Reportagem serra leoa acendem-se as luzes dossier



Baixar 2.04 Mb.
Pdf preview
Página32/86
Encontro30.06.2021
Tamanho2.04 Mb.
1   ...   28   29   30   31   32   33   34   35   ...   86
“P

AI

” 

DE

L

OMÉ E DO

S

TABEX

Antigo Ministro francês das

Relações Externas, de 1981 a

1984, Claude Cheysson é um dos

arquitectos da política de cooper-

ação da União Europeia. Como

Comissário Europeu do

Desenvolvimento, levou à pia

baptismal a 1ª Convenção de

Lomé, que entrou em vigor em

1975 e revolucionou a cooperação

do fundador, devido, nomeada-

mente, ao seu carácter contratual

que impedia o retrocesso das van-

tagens então adquiridas. Mas tam-

bém porque Lomé foi a aposta da apropriação pelos parceiros ACP da

definição das prioridades da sua cooperação com a União Europeia.

Além disso, Lomé I foi o primeiro acordo de cooperação internacional

a introduzir um mecanismo de compensação das perdas de receitas de

exportação dos produtos agrícolas ACP para a UE: o Stabex. A audácia

destas posições não espantam num homem que, à entrada na diploma-

cia francesa, a seguir à Segunda Guerra Mundial, compreendeu as aspi-

rações das antigas colónias à independência. Conselheiro do Presidente

do Vietname em 1952, Claude Cheysson foi um fervoroso defensor da

emancipação da Argélia. E foi ainda ele quem, de 1985 a 1988, na qua-

lidade de Comissário Europeu responsável pela política mediterrânica e

das relações Norte-Sul, insuflou o espírito de Lomé para fomentar a

cooperação com outros países.  

>

Edwin Carrington 





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   28   29   30   31   32   33   34   35   ...   86


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal