Revolução Industrial



Baixar 51.25 Kb.
Pdf preview
Página2/6
Encontro10.07.2022
Tamanho51.25 Kb.
#24204
1   2   3   4   5   6
G da Industria
 
 
 
 



1. Introdução 
A Revolução Industrial consistiu nas transformações intensas e profundas do processo de produção 
que ficaram explicitadas pela substituição da energia humana pela energia motriz não humana 
(como hidráulica, eólica, e, principalmente, a vapor), pela superação da oficina artesanal 
(doméstica, manufatura) pela fábrica (maquinofatura) e pela consolidação da existência de duas 
classes sociais: a burguesia (proprietária e exploradora dos meios de produção) e os trabalhadores 
juridicamente livres (vendedores de sua força de trabalho) (Santos & Araujo, s/d, p. 34). 
Este trabalho pretende estudar sobre as fases da revolução Industrial e suas carateristicas, bem 
como das consequências da revolução industrial.
1.1. Objectivos
1.1.1. Geral 

Debruçar sobre a revolução industrial. 
1.1.2. Específicos 

Caracterizar as fases da revolução Industrial; 

Analisar as consequências da revolução industrial. 
1.2. Metodologia 
O trabalho exposto foi desenvolvido a partir de uma análise bibliográfica, utilizando-se de fins 
exploratórios de estudos que tratam da temática apresentada, onde se buscou conhecimentos sobre 
o estudo em causa. (Gil, 2002, p. 143). 
 
 
 
 



2. Fundamentação teórica 
2.1. Revolução Industrial 
2.1.1. Industria 
A indústria é o conjunto de actividades económicas que transformam a matéria prima bruta e os 
produtos semi-elaborados em produtos intermédios e/ou finais através de um certo trabalho ou 
por um meio mecânico e produção alargada (ISCED, 2022, p. 14).
O termo Revolução Industrial se refere ao longo processo geral de modernização da sociedade que 
marca e consolida o capitalismo como modo de produção dominante. Historicamente, o início da 
Revolução Industrial é marcado pela invenção de máquinas a vapor, o que possibilitou a produção 
em grande escala. Além disso, observa-se: o desenvolvimento da organização eficiente, a abertura 
de um mercado externo e interno para novos produtos e a ampliação da divisão do trabalho, bem 
como da supervisão hierárquica motivada pela busca por aceleração da produção (Silva et al, 2019, 
p. 16). 

Baixar 51.25 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal