Ronaldo vainfas


Por uma avaliação dialógica e interativa



Baixar 0.68 Mb.
Página452/644
Encontro08.10.2019
Tamanho0.68 Mb.
1   ...   448   449   450   451   452   453   454   455   ...   644
Por uma avaliação dialógica e interativa, p. 311

PLANO GERAL DA OBRA, p. 312

Sumário da coleção, p. 312

Descrição da coleção, p. 314

Abertura de unidades, p. 314

Abertura de capítulos, p. 314

Seções e Boxes, p. 314



INDICAÇÕES PEDAGÓGICAS, p. 317

ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS PARA ESTE VOLUME, p. 318

Apresentação do volume, p. 318

Sugestões e orientações para a prática na sala de aula, p. 318

BIBLIOGRAFIA, p. 381

292


FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA E PEGAGÓGICA

[...] afirmamos que, por meio de uma aula, também se conta uma história; que, ao se contar uma história por meio de aula, também se faz História; e que somente ao se fazer história por meio de uma aula nos tornamos professores de História (Ilmar Mattos, 2007).

Como pensar uma obra didática em História: pontos de partida

Nos últimos anos, o ensino de História se tornou uma grande preocupação dos mais variados setores da sociedade. Esse interesse pela formação histórica se soma à curiosidade natural dos estudantes pelos acontecimentos do passado.

Diante de tal situação, a proposta que elaboramos para esta coleção é auxiliar o professor a pôr em prática a vivência do ensino de uma História plural, livre de ortodoxias, atenta às diversidades regionais e sociais do país. Lembremos a extensão continental, as desigualdades sociais e a complexidade cultural do Brasil, o que implica considerar estudantes com perfis muito diferentes, e concluiremos que não se trata de tarefa simples.

Por isso, procuramos, nesta coleção, multiplicar as sugestões de textos, documentos, mapas e imagens e incluir propostas de utilização de variados recursos didáticos passíveis de serem acionados nas várias regiões do país.

Em termos mais gerais, outro fator a ser considerado é que vivemos em uma época na qual a leitura de livros rivaliza com a leitura fragmentária de textos em páginas da internet, acessados pelos computadores, tablets e telefones celulares. Essa evidência não pode ser desconsiderada tanto em sala de aula quanto na elaboração de um livro didático de História. Os livros não devem, é claro, desmerecer outros recursos midiáticos1, senão dialogar com as novas mídias, incorporá-las ao texto impresso por meio de indicações articuladas à matéria escrita.

As inovações na abordagem não devem implicar, porém, o abandono de certas tradições do componente curricular. E, decerto, a coleção foi elaborada na observância dos documentos oficiais (como as Diretrizes Curriculares Nacionais, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, as Resoluções e Pareceres do Conselho Nacional de Educação), sobretudo pelo fato de a História ser de conhecimento essencial à construção da cidadania.




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   448   449   450   451   452   453   454   455   ...   644


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal