Revista da sociedade portuguesa de medicina interna


P41 SÍNDROME QUEIRO-ORO-PODAL



Baixar 2.41 Mb.
Pdf preview
Página100/155
Encontro20.06.2021
Tamanho2.41 Mb.
1   ...   96   97   98   99   100   101   102   103   ...   155
P41

SÍNDROME QUEIRO-ORO-PODAL: 

UMA APRESENTAÇÃO RARA DE AVC 

Juliana Sá, Daniela Ferro, Ana Aires, Madalena Pinto

 

Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar Cova da Beira

Serviço de Neurologia, Centro Hospitalar de São João

 

Introdução: O síndrome queiro-oro-podal é caracterizado por 



uma alteração da sensibilidade da região peri-oral, membro su-

perior e inferior. Trata-se de uma manifestação pouco frequente 

de enfartes lacunares talâmicos, das projeções tálamo-corti-

cais e protuberância. A sua clínica com afetação parcial dos 

membros faz com que este diagnóstico possa não ser reco-

nhecido enquanto doença cerebrovascular. 

Caso Clínico: Apresentam-se dois casos, o primeiro de uma 

mulher de 49 anos, sem fatores de risco cardiovascular co-

nhecidos, medicada habitualmente com anticontraceptivo oral

que recorreu ao serviço de urgência (SU) por um quadro de 

parestesias de início súbito com afetação da face, mão e pé à 

esquerda. Ao exame objetivo apresentava força muscular man-

tida bilateralmente, com hipoestesia álgica do antebraço, mão 

e dorso do pé à esquerda. Realizou RM que mostrou foco de 

hipersinal em T2 e FLAIR na protuberância parassagital direita 

com restrição da difusão que correspondia a provável área de 

enfarte recente. O segundo caso, trata-se de uma mulher de 

66 anos, com antecedentes pessoais de hipertensão arterial, 

hipercolesterolémia, com toma irregular de ácido acetilsalicílico, 

enalapril com lercanidipina e rosuvastatina, que recorreu ao SU 

por parestesias da região perioral, mão e pé à direita. Ao exame 

objetivo apresentava força mantida dos membros e hipostesia 

da região perioral, palma da mão e dorso do pé à direita. Rea-

lizou RM CE que mostrava uma área de hipersinal em TR e 

hiposinal em T1, na região tálamo-capsular posterior esquerda 

compatível com isquémia aguda. 

Discussão: O síndrome queiro-oro-podal pode acompanhar-

-se, ou não, de sinais corticais e oftalmoparesia. O padrão de 

sintomas sensitivos aparentemente incongruente relaciona-

-se com a proximidade das fibras sensitivas da mão e boca 

que, dependendo da extensão da lesão, pode envolver adi-

cionalmente o membro inferior. Apresentam-se dois casos de 

doentes que foram admitidos por quadros de parestesias com 

envolvimento da região peri-oral e parcial do membro superior 

e inferior, cujos exames de imagem mostraram lesões isquémi-

cas compatíveis com a clínica. 

Conclusões: Apesar de se tratar de um síndrome pouco fre-

quente, a colocação desta hipótese de diagnóstico, nomeada-

mente em contexto de urgência, é fundamental para a investi-

gação e tratamento adequados da mesma.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   96   97   98   99   100   101   102   103   ...   155


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal