixados às têmporas; ao realizar a flexão do tronco a frente, o co-

tovelo deverá tocar os joelhos, devendo o candidato logo após retor-

nar para a posição inicial, quando será contabilizado o movimento cor-

reto.


13.20.4.6 - Término do teste: ao ser atingido o tempo de 1 (um) mi-

nuto, o fiscal acionará um aviso sonoro, anunciando o término do

exercício.

13.20.4.7 - O candidato não poderá receber qualquer tipo de ajuda

física durante o teste físico.

13.20.4.8 - O candidato deverá se apresentar trajando short (ou qual-

quer outro tipo de vestimenta que lhe permita realizar a prova), ca-

miseta, meia e tênis.

13.20.4.9 - O candidato não estará autorizado a utilizar fone de ou-

vido durante a realização da prova.

13.20.4.10 - Será considerado INAPTO na Prova de abdominal (30 re-

petições) o candidato que não realizar as 30 repetições no tempo es-

tipulado.

13.20.5 - Prova de natação (50 metros) - para todas os candidatos.

13.20.5.1 - O candidato, no início da prova, deverá manter em local

visível a sua placa de identificação, que será fornecida pela FUNRIO,

no início do TAF.

13.20.5.2 - O teste será filmado durante o período em que o can-

didato estiver realizando a prova.

13.20.5.3 - O teste será realizado em uma piscina raiada de 25 (vinte

e cinco) ou de 50 (cinquenta) metros, desde que aplicado em piscina

da mesma dimensão para todos os candidatos.

13.20.5.4 - Será autorizado ao candidato utilizar qualquer estilo para a

realização do teste.

13.20.5.5 - O candidato não poderá utilizar qualquer equipamento que

o favoreça durante o teste (nadadeiras, palmar, roupas especiais e si-

milares)

13.20.5.6 - Posição inicial: a partida será de dentro da água, onde o

candidato deverá manter o contato de uma das mãos com a borda da

piscina, aguardando o comando para o início do teste físico.

13.20.5.7 - Os candidatos poderão realizar qualquer estilo de virada,

devendo tocar com qualquer parte do corpo na parede da virada.

13.20.5.8 - Os candidatos, durante a realização da prova, não pode-

rão agarrar-se nas bordas, nos separadores de raias flutuantes, nem

apoiar e/ou impulsionar os pés no fundo da piscina.

13.20.5.9 - Início do teste: : haverá as palavras de ordem “atenção,

candidatos” e “às suas marcas”, seguidas de um sinal sonoro, quando

todos poderão iniciar o teste.

13.20.5.10 - Término do teste: quando o candidato tocar na parede

interna da piscina, após ter nadado a distância de 50 (cinquenta) me-

tros.

13.20.5.11 - O candidato não poderá receber qualquer tipo de ajuda



física para completar o percurso.

13.20.5.12 - O candidato deverá se apresentar trajando calção de ba-

nho (masculino: sunga ou equivalente; feminino: maiô) e chinelo de

dedo para o teste físico. Caso desejarem, poderão ainda utilizar os

seguintes equipamentos: touca, óculos, protetor auricular e clipes na-

sais.


13.20.5.13 - Sistema de cronometragem: um cronômetro oficial mar-

cará o tempo da prova, que perfaráde65 (sessenta e cinco) segun-

dos.

13.20.5.14 - Será considerado INAPTO na Prova de natação (50 me-



tros) o candidato que não realizar a prova no tempo estipulado.

13.20.6 - Prova de subida em corda lisa (4m para homens e 3m para

mulheres) - para todas os candidatos.

13.20.6.1 - O candidato, no início da prova, deverá manter em local

visível a sua placa de identificação, que será fornecida pela FUNRIO,

no início do TAF.

13.20.6.2 - O teste será filmado durante o período em que o can-

didato estiver realizando a prova.

13.20.6.3 - O candidato deverá subir em uma corda lisa suspensa

verticalmente, até o limite de 4 (quatro) metros, para os candidatos do

sexo masculino, e até o limite de 3 (três) metros, para as candidatas

do sexo feminino.

13.20.6.4 - Para a realização da prova o candidato poderá utilizar os

membros inferiores.

13.20.6.5 - Início do teste: haverá as palavras de ordem “atenção,

candidatos” e “às suas marcas”, seguidas de um sinal sonoro, quando

todos poderão iniciar o teste.

13.20.6.6 - O candidato deverá iniciar o exercício na posição em pé,

sem saltar.

13.20.6.7 - O candidato, nessa prova, terá apenas uma chance de

realizar o exercício.

13.20.6.8 - Não será permitida ao candidato a utilização de qualquer

material nas mãos, ou qualquer ajuda externa, que o auxilie a realizar

a prova.


13.20.6.9 - Será considerado INAPTO na Prova de subida em corda

lisa (4m para homens e 3m para mulheres) o candidato que não con-

seguir realizar a prova.

13.21 - A divulgação do “Resultado Final do Teste de Aptidão Física”

ocorrerá no endereço eletrônico www.funrio.org.brna página do proces-

so seletivo, no período informado no Cronograma Previsto, disponível

em Publicações e publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Ja-

neiro.


13.22 - Caso algum candidato, no dia do TAF, indique ou seja ve-

rificado pela Organizadora que ele apresenta sintomas de infecção pe-

lo Coronavírus - COVID 19, a Coordenação imediatamente irá retirá-lo

do local, desligando-o da etapa, não cabendo, no entanto, para a

FUNRIO nenhuma responsabilidade ou obrigação posterior.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   16   17   18   19   20   21   22   23   ...   112


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal