Ronaldo vainfas



Baixar 2.66 Mb.
Página48/644
Encontro08.10.2019
Tamanho2.66 Mb.
1   ...   44   45   46   47   48   49   50   51   ...   644
Despotismo oriental

O processo de formação dos Estados no Oriente Próximo apresenta controvérsias. O historiador alemão Karl Wittfogel publicou, em 1957, um livro que se tornou famoso: Despotismo oriental: um estudo comparativo do poder total, dedicado ao estudo das civilizações egípcia e mesopotâmica, no Oriente Próximo, e também à China e à Índia antigas, no Extremo Oriente.

Segundo esse historiador, o surgimento de poderosos Estados agrícolas no Oriente se deveu à realização de obras hidráulicas em grande escala, envolvendo a mobilização dos camponeses sob o comando dos governantes. O resultado foi a criação do chamado despotismo oriental, no qual o Estado era proprietário de todos os bens, permitindo aos camponeses o usufruto das terras dedicadas à subsistência, mediante o pagamento de tributos em gêneros ou serviços para o Estado.

No século XIX, Karl Marx já havia proposto interpretação semelhante, atribuindo à construção e à administração de obras hidráulicas um peso decisivo para a formação dos Estados orientais. Ele afirmou que a condição social dos camponeses era de uma "escravidão generalizada".

O ponto mais polêmico dessa interpretação é o papel das obras hidráulicas na formação do Estado, pois muitos historiadores puseram em dúvida a chamada "causa hidráulica". Nessa perspectiva, as obras hidráulicas seriam consequência de Estados fortes e não a causa deles. Por falta de evidências arqueológicas confiáveis, é impossível precisar com exatidão o que veio antes: o Estado ou as grandes obras.

Mas o certo é que, no Oriente Próximo, surgiram Estados capazes de mobilizar enorme massa de trabalhadores para serviços públicos, isto é, não somente para construir canais, cisternas ou diques, mas também pirâmides, templos, palácios e tudo o mais que marcou a grandeza do Antigo Egito e da antiga Babilônia.

LEGENDA: O trabalho do camponês sustentava a grandeza dos faraós. Pintura na parede da Tumba de Menna, que viveu durante a XVIII dinastia, mostra camponeses na lida com o trigo, auxiliados por bois. Museu Egípcio do Cairo, Egito.

FONTE: BETTMANN/CORBIS/FOTOARENA




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   44   45   46   47   48   49   50   51   ...   644


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal