Ronaldo vainfas


Capítulo 14 DELUMEAU, Jean. Nascimento e afirmação da Reforma. São Paulo: Pioneira, 1989. Capítulo 15



Baixar 0.68 Mb.
Página644/644
Encontro08.10.2019
Tamanho0.68 Mb.
1   ...   636   637   638   639   640   641   642   643   644
Capítulo 14

DELUMEAU, Jean. Nascimento e afirmação da Reforma. São Paulo: Pioneira, 1989.



Capítulo 15

ANDERSON, Perry. Linhagens do Estado absolutista. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BURKE, Peter. A fabricação do rei: a construção da imagem pública de Luís XIV. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

Capítulo 16

STONE, Lawrence. Causas da Revolução Inglesa: 1529- -1642. São Paulo: Edusc, 2000.



Capítulo 17

BETHELL, Leslie (Org.). História da América Latina. São Paulo: Edusp, 1997. v. 1.

KARNAL, Leandro et al. História dos Estados Unidos. São Paulo: Contexto, 2007.

Capítulo 18

LOVEJOY, Paul E. A escravidão na África. Uma história de suas transformações. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

SILVA, Alberto da Costa e. A manilha e o libambo. A África e a escravidão de 1500 a 1700. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

THORNTON, John. A África e os africanos na formação do mundo atlântico - 1400-1800. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

382

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA



ALIGHIERI, Dante. Monarquia. In: Os Pensadores. São Paulo: Abril, 1979.

ALMEIDA, Maria Regina C. de. Metamorfoses indígenas. Identidade e cultura nas aldeias coloniais do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2003.

AMADO, Janaína. O Brasil no império português. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

AMADO, Janaína. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1981.

AMADO, Janaína. Passagens da Antiguidade ao feudalismo. São Paulo: Brasiliense, 2000.

ARRUDA, J. Jobson. A Revolução Inglesa. 4ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1990.

ASHERI, David. O Estado persa. São Paulo: Perspectiva, 2006.

ASSUNÇÃO, Paulo de. Os jesuítas no Brasil Colonial. São Paulo: Atual, 2003.

AUSTIN, Michel; VIDAL-NAQUET, Pierre. Economia e sociedade na Grécia antiga. Lisboa: Edições 70, 1986.

BLOCH, Leon. Lutas sociais na Roma antiga. Lisboa: Europa-América, 1972.

BLOCH, Leon. A sociedade feudal. Lisboa: Edições 70, 1982.

BRAGA, Marco et al. Darwin e o pensamento evolucionista. São Paulo: Atual, 2003.

CAMPOS, Raymundo. Grandezas do Brasil no tempo de Antonil (1681-1716). São Paulo: Atual, 1996.

CARDOSO, Ciro F. O Egito Antigo. São Paulo: Brasiliense, 1982.

CARDOSO, Ciro F. Trabalho compulsório na Antiguidade. Rio de Janeiro: Graal, 1984.

CARDOSO, Ciro F.; BRIGNOLLI, H. História econômica da América Latina. Rio de Janeiro: Graal, 1981.

CAVALLO, Guglielmo (Org.). O homem bizantino. Lisboa: Presença, 1988.

CHAUNU, Pierre. Expansão europeia do século XIII ao XV. São Paulo: Pioneira, 1978.

CHILDE, Gordon. O que aconteceu na História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1973.

CURRAN, Mark. Retrato do Brasil na literatura de cordel. Cotia: Ateliê Editorial, 2011.

DELUMEAU, Jean. História do medo no Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

DEYON, Pierre. O mercantilismo. São Paulo: Perspectiva, 1973.

DIAZ PLAJA, Fernando. A vida quotidiana na Espanha muçulmana. Lisboa: Notícias, 1995.

DUBY, Georges. Guerreiros e camponeses. Lisboa: Estampa, 1993.

DUBY, Georges. O tempo das catedrais. Lisboa: Estampa, 1993.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989. v. 1.

ELIAS, Norbert. A sociedade de corte. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

FALBEL, Nachman. Heresias medievais. São Paulo: Perspectiva, 1977.

FAORO, Raymundo. Os donos do poder. Rio de Janeiro: Globo, 1974. 2 vols.

FEBVRE, Lucien. Martinho Lutero: um destino. Lisboa: Asa, 1993.

FERLINI, Vera Lúcia Amaral. A civilização do açúcar - séculos XVI a XVIII. São Paulo: Brasiliense, 1984.

FINLEY, M. I. Os gregos antigos. Lisboa: Edições 70, 1984.

FLANDRIN, J.-L. ; MONTANARI, M. (Orgs.). História da alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, 1998.

FLORENZANO, Maria Beatriz. O Mundo Antigo: economia e sociedade. 13ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1998.

FRANCO JR., Hilário. O ano 1000: tempo de medo ou de esperança? São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande & senzala. 16ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

383

FUNARI, Pedro Paulo de Abreu. Antiguidade clássica. Campinas: Editora da Unicamp, 2003.



FUNARI, Pedro Paulo de Abreu. Pré-história do Brasil. São Paulo: Contexto, 2002.

FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil. São Paulo: Difel, 1974.

GANSHOF, François. O que é o feudalismo. Lisboa: Europa-América, 1973.

GARELLI, Paul. El Próximo Oriente Asiático: desde los origines hasta las invasiones de los pueblos del mar. Barcelona: Editorial Labor, 1970.

GIBBON, Edward. Declínio e queda do Império Romano. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

GODINHO, V. de Magalhães. A economia dos descobrimentos henriquinos. Lisboa: Sá da Costa, 1962.

GOMES, Flávio. Palmares. São Paulo: Contexto, 2005.

HILL, Cristopher. O eleito de Deus: Oliver Cromwell e a Revolução Inglesa. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

HILL, Cristopher. O mundo de ponta-cabeça: ideias radicais na Revolução Inglesa de 1640. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Caminhos e fronteiras. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 6ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1976.

HUIZINGA, Johann. O declínio da Idade Média. Lisboa: Verbo, 2006.

KEEGAN, John. Uma história da guerra. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

KENNEDY, Paul. Ascensão e queda das grandes potências. Rio de Janeiro: Campus, 1989.

KI-ZERBO, Joseph. História da África negra. Lisboa: Publicações Europa-América, s/d.

LAPLANCHE, J.; PONTALIS, J.-B. Vocabulário da Psicanálise. 10ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

LE GOFF, Jacques. O Ocidente medieval e o Oceano Índico: um horizonte onírico. In: Para um novo conceito de Idade Média. Lisboa: Estampa, 1979.

LE GOFF, Jacques. Os intelectuais da Idade Média. São Paulo: Brasiliense, 1989.

LE GOFF, Jacques. Uma longa Idade Média. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

LOPES, Marcos Antônio. Absolutismo: política e sociedade. São Paulo: Brasiliense, 1996.

LOPEZ, Adriana. Franceses e tupinambás na Terra do Brasil. São Paulo: Senac, 2001.

MAALOUF, Amin. As cruzadas vistas pelos árabes. São Paulo: Brasiliense, 1988.

MAESTRI, Mário. História da África negra pré-colonial. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1988.

MAESTRI, Mário. Os senhores do litoral. Conquista portuguesa e agonia tupinambá no litoral brasileiro. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 1996.

MANDROU, Robert. Magistrados e feiticeiros na França do século XVII. São Paulo: Perspectiva, 1979.

MANTRAN, Robert. A expansão muçulmana. São Paulo: Pioneira, 1977.

MAQUIAVEL, Nicolau. A arte da guerra. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

MAQUIAVEL, Nicolau. O príncipe. São Paulo: Hedra, 2007.

MARAVALL, J. Antonio. A cultura do Barroco. São Paulo: Edusp, 1997.

MARX, Karl. Formações econômicas pré-capitalistas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

MEGGERS, Betty. América pré-histórica. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

MELLO, Evaldo C. de. Olinda restaurada: guerra e açúcar no Nordeste. Rio de Janeiro: Topbooks, 1998.

MENDES, Norma M. Sistema político do Império Romano do Ocidente. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2002.

MERCHANT, Alexander. Do escambo à escravidão. 2ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1969.

MIGUEL, Luís Felipe. O nascimento da política moderna. Brasília: UnB, 2007.

384


MONTEIRO, John. Negros da terra: índios e bandeirantes nas origens de São Paulo. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

MOSSÉ, Claude. As instituições gregas. Lisboa: Edições 70, 1985.

MOTTA, Marcus Alexandre. Anchieta: dívida de papel. Rio de Janeiro: FGV, 2000.

NEVES, Luiz F. Baêta. O combate dos soldados de Cristo na terra dos papagaios. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1978.

OLIVA COLL, Josefina. A resistência indígena diante da conquista. Porto Alegre: L&PM, 1989.

PETIT, Paul. História antiga. São Paulo: Difel, 1964.

PIGANIOL, André. Histoire de Rome. Paris: PUF, 1954.

PINSKY, Jaime. 100 textos de História Antiga. São Paulo: Contexto, 1998.

PIRENNE, Henri. As cidades da Idade Média. Lisboa: Europa-América, 1973.

PRADO JR., Caio. Formação do Brasil contemporâneo. 24ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1972.

PRODANOV, Cleber Cristiano. O mercantilismo e a América. São Paulo: Contexto, 1998.

PUNTONI, Pedro. Guerras do Brasil (1504-1654). São Paulo: Brasiliense, 1992.

RAMINELLI, Ronald. Imagens da colonização: a representação do índio de Caminha a Vieira. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

REDE, Marcelo. Família e patrimônio na antiga Mesopotâmia. Rio de Janeiro: Mauad, 2007.

RIBEIRO, Renato Janine. A última razão dos reis. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

RIVET, Paul. As origens do homem americano. Rio de Janeiro: Editora Progresso, 1948.

ROMANO, Rugiero. A conquista da América. São Paulo: Perspectiva, 1973.

ROMERO, José Luis. América Latina: as cidades e as ideias. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2006.

ROSTOVTZEFF, M. História de Roma. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1973.

RUNCIMAN, Steven. A civilização bizantina. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1981.

RUNCIMAN, Steven. A queda de Constantinopla. Rio de Janeiro: Imago, 2002.

SAFER, Byron E. As religiões do Egito antigo: deuses, mitos e rituais domésticos. São Paulo: Nova Alexandria, 2002.

SANTIAGO, Theo (Org.). Do feudalismo ao capitalismo: uma discussão histórica. São Paulo: Contexto, 1999.

SCHWARTZ, Stuart. Segredos internos: engenhos e escravos na sociedade colonial. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.

SILVA, Franklin Leopoldo e. Descartes. A metafísica da modernidade. São Paulo: Moderna, 1993.

SIMON, Marcel; BENOIT, André. Judaísmo e cristianismo antigo. São Paulo: Thomson Pioneira, 1987.

SKINNER, Quentin. As fundações do pensamento político moderno. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

SOARES, Luiz Carlos. Do Novo Mundo ao sistema heliocêntrico. São Paulo: Hucitec, 1999.

SOUSA, Avanete Pereira. Salvador, capital da colônia. São Paulo: Atual, 1995.

SOUZA, Laura de Mello e. O diabo e a terra de Santa Cruz. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.

TAYLOR, Laurence. O cotidiano europeu no século XVII. São Paulo: Melhoramentos, 2000.

TRINDADE, Etelvina. O trabalho nos engenhos. São Paulo: Atual, 1996.

VAUCHEZ, André. A espiritualidade na Idade Média ocidental. Lisboa: Estampa, 1995.

VERNANT, Jean-Pierre. As origens do pensamento grego. São Paulo: Difel, 1977.



WEBER, Max. A ética protestante e o "espírito" do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.
Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   636   637   638   639   640   641   642   643   644


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal