Se liga na língua: literatura, produção de texto, linguagem


UNIDADE 6 O domínio discursivo interpessoal •



Baixar 11.7 Mb.
Página196/665
Encontro29.07.2021
Tamanho11.7 Mb.
1   ...   192   193   194   195   196   197   198   199   ...   665
UNIDADE 6 O domínio discursivo interpessoal
Capítulo 8: E-mail: acesso rápido a conhecidos e desconhecidos

UNIDADE 7 O domínio discursivo jornalístico
• Capítulo 9: Reportagem: um trabalho de investigação

UNIDADE 8 O domínio discursivo instrucional
• Capítulo 10: Palestra, mesa-redonda e seminário: situações de fala planejada

UNIDADE 9 O domínio discursivo ficcional
• Capítulo 11: Roteiro de cinema
• Capítulo 12: Teatro: um texto escrito para encenação
Página 134

OS GÊNEROS TEXTUAIS MUDAM AO LONGO DO TEMPO

Imagine que você abriu uma revista e deparou com um anúncio publicitário de um salão de beleza em que se lê a seguinte chamada:

Quereis um corte de cabelo e uma barba bem-feita?

Anúncio do Salão Rio Branco, Santa Maria, RS, 1933. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2016.

Qualquer um de nós estranharia essa chamada. Afinal, os anúncios publicitários costumam apresentar uma linguagem próxima daquela que falamos no dia a dia.

No entanto, na primeira metade do século XX, essa era a linguagem esperada para um anúncio publicitário. Por ser um texto de mídia, o anúncio devia adotar um certo grau de formalidade, que se evidenciava na relação mais cerimoniosa com o público e no emprego de uma linguagem que seguia rigorosamente as normas gramaticais.

No decorrer do século, contudo, houve uma mudança na atitude linguística dos falantes brasileiros. Mesmo aqueles com maior escolaridade passaram a empregar formas mais coloquiais nas comunicações cotidianas e a aceitar com naturalidade esse uso menos monitorado da língua no rádio, na televisão e nos textos impressos.

Essa mudança também se refletiu na linguagem publicitária, extremamente receptiva às transformações sociais.

Isso nos permite retomar a noção de gênero textual, que você tinha intuitivamente antes de entrar na escola e que tem aprimorado em seus anos de estudos. Como sabemos, os gêneros textuais caracterizam-se por um padrão relativamente estável, que é definido por sua finalidade, pela relação entre os interlocutores, pela maneira como os textos circulam socialmente e pela esfera da atividade humana (domínio discursivo) a que estão ligados.

Dizemos que esse padrão é relativamente estável porque os gêneros são dinâmicos e flexíveis e vão se adaptando às novas situações de comunicação. Nesse processo, o maior impacto nos últimos trinta anos foi provocado pelas novas tecnologias de comunicação, que passaram a fazer parte de nossa vida, determinando não apenas o surgimento de novos gêneros textuais (e-mails, blogs, mensagens instantâneas, etc.), como também mudanças significativas no uso da língua.
Página 135

ARTE: MARCEL LISBOA/FOTOS: PIXABAY – CREATIVE COMMONS LICENSE – CC BY 4.0


Página 136

UNIDADE 6 - O DOMÍNIO DISCURSIVO INTERPESSOAL

Ao longo do tempo, a tecnologia vem criando diferentes meios de transmissão de mensagens entre as pessoas. A invenção da escrita, que ocupa um lugar importante nesse processo, permitiu que mensagens fossem registradas em tábuas de cera, papiros e, posteriormente, em papel e levadas à distância, primeiro, por mensageiros e, mais tarde, por um sistema de correio.

Há pouco mais de um século, o processo de comunicação foi alterado pelo uso da eletricidade, que criou condições para a invenção do telégrafo, do telefone e do fax.

Hoje, temos as mensagens de texto transmitidas por celular e os e-mails, que enviam textos quase instantaneamente, mesmo para lugares muito distantes, e dispõem de recursos muito práticos, como a possibilidade de anexar documentos, como outros textos, fotos e vídeos.

Nesta unidade, estudaremos o domínio discursivo interpessoal, que abrange gêneros nos quais os interlocutores estão em clara situação de interação e desempenham funções bem definidas. O e-mail é o gênero em destaque.


Página 137

FPG/HULTON ARCHIVE/GETTY IMAGES

Durante as Guerras Mundiais (1914-1918; 1939-1945), milhares de pombos foram usados para levar recados urgentes entre batalhões, uma vez que a comunicação de rádio entre duas fontes era precária e as linhas de telefone eram frequentemente cortadas. A foto, de 15 de agosto de 1940, mostra soldados britânicos treinando pombos, no sul da Inglaterra.
Página 138

Milhares de sites são criados e desativados diariamente. Por essa razão, é possível que os endereços indicados neste capítulo não estejam mais disponíveis.

CAPÍTULO 8 - E-MAIL: ACESSO RÁPIDO A CONHECIDOS E DESCONHECIDOS

PERCURSO DO CAPÍTULO



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   192   193   194   195   196   197   198   199   ...   665


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal