Se liga na língua: literatura, produção de texto, linguagem



Baixar 11.7 Mb.
Página324/665
Encontro29.07.2021
Tamanho11.7 Mb.
#16612
1   ...   320   321   322   323   324   325   326   327   ...   665
Se liga na l ngua literatura, produ o de texto, linguagem
Elaboração criativa

Em algumas produções do gênero texto teatral, as falas dos personagens, parcialmente ou em sua totalidade, contam com recursos expressivos que as distanciam do uso cotidiano da linguagem. Entre esses recursos estão a combinação e a organização de palavras com fins expressivos, como exemplificam a relação entre “florescer” e “fenecer” na fala de Capuleto ou a repetição de estruturas frasais pelos personagens da peça de Rafael Gomes. Tais recursos contribuem para a fruição do texto, isto é, para o prazer estético que sua leitura ou audição proporcionam ao público.

Desafio de linguagem

Crie uma ou mais falas para uma peça teatral com base na seguinte situação: o personagem é um(a) jovem de 16 anos que acabou de receber a notícia de que sua(seu) namorado(a) não quer mais manter o relacionamento iniciado há seis meses. O desabafo será feito como monólogo e deverá contar com o recurso da repetição ou do paralelismo para evidenciar o estado de espírito do personagem.



Peça a alguns alunos que leiam o que escreveram. A turma deverá identificar o efeito expressivo que os recursos indicados produziram na cena. Eles ampliaram o nervosismo do personagem? Contribuíram para um efeito de humor, autoironia ou de dor? Etc.

No texto teatral dramático, o tempo da história não coincide necessariamente com o tempo de sua encenação. Nas várias adaptações teatrais do romance Os miseráveis, do escritor francês Victor Hugo, as ações percorrem cerca de vinte anos, e a passagem do tempo é marcada pelas mudanças físicas dos protagonistas e pelos eventos históricos reais a que aludem.



JUCA VARELLA/FOLHAPRESS

Cena da montagem brasileira do musical Os miseráveis, em 2001.
Página 216

Produza seu espetáculo teatral

Convidamos você e seus colegas a produzir e encenar uma peça curta, de um único ato, trabalhando o tema do relacionamento entre jovens, como fizeram Shakespeare e Rafael Gomes.

O texto será construído com base na adaptação de uma passagem de Os sofrimentos do jovem Werther, do escritor alemão Goethe, que você já estudou no capítulo sobre o Romantismo. O espetáculo teatral produzido poderá ser apresentado em um festival em sua escola, que tenha como público os alunos de outras séries. A proposta será desenvolvida por grupos formados por cinco ou seis integrantes e mostrará, ao final, diferentes possibilidades de adaptação e encenação do mesmo texto.



Os sofrimentos do jovem Werther é um romance epistolar, isto é, formado por um conjunto de cartas. Na carta que você vai ler, Werther conta a seu melhor amigo sobre a volta do baile em que conheceu Lotte, moça que se tornará o grande amor de sua vida. O romance foi escrito no século XVIII e vocês podem optar por manter esse contexto histórico ou adaptar a cena de retorno do baile aos tempos atuais.

19 de junho

Não sei onde interrompi minha última carta. Lembro-me, contudo, que já eram duas da madrugada quando me deitei e que, se pudesse conversar em vez de escrever-lhe, teríamos ficado proseando até o amanhecer.

Ainda não lhe contei o que se passou quando voltamos do baile e, hoje também, não terei tempo para fazê-lo.

Foi um magnífico nascer do sol: a floresta úmida e a planície à nossa volta exalavam frescor! Nossas companheiras de viagem cochilavam. Ela perguntou-me se eu não queria fazer o mesmo, acrescentando que eu não me acanhasse por causa dela.

- Enquanto eu puder ver esses olhos abertos - respondi, olhando-a intensamente -, não corro o risco de adormecer.

E, assim, por todo o percurso, viemos conversando até chegarmos ao portão de sua casa. A criada abriu-o sem fazer ruído, assegurando, em resposta a Lotte, que o pai e os pequenos estavam bem, e todos ainda dormiam. Retirei-me então, pedindo-lhe permissão para voltar a encontrá-la naquele mesmo dia. Concedeu-me, e eu voltei lá. Desde então, o sol, a luz e as estrelas podem cumprir suas trajetórias celestes sem que eu distinga quando é dia, quando é noite: o universo desapareceu para mim.

GOETHE, Johann Wolfgang von. Os sofrimentos do jovem Werther. Trad. Erlon José Paschoal. São Paulo: Estação Liberdade, 2009. p. 32.



Combine com os alunos a data de apresentação e defina uma agenda para ensaios, que podem ocorrer dentro e/ou fora do tempo de aula, conforme seu planejamento. Sugerimos que você acompanhe pelo menos um dos ensaios para verificar como está sendo a convivência e atuar para resolver conflitos, se for o caso. As encenações teatrais escolares são boas oportunidades para trabalhar valores como respeito e companheirismo.

Combine o espaço em que a apresentação se dará: em um palco, na quadra ou até mesmo na sala de aula. Oriente a formação dos grupos, indicando que, além dos atores, serão necessários alunos dedicados à construção do cenário, à produção musical, etc. Por esse motivo, os grupos devem ser formados por alunos com diferentes aptidões.

Sabemos que nem sempre é possível finalizar as atividades previstas pelo livro didático no ano letivo. Embora não seja a condição ideal, incluímos no Suplemento, como “atividade complementar”, uma leitura dramatizada que pode substituir a produção do espetáculo teatral previsto neste capítulo.

ARTE: MARCEL LISBOA/FOTOS: FREENATURESTOCK – CREATIVE COMMONS LICENSE – CC BY 4.0


Página 217

Para fazer um espetáculo teatral mais legal

Leia alguns textos teatrais.
A tempestade, de Shakespeare.
O bem-amado, de Dias Gomes.
Uma noite em cinco atos, de Alberto Alexandre Martins e Evandro Carlos Jardim.

Assista a vídeos de montagens teatrais, entre elas:


Édipo Rei, Sófocles. Disponível em: . Acesso em: 5 dez. 2015.

As obras sugeridas fazem parte do acervo do PNBE 2011 e do PNBE 2013.


Baixar 11.7 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   320   321   322   323   324   325   326   327   ...   665




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal