Se liga na língua: literatura, produção de texto, linguagem



Baixar 11.7 Mb.
Página432/665
Encontro29.07.2021
Tamanho11.7 Mb.
1   ...   428   429   430   431   432   433   434   435   ...   665
Particípio regular

Particípio irregular

aceitar

aceitado

aceito

acender

acendido

aceso

expulsar

expulsado

expulso

entregar

entregado

entregue

ganhar

ganhado

ganho

gastar

gastado

gasto

imprimir

imprimido

impresso

morrer

morrido

morto

pagar

pagado

pago

pegar

pegado

pego

salvar

salvado

salvo

Apesar da recomendação de uso dos particípios regulares na formação da voz ativa (tem suspendido) e dos irregulares na formação da voz passiva (estava suspenso), percebe-se hoje uma forte tendência ao emprego das formas irregulares independentemente do verbo auxiliar que as acompanha. Nos casos de ganhar, gastar, pagar e pegar, construções como havia ganho, havia gasto, havia pago e havia pego já têm sido aceitas.
Página 311

Vozes verbais

Compare a maneira como foram redigidos o título de uma notícia e a legenda da imagem que a acompanha.



Estado Islâmico destrói estátua do século 1º a.C. em cidade da Síria

[...]


A estátua do Leão de al-Lat, que foi destruída pelo Estado Islâmico em Palmira, na Síria. Foto de 2010.

MAPPO/(CC BY-SA 4.0)/WIKIMEDIA FOUNDATION, INC.

[...]


Publicada em: 2 jul. 2015. Disponível em: . Acesso em: 3 dez. 2015. (Fragmento).

No título, empregou-se a forma verbal destrói, que destaca o agente da ação, enquanto na legenda a ênfase foi colocada no objeto que sofreu a ação, como mostra a locução verbal foi destruída. Essa escolha se deve aos diferentes objetivos de cada uma das partes do texto: o título quer marcar a ação do grupo extremista que vem destruindo uma série de importantes monumentos históricos da região, enquanto a legenda tem como objetivo situar a fotografia no contexto da notícia.

Essas duas construções exemplificam duas vozes do verbo: a voz ativa, em que a ação é praticada pelo sujeito da oração (Estado Islâmico destrói estátua), e a voz passiva, em que o sujeito sofre a ação (A estátua foi destruída pelo Estado Islâmico).

A voz passiva pode ser construída de duas formas:



A estátua foi destruída pelo Estado Islâmico.
sujeito
voz passiva analítica

verbo auxiliar + particípio


agente da passiva

Destruiu-se a estátua do Leão de al-Lat.
voz passiva sintética

verbo na 3ª pessoa + se (pronome apassivador)


sujeito
Página 312

Vale observar que, na voz passiva sintética, o agente da ação, chamado de agente da passiva, não é citado. Note também que os verbos concordam com o sujeito da oração; por isso, no plural, as construções seriam outras:



Estátuas foram destruídas pelo Estado Islâmico.
sujeito
verbo na voz passiva analítica
agente da passiva

Destruíram-se estátuas históricas da Síria.
Não se menciona o agente da passiva neste caso.
verbo na voz passiva sintética
sujeito

Além das vozes ativa e passiva, há a voz reflexiva, na qual o agente da ação é também seu alvo. Veja:



Como você se vê no futuro?
agente e alvo da ação
pronome oblíquo reflexivo

O pronome de tratamento você indica quem realiza a ação de ver, e o pronome oblíquo se é quem sofre tal ação. Ambos se referem à mesma pessoa.

Há casos em que a voz reflexiva indica reciprocidade, isto é, envolve dois seres diferentes cujas ações têm efeito cruzado. Leia a legenda da foto a seguir.

MICHAEL DODGE/GETTY IMAGES

Os tenistas Roger Federer, da Suíça (à esquerda), e Novak Djokovic, da Sérvia (à direita), cumprimentam-se após a semifinal do Aberto da Austrália, no Melbourne Park, em 28 jan. 2016.

Os dois tenistas realizam a ação de cumprimentar e, simultaneamente, sofrem a mesma ação. A frase, portanto, apresenta a voz reflexiva recíproca.


Página 313

Refletindo sobre a língua





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   428   429   430   431   432   433   434   435   ...   665


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal