Review for the daily clinical practice



Baixar 176.69 Kb.
Pdf preview
Página6/20
Encontro15.05.2021
Tamanho176.69 Kb.
DigitarReview
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   20
1.  Acne persistente: inicia-se na adolescência e persiste 

até a idade adulta. É o subtipo mais comum, correspon-

dendo a 80% dos casos.



2.  Acne de início tardio ou acne tardia: inicia-se após a 

adolescência, entre 21 e 25 anos de idade.



3.  Acne recorrente: inicia-se na adolescência, seguida por 

um período de melhora do quadro e posterior agravo 

após os 25 anos de idade (Quadro 1).

Do ponto de vista clínico caracteriza-se por lesões pre-

dominantemente inflamatórias, sobretudo pápulas e pústulas, lo-

calizadas em geral no mento, linha da mandíbula e pescoço.

6

 As 


lesões ocorrem na zona descrita como zona U, que é também 

chamada de “região da barba” ou da “máscara cirúrgica”.

6

 Tende 


a ser leve ou moderada e refratária ao tratamento.

6

 As lesões no-



dulares também podem estar presentes e localizam-se no terço 

inferior da face. Elas podem ocorrer isoladamente, sem a pre-

sença de outras lesões inflamatórias.

14

 Quando se verifica a rara 



presença de comedões, eles são raros e fechados, com aspecto de 

microcistos.

14

 Pelo caráter inflamatório, é comum a evolução do 



quadro com cicatrizes e hipercromias

14

 (Figuras 1).



Até o momento, a acne da mulher adulta era considerada

do ponto de vista clínico, entidade distinta da acne do adoles-

cente, mas estudo recente publicado por Dréno e colaboradores 

vem questionando esse real padrão clínico em mulheres adultas 

com acne.

15

 Neste estudo, esse padrão clínico não se manteve



e 90% das mulheres estudadas apresentaram distribuição facial 

global das lesões e grau de gravidade semelhantes aos referen-

tes a adolescentes com lesões inflamatórias e não inflamatórias.

15

 



Cerca de 90% das mulheres apresentavam comedões, e só 6,4% 

apresentaram apenas lesões inflamatórias.

15

 Somente 11,2% das 



mulheres apresentaram lesões exclusivamente mandibulares e re-

lacionaram o agravo do quadro aos períodos de estresse.

15

 No 


estudo, o estereótipo da mulher adulta com acne inflamatória na 

região mandibular não foi encontrado.

15




Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   20


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal