Rui barbosa e o pensamento educacional brasileiro



Baixar 82.8 Kb.
Página2/5
Encontro17.03.2020
Tamanho82.8 Kb.
1   2   3   4   5
Palavras-chave: Filosofia e Educação; Iluminismo Brasileiro; Educação Republicana.

Introdução

O debate em torno do pensamento filosófico e a educação no Brasil tem sido orientado por discussões acerca de sua natureza e seu ensino. O propósito, em linhas gerais, consiste em constituir um campo filosófico definindo então limites e abordagens próprias dessa questão. Todavia, poucos estudos têm sido desenvolvidos no âmbito dos discursos filosóficos que envolvem a prática educativa. Estudos de natureza filosófica sobre a questão podem ampliar a visão e delimitar seu terreno, permitindo assim contribuir para a compreensão sobre acerca do veio filosófico-educacional no Brasil. Com base nesse arcabouço foi proposto e aprovado, pelas instâncias colegiadas da Universidade Estadual de Londrina (UEL), o Projeto de Pesquisa em Ensino “As Contribuições de Rui Barbosa Para o Pensamento Educacional Brasileiro: problemas, fontes e concepções” com objetivo de envolver estudantes do Curso de Pedagogia, da mesma instituição, para o período de 2014 a 2017.

Os cursos de Pedagogia, em geral, apresentam em seus projetos pedagógicos, a disciplina de Filosofia e Educação no Brasil, ora também denominada de Filosofia da Educação no Brasil que buscam tratar justamente das discussões acima descritas. O Projeto Pedagógico (Curso de Pedagogia – UEL) caminha nessa direção enfatizando as discussões atuais sobre o tema filosofia e educação no cenário brasileiro. Os limites da disciplina (carga horária, tempo para leitura e aprofundamento dos textos, condição existencial dos estudantes, entre outros) a necessidade de aprofundamento em algumas questões que, por vezes, são externadas pelos próprios estudantes no decorrer das aulas, sendo recorrente a solicitação, por parte desses, a formação de grupos de estudos visando aprofundar o conhecimento de autores que se destacam no cenário da educação brasileira. Dessa forma, dedicar um tempo maior para reflexão de suas ideias e, num espaço de discussão superar os limites da disciplina em si.

Nesse sentido, considerando que o objetivo dessa disciplina consiste, em linhas gerais, em abordar o pensamento filosófico em relação à educação no Brasil, compreende-se que Rui Barbosa está inserido nesse cenário, com especial contribuição na formação do pensamento educacional brasileiro, fato esse, de inegável reconhecimento. Amplia-se a questão posta ao inserir os escritos de Rui Barbosa no âmbito do Projeto, ou seja, sobre o ensino no Brasil e com isso levantar os problemas, as concepções e as fontes, aspectos constituintes da reflexão filosófico-educacional. Por fim, problematizar o conceito subjacente a todo esse arcabouço: iluminismo brasileiro e educação.



Metodologia

Em termos metodológicos a análise e discussão do material bibliográfico selecionado tomou como ponto de partida a reconstrução histórica e racional dos discursos filosóficos produzidos sobre a educação no Brasil, que pressupõe certo distanciamento na leitura e na interpretação dos textos e a compreensão destes no contexto de sua produção para, então como ponto de chegada, interrogar as teses e os argumentos neles enunciados, a partir de questões formuladas num horizonte intelectual e, com isso desejar uma interpelação em que fiquem evidentes as questões, os conceitos e as teses defendidas pelo autor e aqueles pensados por quem se põe enquanto interlocutor/pesquisador. Porém, quer se destacar ainda, não propriamente críticas ou elogios que poderiam ser remetidos a Rui Barbosa enquanto um pensador das questões educacionais no Brasil, mas sim, como os temas e as formas de pensar sobre, com e na educação brasileira, desenvolvidas por ele, podem contribuir para o debate sobre filosofia e educação no Brasil.






Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal