Regional uberaba


a sede da ABO foi inaugurada, em 20/08/1965



Baixar 10.63 Mb.
Pdf preview
Página74/309
Encontro13.02.2022
Tamanho10.63 Mb.
#21606
1   ...   70   71   72   73   74   75   76   77   ...   309
a sede da ABO foi inaugurada, em 20/08/1965.

28

  Depoimento: Osmar Baroni, ano 2000




127

Vista da Sede própria da ABO em 20/08 1965, data da inauguração - Rua Padre Jerônimo nº 14


128

Anfi teatro no dia de sua inauguração - 20/08/1965

À solenidade de inauguração, no anfi teatro da ABO, compareceram 

importantes autoridades do cenário político nacional e uberabense; e o elenco da 

novela “O Direito de Nascer”, que era um grande sucesso na época, levada ao ar pela 

TV Tupi.

O Presidente da ABO, Dr. José Thomaz, durante a solenidade, homenageou 

com diploma de sócios beneméritos: Dr. João Henrique Sampaio Vieira da Silva, Dr. 

Jorge Henrique Marquez Furtado, Professor Mário Palmério, Vereador Dr. Álvaro 

Diniz de Deus, e Dr. Assis Moreira da Silva Júnior - fundador e primeiro Presidente 

da Associação Odontológica de Uberaba, de 1933.

No ato inaugural, o discurso foi proferido pelo Presidente Dr. José Thomaz 

da Silva Sobrinho e transcrito na íntegra, abaixo:




129

Autoridades presentes, 

Minhas senhoras e meus senhores:

A fala do Presidente de todos os Dentistas de 

Uberaba será esculpida e fundamentada nos postulados 

da Justiça. Justiça, meta do povo. Justiça, nível dos 

direitos humanos. Justiça a quem dela mereça.

Um profi ssional que não se sente ajustado na 

profi ssão é qual um pássaro engaiolado. Por mais que 

queira, não consegue abrir as asas e alcançar as alturas 

da glória. E não sendo pássaro, mas, sim, um homem

sabe e sente que não respira a sua atmosfera, que aquela 

prisão lhe eiva de recalques a personalidade, amputa-lhe 

a razão e o cobre com o manto negro da tristeza.

Graças a Deus, os Odontólogos de Uberaba 

sabem o que desejam. E, quando desejam, sabem como 

alcançar o seu objetivo num só tempo e fi m.  Como 

Presidente eleito há anos passados e reconhecendo, como 

ainda reconheço, hoje como ontem, que o calor humano 

é um baluarte que não pode ser tomado de assalto, 

nada exigi dos meus colegas. Pedi apenas migalhas de 

confi ança.

Assim como o pintor vê seu futuro quadro na 

tela ainda em branco, vi em cada Dentista a personalidade útil e extraordinária para a realização de um 

plano de unifi cação e construção da nossa sede própria.

E adianto-lhes, senhores, nunca uma Diretoria foi tanto prestigiada. Deram-nos, sem titubear um 

só instante, as ferramentas necessárias para a realização da obra. Dá gosto estimar e falar de uma classe como 

a nossa. Simplesmente notável, em todos os aspectos. Em quatro anos de trabalho de equipe, nós, que sabemos 

que o cogumelo cresce numa noite, mas, que o carvalho precisa de dez anos para desenvolver-se, realizamos 

parte da nossa obra. Transferimos, pois, aos Dentistas, qualquer mérito porventura registrado no trabalho desta 

Diretoria, formada por um grupo de moços fi éis, de alto gabarito moral e trabalhadores sensatos.

O monumento aí está. Mas não será um monumento frio, vazio, mas, sim, um monumento dentro 

de outro monumento de realizações, com a criação dos Departamentos: do Patrimônio; Expansão Cultural 

e Científi ca; Social; Assistência; Relações Públicas; Difusão; Odontologia Social Feminina; e Defesa 

Profi ssional.

Não nos enfi leiramos no produto requintado do artifi cialismo e da fatuidade. Não nos 

assemelhamos a uma pipa cheia de vinagre azedo do tédio, da inquietação, do rancor, ódio ou desespero. 

Encaramos a verdade face a face e não somos cultores da mediocridade.

Ser alguém é ser espírito forte, mesmo num organismo convalescente. É ser secretário do 

próprio Eu, escrevendo o que a alma dita: é saber unir a justiça ao amor; prestar culto incondicional à 

verdade; é ser resoluto no afi rmar e decidir; é ser eco da própria alma; é ser alguém que saiba defender 

o seu ideal.

A Associação Brasileira de Odontologia, Sub-Secção de Uberaba, reconhece a ajuda que 

recebeu dos homens públicos, e se a nossa oração é de justiça, eliminemos da nossa festa, antecipadamente



Baixar 10.63 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   70   71   72   73   74   75   76   77   ...   309




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal