Regional uberaba


PRESIDENTE E DIRETORIA DA ABO



Baixar 10.63 Mb.
Pdf preview
Página81/309
Encontro13.02.2022
Tamanho10.63 Mb.
#21606
1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   309
PRESIDENTE E DIRETORIA DA ABO

Eleito Presidente da ABO, biênio 1968-1969, o Dr. Israel indicou, em 

22/07/1967, alguns Cirurgiões-Dentistas, que foram empossados em 06/08/1967, 

formando a nova diretoria.



Presidente:  

Dr. Israel José da Silva



Vice-Presidente:   Dr. Álfen Silva

1° Tesoureiro:  

Dr. José Gilberto Silva 



2° Tesoureiro:  

Dr. Walter Veludo 



3° Tesoureiro:  

Dr. Urbano Correia de Paiva



1° Secretário:  

Dr. Carlos Henrique Schoeder



2° Secretário:  

Dr. Leonor Pinto Vallim



3° Secretário:  

Drª Helenice B. Ferreira



Orador:  

Dr. José Thomaz da Silva Sobrinho



Conselho Fiscal:   Dr. Moysés Soares Rosa

 

Dr. Newton Miziara Hercos



 Dr. 

José 


Araújo

PRINCIPAIS REALIZAÇÕES

O grande problema enfrentado por essa diretoria foi o do pagamento da 

dívida contraída para a construção da Sede, junto à Caixa Econômica do Estado de 

Minas Gerais .



A sede construída da ABO constituiu na época, 

um grande problema financeiro. As despesas eram altas - 


141

pagamentos de funcionários, telefone, água, luz... Os recursos 

eram escassos, e tínhamos que promover bingos, binguinhos, 

etc. Devíamos para a Caixa Econômica Estadual, vários outros 

bancos e aos agiotas. ( ...)

Em 1967, o quadro associativo era pequeno, os 

dentistas constituíam uma classe arredia para se associar, e 

fazê-los acreditar numa política associativa era muito difícil. 

Sempre fazíamos visitas objetivando angariar mais sócios ( ... )

A dívida da ABO foi aumentando, e nós, infelizmente, 

caímos nas mãos dos agiotas. Foi difícil pagar os juros.

32

Dr. José Gilberto Silva, conhecido como “Gibinha”, quando assumiu o cargo 

de Tesoureiro, em 1967, na gestão do Presidente Dr. Israel, expôs que:

Nesta época a ABO não oferecia para o Cirurgião-

Dentista o que realmente deveria proporcionar, que seria não 

apenas o lazer, mas as atividades científi cas.(...) Devido a isto, a 

entidade era pouco frequentada

Como tesoureiro da ABO, a primeira providência foi 

realizar a contabilidade da Associação, que nunca antes fora 

feita.

Para saber o valor das dívidas e os credores, 

contratamos, com o apoio do Presidente Dr. Israel, um contador 

para fazer o levantamento.

Foi concluído que a ABO devia quatorze vezes mais 

o valor do patrimônio e a sede estava sob hipoteca na Caixa 

Econômica Estadual devido aos empréstimos contraídos para 

a construção e renegociação da dívida.. Além disso, devíamos 

para alguns bancos e particulares.

Na verdade, a situação financeira da ABO era 

desesperadora e chegamos a pensar em vender o prédio, mas 

optamos por alugá-lo.

33

Para tentar solucionar a questão fi nanceira, o Presidente da ABO, Dr. Israel 

José da Silva, contraiu um novo empréstimo, em 1968, renegociando a dívida anterior, 

juntando as prestações atrasadas, mais os juros. As afi rmações são confi rmadas pelo 

Documento da Caixa Econômica do Estado de Minas Gerais, de 06/06/1968, a seguir:

32

  Depoimento: Dr. Israel José da Silva, ano 2000



33

  Depoimento: Dr. José Gilberto Silva, ano 2000



1   ...   77   78   79   80   81   82   83   84   ...   309




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal