Ronaldo vainfas


INVESTIGANDO O DOCUMENTO (p. 252)



Baixar 0.68 Mb.
Página621/644
Encontro08.10.2019
Tamanho0.68 Mb.
1   ...   617   618   619   620   621   622   623   624   ...   644
INVESTIGANDO O DOCUMENTO (p. 252)

Resposta pessoal. Como era impossível ao Estado português colonizar, administrar e explorar as terras, era de praxe o rei conceder donatarias e monopólios a particulares. Todas as terras, comércios e explorações continuavam sendo do rei, embora concedidas a um particular. Dessa forma, ele não abria mão de parte de sua soberania. Além disso, como determinava o Foral, o donatário ficava obrigado a pagar tributos à Coroa. Lucravam ambos, de modo que os interesses metropolitanos e os dos donatários se complementavam.




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   617   618   619   620   621   622   623   624   ...   644


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal