Se liga na língua: literatura, produção de texto, linguagem



Baixar 11.7 Mb.
Página469/665
Encontro29.07.2021
Tamanho11.7 Mb.
1   ...   465   466   467   468   469   470   471   472   ...   665
Melhor × mais bem

Fui melhor atendido quando estive lá pela primeira vez ou Fui mais bem atendido quando estive lá pela primeira vez? Qual das duas construções parece mais adequada?

O autor do comentário postado num site de pousada (reveja o texto na questão 3 da seção “Refletindo sobre a língua”) empregou a primeira opção. Mas essa é uma questão que divide os estudiosos. Se o termo qualifica uma ação, como no exemplo a seguir, não há dúvida:



Ela foi a tenista que jogou melhor.

Porém, nos casos em que o termo antecede um adjetivo representado por particípio (como atendido), ambas as construções costumam ser empregadas.

Escolha dois pares de expressões – melhor feito e mais bem feito; melhor escrito e mais bem escrito, etc. – e faça uma pesquisa na internet, usando sites de busca e arquivos de jornais e revistas. Você vai analisar a frequência de uso de cada forma e associá-la ao nível de formalidade exigido pela situação comunicativa. Os resultados das pesquisas deverão ser socializados e discutidos pela turma.

A pesquisa que realizamos mostrou que o uso da forma mais bem antes de adjetivos-particípios é mais comum em textos que adotam as variedades urbanas de prestígio e são marcados por maior formalidade. Por isso costumam aparecer, predominantemente, em matérias jornalísticas, artigos acadêmicos, livros e afins. Já a forma melhor foi mais encontrada em comentários de internet, blogs descontraídos e descrições de ofertas de serviços e produtos. Comente com os alunos que estudiosos tradicionais indicam como obrigatório o uso de mais bem, enquanto outros admitem o duplo uso. Explique à turma que não há essa obrigatoriedade, embora, efetivamente, se recomende a forma mais bem em situações formais. A justificativa liga-se ao fato de que o intensificador mais incide sobre toda a expressão e não apenas sobre o advérbio bem. Expressões formadas com esse advérbio apresentam uma relação muito forte entre as partes, a ponto de existir o hífen em alguns casos, como bem-humorado e bem-sucedido.
Página 334

UNIDADE 12 - PALAVRAS RELACIONAIS

Você já assistiu a uma apresentação de ginástica rítmica? Nesse tipo de esporte, que se associa à dança, podem ser usados quatro tipos de aparelho – o arco, a maça, a fita e a bola –, os quais devem permanecer em ação o tempo todo. Tais aparelhos são responsáveis por conectar os movimentos das atletas para criar conjuntos que produzam diferentes imagens. A qualidade da apresentação depende da interação entre as partes.

Na comunicação ocorre processo semelhante: assim como os aparelhos, certas palavras conectam partes do texto e contribuem para a construção de seu sentido. São as preposições e as conjunções, que ligam palavras, orações, períodos e parágrafos. É esse o assunto desta unidade.


Página 335

LILYANA VYNOGRADOVA/SHUTTERSTOCK

Atletas brasileiras durante o 32º Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica, realizado em Kiev, na Ucrânia, em ago. 2013.
Página 336

CAPÍTULO 20 - PREPOSIÇÃO E CONJUNÇÃO



Milhares de sites são criados e desativados diariamente. Por essa razão, é possível que os endereços indicados neste capítulo não estejam mais disponíveis.

PERCURSO DO CAPÍTULO



- Preposição como elemento de conexão
- Valores semânticos das preposições
- Uso de preposição antes de pronome relativo
- Emprego da crase
- Função coesiva e valores semânticos das conjunções
- Conectores nos textos falados


IMFOTO/SHUTTERSTOCK

Nessa opção de reciclagem criativa, botas em desuso se transformaram em vasos suspensos graças aos cordões costurados nelas para prendê-las em uma armação de ferro. As preposições funcionam de maneira semelhante a esses cordões: conectam termos e indicam a função que um deles passa a ter em relação ao outro.
Página 337

Pra começar

Muitas obras de arte nos apresentam a paisagens desconhecidas, seja porque retratam um lugar distante, seja porque abordam um tempo diferente. Conheça a tela Cena de inverno em um canal, produzida por Hendrick Avercamp, pintor holandês que viveu no século XVII.

MUSEU DE ARTE DE TOLEDO, ESTADOS UNIDOS

AVERCAMP, Hendrick. Cena de inverno em um canal. 1615. Óleo sobre madeira, 479 cm × 956 cm. Museu de Arte de Toledo (Ohio), EUA.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   465   466   467   468   469   470   471   472   ...   665


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal