Ronaldo vainfas



Baixar 2.66 Mb.
Página126/644
Encontro08.10.2019
Tamanho2.66 Mb.
1   ...   122   123   124   125   126   127   128   129   ...   644
O Império Carolíngio

Soberano dos francos desde 771, Carlos Magno venceu os lombardos e tornou-se também seu rei. Em 800, foi coroado imperador romano pelo papa, simbolizando a restauração do Império Romano do Ocidente, que desapareceu no século V.

Com dimensões consideráveis que abrangiam grande parte da Europa ocidental - com exceção da península Ibérica e de boa parte da península Itálica -, o Império Carolíngio foi dividido em condados, governados por pessoas de confiança do imperador que lhe prestavam juramento de fidelidade pessoal, recebendo em troca terras e um cargo. O conde era responsável pela arrecadação dos impostos e exercício da justiça, podendo nomear auxiliares, os chamados viscondes.

Os ducados eram os únicos territórios livres da administração dos condes, autorizados a conservar suas próprias leis, embora também subordinados ao imperador. Nas fronteiras do Império, situavam-se as marcas, confiadas aos marqueses, dotados de poderes militares. Duques, viscondes e marqueses também recebiam terras como benefício pelos cargos que ocupavam. Assim formou-se o núcleo da nobreza medieval.

O Império Carolíngio era um império agrário, sustentado pelo trabalho de camponeses submetidos aos duques, condes e marqueses. Enquanto isso, para além da Marca de Espanha (ver mapa abaixo), na península Ibérica, outra civilização florescia: a islâmica, como veremos ainda neste capítulo, fruto da expansão árabe motivada pelas revelações do Profeta Maomé.

Atenção professor: Mostrar a situação paradoxal do Império Carolíngio no tempo do próprio Carlos Magno: de um lado, a construção da monarquia cristã mais forte desde a queda do antigo Império Romano do Ocidente; de outro, a criação de instituições que levariam à descentralização política típica do feudalismo medieval. Fim da observação.

IMPÉRIO CAROLÍNGIO (SÉCULO IX)

FONTE: Fonte: DUBY, Georges. Atlas Historique Mondial. Paris: Larousse, 2003. p. 3ó.

CRÉDITOS: PORTAL DOS MAPAS

Atenção professor: Explicar que os títulos de nobreza da Europa têm sua origem nas circunscrições administrativas do Império Carolíngio. Fim da observação.

82

INVESTIGANDO O DOCUMENTO




Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas
HISTORIA%20VAINFAS%201%20AO%203º%20ANO%20-%20EDITORA%20SARAIVA -> Ronaldo vainfas


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   122   123   124   125   126   127   128   129   ...   644


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal