Revista Brasileira de Inteligência e-issn 2595-4717



Baixar 2.33 Mb.
Pdf preview
Página12/83
Encontro02.08.2022
Tamanho2.33 Mb.
#24436
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   83
RBI16verso23062022
Considerações finais
Se Inteligência é reduzir a incerteza em 
conflitos, como afirma Clark (2020), é 
provável que o século XXI seja o mais 
desafi ador para a atividade desde sempre. 
Não apenas porque a velocidade da 


23
Revista Brasileira de Inteligência. Brasília: Abin, nº. 16, dez. 2021
Análise de confl itos aplicada à produção de conhecimentos de Inteligência: um estudo exploratório
evolução tecnológica em diversas áreas 
esteja provocando transformações sociais 
ainda difíceis de serem compreendidas 
profundamente, mas principalmente 
porque há sinais cada vez mais claros de 
que essas transformações têm, em muitos 
casos, agravado tensões e potencializado 
confl itos de diferentes matizes, em um 
contexto no qual os próprios Estados 
nacionais e seus governantes são 
atores continuamente contestados por 
grande parte dos cidadãos, em todos os 
continentes. Produzir conhecimento nesse 
cenário de normas contestadas e distúrbios 
persistentes (U.S. GOVERNMENT, 2016) 
é reconhecer que situações de confl ito 
não se restringem a confrontos físicos 
violentos, embora esses ainda tenham seu 
lugar no mundo.
Segundo Harari (2018), não apenas 
conhecimento é poder: “Num mundo 
inundado de informações irrelevantes, 
clareza é poder” (HARARI, 2018, grifo 
nosso). Análise de confl itos e atividade 
de Inteligência procuram, cada qual 
com seus meios e objetivos próprios, 
trazer mais clareza e racionalidade ao 
processo decisório de seus usuários ou 
clientes, buscando compreender situações 
sociopolíticas complexas. Ambas têm como 
desafi os comuns a produção de avaliações 
precisas, oportunas e relevantes, e se 
valem de ferramentas e técnicas de análise 
para isso. Se a produção de conhecimentos 
de Inteligência obedece a critérios 
relativamente rígidos para avaliação de 
dados e fontes, e se preocupa em evitar 
vieses, também a análise de confl itos é 
orientada a considerar diferentes visões 
sobre o mesmo fenômeno e evitar 
preconceitos (WOOCHER, 2011).
Ao longo deste estudo, buscou-se 
explorar algumas oportunidades de 
complementaridade entre as duas 
atividades, com foco em possíveis 
aplicações de ferramentas de análise de 
conflitos no processo de produção de 
conhecimentos de Inteligência. Existem, 
certamente, diversas outras possibilidades 
e técnicas não abordadas neste artigo — 
que se propõe a aproximar os dois temas 
e estimular a discussão no âmbito da 
Inteligência brasileira — e que estão à 
disposição de analistas que lidam com 
fenômenos que possam ser mais bem 
compreendidos enquanto espaços de 
disputa e competição entre diferentes 
entes, ou seja, sob o prisma do confl ito.


Revista Brasileira de Inteligência. Brasília: Abin, nº. 16, dez. 2021
24
Thiago Nogueira Silveira

Baixar 2.33 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   8   9   10   11   12   13   14   15   ...   83




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal