Regras para submissão de artigos/ resenhas – revista do tce piauí



Baixar 23.52 Kb.
Página1/3
Encontro12.06.2020
Tamanho23.52 Kb.
  1   2   3

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS/ RESENHAS – REVISTA DO TCE PIAUÍ

  1. Os artigos e resenhas enviados para seleção deverão ser inéditos e abranger as seguintes áreas de conhecimento: Direito Público, Filosofia do Direito, História do Direito, Teoria Geral do Direito, Ciência Política, Sociologia Jurídica, Administração Pública, Contabilidade Pública, Ciências Econômicas, Ciências Atuariais e Psicologia aplicada aos Recursos Humanos

  2. Os artigos, bem como o formulário de autorização para publicação na Revista do TCE/PI 2019, devidamente preenchido com as informações dos respectivos autores e assinado e digitalizado, deverão ser encaminhados para o e-mail revista@tce.pi.gov.br.

  3. Título em português (e na língua original do artigo, para os textos escritos em língua estrangeira) e em inglês.

  4. O título em português deve estar escrito sem negrito, centralizado e em letras caixa-baixa. O título em inglês e/ou na língua original do texto deve estar abaixo do título em português, centralizado, em letra caixa-baixa.

  5. Resumo e palavras-chave em português e em inglês (e na língua original do artigo). O resumo deve conter objetivo, procedimentos metodológicos, resultados e conclusões da pesquisa, podendo ter até 500 palavras. Ao final de cada resumo devem constar 03 descritores ou palavras-chave para indexação.

  6. Texto (contendo introdução, desenvolvimento e conclusão, mesmo que os tópicos recebam designações diferentes). A estruturação do texto deve se adequar às exigências de um trabalho científico, contendo introdução, desenvolvimento, considerações finais e referências alinhados à esquerda.

  7. Formatação

Fonte

- Times New Roman

- Resumo 10

- Texto 12

- Citação longa 10

- Nota de rodapé 10

- Títulos

- Título do artigo 12 Caixa baixa - sem negrito

- Títulos das partes do artigo - 12 Caixa baixa negrito

- Subtítulos 12 Caixa baixa

- Sub-subtítulos 12 Caixa baixa normal
Margens

- esquerda: 3,0 cm

- direita: 2,0 cm

- superior: 3,0 cm

- inferior: 2,0 cm

8. Os artigos deverão ter, no mínimo, 10, e, no máximo, 20 páginas, com   espaçamento simples entre linhas.


9. Citações

As citações deverão estar em conformidade com a NBR 10520/2002 da ABNT. Os autores deverão certificar-se que as citações sejam devidamente referenciadas, observando a NBR 6023/2018 que trata sobre a elaboração de referências.

As citações deverão constar no próprio corpo do texto, conforme os exemplos abaixo.

Citação direta

Segundo Fulano (ano, página), “entende-se que ...” , ou “Entende-se que ...” (FULANO, ano, página).




Citação indireta

A teoria da ... (Cf. FULANO, ano), ou,

A teoria da ... (FULANO, ano).

10. Referências

Ao final do artigo, o texto deverá conter lista de referências completas dos documentos utilizados pelo autor para seu embasamento teórico.

As referências deverão estar em conformidade com a NBR 6023/2018 da ABNT, e apresentadas em ordem alfabética e alinhadas à esquerda.

As obras poderão ser referenciadas em parte ou no todo, em formato impresso ou digital, conforme os exemplos abaixo, conforme rege a NBR 6023/2018:

Monografias no todo

BRASIL. Tribunal de Contas da União. Obras públicas: recomendações básicas para a contratação e fiscalização de obras de edificações públicas. Brasília: TCU, Secretaria de Fiscalização de Obras e Patrimônio da União, 2002.



Parte de monografia

QUINTIERE, Marcelo de Miranda Ribeiro. A importância da dimensão ambiental nas contas públicas: alguns temas para análise no Tribunal de Contas de Santa Catarina . In: CONCURSO de Monografia do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, 1., 2006, Florianópolis. Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina: contas públicas: transparência, controle social e cidadania. Florianópolis: TCE, 2006. p. 73-147.



Artigo ou matéria de revista, boletim etc.

CUNHA, Jatir Batista da. Legitimação ativa para exigir quitação. Revista do Tribunal de Contas da União, Brasília, v. 31, n. 83, p. 19-21, jan./mar. 2000.



Trabalho apresentado em evento

CONFLITO de interesses: como identificar e prevenir. In: ENCONTRO DE REPRESENTANTES SETORIAIS DA COMISSÃO DE ÉTICA PÚBLICA, 5., 2004, Brasília. Ética na gestão. Brasília : ESAF, 2004. p. 93-104.

CABRAL, Analúcia Mota Vianna. Estudo de modelo de eficácia da gestão de obras públicas municipais. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE AUDITORIA DE OBRAS PÚBLICAS, 7., 2002, Brasília. Disponível em: < >. Acesso em: 23 de mar. 2006.

Teses e dissertações

BUENO, H. Utilização da sala de situação de saúde no Distrito Federal. Brasília. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde), Universidade de Brasília, Distrito Federal, 2003.



Legislação

BRASIL. Lei nº 11.474 , de 15 de maio de 2007. Diário Oficial da União, Brasília, DF, ano 144, nº 93, 16 maio 2007. Seção I, p.1.

BRASIL. Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Brasília, DF, 2000. Disponível em: < >. Acesso em: 8 maio 2006.

Jurisprudência

BRASIL. Tribunal de Contas da União. Acórdão nº 016/2002-TCU-Plenário. Relator: Ministro Ubiratan Aguiar. Brasília, DF, 30 de janeiro de 2002. Diário Oficial de União, Brasília, DF, 15 de fev. 2002.

11. Cada autor receberá, sem nenhum ônus, 3 (três) exemplares do número da revista em que foi publicado o seu trabalho.

12. A REVISTA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PIAUÍ não realiza cobrança de nenhuma taxa ou contribuição financeira em razão de submissão de artigos ou de seu processamento.

 




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal