Ronaldo vainfas


Jihad: uma grande controvérsia da atualidade



Baixar 2.66 Mb.
Página141/644
Encontro08.10.2019
Tamanho2.66 Mb.
1   ...   137   138   139   140   141   142   143   144   ...   644
Jihad: uma grande controvérsia da atualidade

Um dos aspectos do islamismo mais controvertidos atualmente é o conceito de jihad, sobretudo depois dos atentados do grupo Al Qaeda contra os Estados Unidos, em 11 de setembro de 2001. A imprensa ocidental, ao condenar o ato terrorista, estendeu muitas vezes essa condenação ao conjunto do islamismo, na medida em que associou a religião de Maomé ao princípio do jihad, fazendo dele um sinônimo de "guerra santa" e interpretando esta última como um sentimento de ódio ao mundo cristão ocidental. No entanto, se é correto dizer que o jihad é um poderoso complemento aos "pilares do Islã", ele não se resume à ideia de "guerra santa". Significa, antes de tudo, uma exortação para o muçulmano seguir o caminho de Alá. A expansão das fronteiras do Islã por meio da guerra é um dos significados do jihad, mas não o único, nem tem a ver com um permanente sentimento de ódio ao Ocidente cristão.

· A expansão muçulmana nos séculos VII e VIII resultou na intolerância religiosa contra cristãos e judeus?

Vamos testar?



1. (UFRGS-2014)

Sobre o sistema feudal na Idade Média, é correto afirmar que:

a) a economia é agrícola e pastoril, descentralizada e voltada para o mercado externo.

b) a sociedade estrutura-se como uma pirâmide, cuja base é formada pelos servos; o meio, pela nobreza; e a parte superior, pelo clero.

c) a burguesia é a classe social econômica e politicamente mais poderosa.

d) a Igreja Católica consolida seu poder após o declínio do feudalismo.

e) a suserania e a vassalagem constituem-se em relações políticas entre os servos e os membros do clero.

2. (UCS-2013)

O feudalismo substituiu o escravismo antigo, estabelecendo novas relações de trabalho, baseadas na mão de obra servil. No sistema feudal, os servos

a) poderiam ser vendidos como mercadorias e eram obrigados a trabalhar o tempo inteiro para o senhor feudal.

b) estavam subordinados aos senhores feudais, por meio de obrigações, tais como: a corveia e as banalidades.

c) eram trabalhadores livres, podendo pedir demissão e procurar outro emprego sempre que quisessem.

d) eram, na sua maioria, prisioneiros de guerra, podendo ser trocados e vendidos nos mercados locais.

e) recebiam salário compatível com o trabalho executado: quanto mais trabalhassem, mais ganhavam.

91


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   137   138   139   140   141   142   143   144   ...   644


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal